Enquanto a bolsa sobe e as economias mundias desandam, os ultra-ricos desatam a comprar metais preciosos…

gold   Você sabia que o número de barras de ouro que está sendo comprado por indivíduos ultra-ricos aumentou 243 % até agora este ano? Se as ações estão se mantendo em alta, por que eles estão fazendo isso?

Na quinta-feira, o índice Dow Jones e o S&P500 fecharam ambos em recorde mais uma vez. É um padrão que parece nunca ter fim, e há um monte de pessoas realmente felizes em Wall Street nos dias de hoje. Mas aqueles que são exigentes percebem que testemunharam exatamente o mesmo tipo de comportamento de bolha durante o boom das pontocom e durante a corrida até a última crise financeira em 2007.

A exuberância irracional que estamos testemunhando agora não pode continuar para sempre. E quanto maior essa bolha fica, mais doloroso vai ser quando ela finalmente explodir. Aqueles que saírem no pico do mercado são os que geralmente acabam fazendo muito dinheiro. Aqueles que entram no fim do caminho são os que geralmente acabam ficando totalmente exterminados.

De muitas maneiras, os fundamentos econômicos dos EUA apenas continuaram a piorar. A posse do negócio pequeno nos Estados Unidos está no ponto mais baixo, a taxa de participação da força de trabalho é a menor em 36 anos, e a dívida nacional cresceu mais de um trilhão de dólares ao longo dos últimos 12 meses.

No Brasil não é diferente. A economia do país deve crescer somente 0,3 % esse ano (se crescer), segundo algumas projeções. A dívida externa cresceu 48% e está em meio trilhão de US$, e a dívida interna está em 2,2 trilhões de dólares.

Enquanto isso, o ultra-ricos estão fazendo movimentos para se proteger do caos inevitável que está por vir. Por exemplo, o Telegraph relatou recentemente que as vendas de barras de ouro para clientes ricos estão até 243 % maiores até agora em 2014 …

Será que eles sabem algo que nós não sabemos?

O ultra-ricos são capazes de ficar ultra-ricos por uma razão.

Eles estão geralmente um ou dois passos à frente da maioria do resto de nós.

E qualquer pessoa racional deve ser capaz de ver que esta bolha financeira vai acabar mal, muito mal.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

, , , , , , ,

Deixe um comentário

Produto em destaque – Barra Valcambi Suisse 100 g. com certificado

Valcambi_81996_Slab  Valcambi_81996_Obv

- Barra 100 g. Valcambi Suisse Prata Pura .999

100 gramas de prata pura .999 (99,9%) – Valcambi tem mais de 50 anos de tradição na Suíça. Cada barra vem fechada em um cartão selado e certificado atestando seu grau .999 de pureza. No anverso: no topo da barra de prata está o logotipo original Valcambi Suisse. No meio da barra se lê “100 g”, “prata fina”, e “999,0” logo acima da marca CHI. A parte inferior da barra tem um número de série único que está no cartão de ensaio. No reverso: “Valcambi suisse” se destaca na perfeição simples em toda a volta desta barra. Uma excelente escolha para investimento. O prazo de entrega é de 4 semanas após o pagamento.

 

carrinho de compras

  • 1 Barra de 100 g. – R$ 520,00 a vista (mais taxa do Paypal – 6%).
  • Ou encomende e solicite o pagamento por depósito em conta ou boleto (sem taxa).

   

Entre em contato (contato@pratapura.com) para pagamento por depósito em conta ou boleto, sem taxa (6%).

 

Produto enviado do Brasil para o seu endereço. Não há impostos (I.I. ou ICMS) ou outras taxas adicionais a pagar.

Produto originário de distribuidor autorizado nos EUA, não se deixe enganar por falsificações.

, ,

Deixe um comentário

Prata: o investimento mais promissor do momento !

Jim Rogers uma vez disse que ele espera para investir até que “haja uma pilha de dinheiro esperando em um canto e eu possa ir até lá e simplesmente buscá-lo.”

Em outras palavras, procura um ativo que está profundamente desvalorizado, amplamente ignorado, com fundamentos concretos prontos para explodir.

Existe tal possibilidade para qualquer um dos metais preciosos agora?

Poderia se fazer uma tese sobre todos eles, dada a probabilidade de inflação alta e a mídia em grande parte ignorando as vozes da indústria.

Mas há um metal em particular, que vai causar o maior número de fogos de artifício …

Porque o preço da prata pode duplicar ou mesmo triplicar

A prata está está sendo vendida por menos da metade da alta de 2011, é ignorada mais do que o ouro, e como você vai ver, tem fundamentos concretos que apontam para um possível cenário de preços explosivos.

Para avaliar o potencial da prata, primeiro vamos ignorar fatores de curto prazo que você pode ver nas manchetes principais, como posições líquidas de curto/longo prazo, flutuações semanais nas especulações com papéis, ou as taxas de juros. Dados como estes oscilam regularmente e raramente têm influência a longo prazo sobre o preço.

Vamos sim pensar nas forças do grande panorama que podem impactar a prata ao longo dos próximos anos. Aqui estão os dados que dizem que “há uma pilha de dinheiro esperando num canto …” Basta você ir lá e pegar… 

# 1: Abuso Monetário. O catalisador mais importante para a prata é o abuso de nosso sistema monetário pelo governo. Em um mundo de infinita impressão de dinheiro fiat e dívida insustentável, a prata (como o ouro) representa uma proteção contra o risco sistêmico para a riqueza.

Em nenhum momento da história um governo imprimiu tanto dinheiro como os EUA estão fazendo agora. E teoricamente a moeda deles é a reserva mundial. E nenhuma moeda no mundo está lastreada ao ouro ou a qualquer outra norma tangível. Esta configuração sem precedentes significa que o que resultar disso será histórico e afetará cada um de nós pessoalmente. A prata será um refúgio contra a tempestade, e dada a sua maior volatilidade, pode subir mais do que o ouro.

# 2: Ajustado pela inflação os preços tem um longo caminho a percorrer. Um indicador específico do potencial da prata é o seu preço ajustado pela inflação. 

Abaixo, está o preço da prata ajustada, conforme calculado pelo Bureau of Labor Statistics, com base na fórmula IPC-L a partir de 1980 (a fórmula já foi ajustada várias vezes, para manter artificialmente a inflação tão baixa quanto possível).

 

O pico de 48 dólares em abril de 2011 foi menos de metade do preço ajustado à inflação de janeiro de 1980, com base no cálculo atual. Se usarmos a fórmula de 1980 para medir a inflação, prata precisaria chegar a US$ 470  por onça para bater aquele pico.

Eu não estou contando com a prata chegando tão alto (pelo menos eu espero que não, porque senão haverá sangue nas ruas). Mas, claramente, as tendências estão enviesadas no sentido ascendente e há muito espaço para percorrer.

# 3: As margens de produção estão apertadas. Os produtores foram obrigados a reduzir custos em função do acidente do ano passado no preço de prata. Alguns têm feito um trabalho melhor nisso do que outros, mas veja como as margens distantes caíram.

Em relação ao custo de produção (linha amarela), o preço da prata está no seu nível mais baixo desde 2005. Tenha em mente que os custos de caixa são apenas uma parte do todo em despesas, e que o preço da prata tem sido historicamente negociado bem acima deste valor. O fato que as margens tenham apertado de forma tão dramática não é sustentável a longo prazo, sem afetar a indústria. Também torna mais provável que os preços tenham atingido o limite do fundo do poço, uma vez que os produtores não podem cortar muito mais despesas.

Embora cerca de 75% de prata seja produzida como um subproduto, os preços são determinados na margem; se uma mina não pode operar com lucro ou um novo projeto não vai gerar um lucro a preços competitivos, a produção cai. Além disso, grande parte do atual corte de custos vem de orçamentos de exploração reduzidos, o que restringe a oferta futura. Cedo ou tarde, esse déficit de abastecimento servirá como um catalisador para preços mais elevados.

# 4: Baixos estoques. Várias instituições detêm estoques de lingote de prata, que eram altos quando a cunhagem das moedas dos EUA continha prata. Como todas as moedas dos Estados Unidos destinadas à circulação foram cunhadas com outros metais ao longo de décadas, a necessidade de estoques elevados é, portanto, menor hoje. De fato, esse gráfico mostra que pouca prata está disponível.

Você pode ver como os baixos estoques atuais estão em uma base histórica, a maioria dos quais se constitui em produtos negociados em bolsa (ETP). Isto é importante porque esses investidores foram compradores líquidos desde 2005 e, portanto, têm mantido o metal fora do mercado. O montante remanescente de inventário é 241.000.000 onças, apenas 25% de um ano de oferta, enquanto que em 1990 representava cerca de oito vezes a oferta. Se a procura vier a surgir, de repente, essas necessidades não podem ser satisfeitas pelos estoques existentes. De fato, os investidores em ETP provavelmente levariam mais metal fora do mercado. 

Se a demanda de investimento repetir a onda vista em 2005-2009, haveria pouco espaço para erro do lado da oferta.

# 5: Bolsa de valores em queda. A figura abaixo mostrando seis décadas de baixa, e sinais de que a década atual está quase esgotada. A linha amarela representa a ação do preço da prata a partir de abril de 2011 até 11 de julho de 2014.

O registro histórico sugere que a compra de prata agora é um investimento de baixo risco.

# 6: Barato se comparado a outras commodities. Veja como o preço da prata se compara a outros metais preciosos, juntamente com os metais de base mais comuns:

Só o níquel está mais longe de seu ponto mais alto do que a prata.

# 7: Baixa participação na massa de riqueza. Outro indicador do potencial da prata é o quanto isso representa de riqueza financeira global, em comparação com sua porcentagem quando a prata atingiu US$ 50 em 1980.

Apesar da forte demanda em curso para o metal físico, a prata atualmente representa apenas 0,01% da riqueza financeira mundial. Este é um vigésimo quinto do seu nível de 1980. Mesmo o grande pico de preços que vimos em 2011 empalidece em comparação.

Há um enorme espaço para a prata tornar-se uma grande parte da comunidade de grandes investidores.

# 8: Cuidado com a China! Não é só o ouro que está se movendo do oeste para o leste …

Os volumes de negociação no mercado de prata subiram muito no ano passado, principalmente em decorrência da Bolsa de Futuros de Xangai (SHFE) iniciar negociações da madrugada.

Não olhe agora, mas a SHFE ultrapassou a Comex e torna-se a maior bolsa de futuros de prata do mundo. Na verdade, a SHFE representa 48,6% de todo o volume do ano passado. A Comex, entretanto, está em declínio acentuado, passando de quota de mercado de 93,4% ainda em 2001 para menos de metade desse montante hoje.

Mas ainda há mais …

O fornecimento interno de prata na China é esperado que atinja um ponto mais alto e supere os 250 milhões de onças este ano (entre produção, importação e reciclagem). Em comparação, era menos de 70 milhões de onças em 2000, no entanto, praticamente nada disso é exportado e é, portanto, indisponível para o mercado mundial.

Estima-se que Investidores chineses tenham comprado 22 milhões onças de prata em 2013, a segunda maior quantidade atrás da Índia. Esse número era zero em 1999.

O maior crescimento percentual em aplicações de prata vem da China. Fotografia, jóias, prataria, produtos eletrônicos, baterias, painéis solares, ligas de brasagem, e biocidas, esses usos todos estão crescendo a um ritmo mais rápido na China do que em qualquer outro país no mundo.

Caminhe para o canto …

Com base nessa revisão dos dados do quadro geral, que conclusão você desenharia? Se você pensa como nossa equipe, você é forçado a reconhecer que os próximos anos podem ser um momento muito emocionante para os investidores de prata.

Eu digo que é hora de caminhar para o canto da prata e adicionar um pouco mais deste metal precioso na sua carteira. A equipe de Pratapura.com pode ajudá-lo a preservar suas economias e seus investimentos.

Invista em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

 

Deixe um comentário

O teatro dos bancos centrais

À medida que a cortina subiu no palco econômico, revelou políticos e banqueiros centrais de mãos dadas, prontos para encenar uma farsa.

Um artigo de 23 de junho na Bloomberg constituiu a primeira revisão. Abriu: “a Alemanha decidiu que seu ouro está seguro em mãos americanas.” O ouro em questão é a enorme reserva alemã que supostamente está sendo armazenado no Banco da Reserva Federal de Nova Iorque (NY Fed). Em 16 de janeiro de 2013, o banco central a Alemanha, o Bundesbank – ou BuBa para seus críticos – anunciou a intenção de repatriar uma parte considerável de seu ouro do NY Fed até 2020. Mas, agora, porta-voz do orçamento do governo Norbert Barthle declarou: “os norte-americanos estão cuidando bem do nosso ouro. Objetivamente, não há absolutamente nenhuma razão para desconfiança“.

Objetivamente, não há nenhuma razão para a confiança. A repatriação foi pedida precisamente porque os líderes populares da oposição estão convencidos de que os cofres de NY estão deficientes ou vazios. O povo alemão concorda com a oposição e em voz alta pediu para ver a prova. Além disso, o próprio governo alemão tem mostrado uma profunda desconfiança em relação à América. Por exemplo, a Alemanha se recusou a renovar seu contrato com a gigante das telecomunicações Verizon recentemente. Tobias Plate, um porta-voz do Ministério do Interior alemão, explicou: “Há indícios de que a Verizon está legalmente obrigada a fornecer certas coisas para a NSA.” Especificamente, o governo suspeita que a Verizon irá monitorar as comunicações de altos funcionários da mesma maneira que a chanceler Angela Merkel foi “interceptada” pela NSA.

A história abismal de repatriação de ouro deve ser outra fonte de ceticismo. Em um artigo de 16 de junho, intitulado “Estaria o maior reservatório de ouro do mundo vazio?“. A revista financeiro do Reino Unido Moneyweek explicou: “Quando o governo alemão pediu recentemente para ver as cerca de 1.536 toneladas de ouro alemão armazenados naquele cofre, o que equivale a cerca de metade das reservas de Berlim, Der Spiegel relata que o FED se recusou a permitir que inspetores alemães as visualizarem. “A razão citada? A inspeção não era “do interesse da segurança e do processo de controle.”

O artigo continua: “[Os] EUA concordaram que 674 toneladas seriam repatriados ao longo de oito anos. Isso é uma taxa anual de cerca de 84 toneladas por ano. “Ele deveria ter sido repatriados sob demanda. Não deveria ter havido nenhum problema. Os EUA são, supostamente, o maior detentor mundial de ouro com mais de 8.000 toneladas próprias; o ouro alemão foi supostamente armazenados intacto. Houve um problema. Apesar da passagem de mais de 18 meses, os EUA só conseguiram repatriar cinco toneladas de ouro de volta para a Alemanha.

A lógica normal deveria levar as autoridades alemãs a gritar “jogo sujo!” Em vez disso, a lógica do governo levou-os a proclamar a confiança no Fed de NY. As razões para isso são tanto políticas quanto econômicas.

Pagamento político para ‘confiar’ nos Yankes

Merkel não confia nos EUA. O Parlamento alemão continua a investigar o monitoramento da NSA dos seus funcionários, apesar dos pedidos dos EUA para encerrar o assunto. E há um crescente apelo para conceder asilo ao delator Edward Snowden. No entanto, os benefícios políticos acumulam como se as promessas dos Estados Unidos não fossem tão tênues como o papel de seus dólares.

1) Merkel e seu governo podem evitar o constrangimento público por terem sido enganados pela América … de novo. Merkel tem sido chanceler da Alemanha desde 2005. Ela já presidiu o Conselho Europeu e presidiu o G8. Durante várias crises financeiras, incluindo o resgate da Grécia, Merkel ganhou o apelido de “a decisiva” devido ao poder financeiro que Alemanha exerce. O apelido seria Merkel ‘ganha’ se ela estivesse exposta como a vítima de um golpe que faz com que os nigerianos sejam insignificantes em comparação. Após o constrangimento público, é claro, viria a raiva pública que poderia culminar com um governo de coalizão estável.

2) O artigo da Bloomberg que citou “O ouro alemão permanece em Nova York em Repulsa ao Euro céticos.” O euro-céticos e -críticos são adversários inflexíveis da União Europeia e de Merkel, que considera que a UE seja o seu legado. Rejeitando os críticos, deve ser profundamente gratificante para “Mutti” (MOM), outro dos apelidos de Merkel.

3) A declaração de confiança cega irá percorrer um longo caminho para a cura de uma rixa política entre as duas nações. Quando a Alemanha exigiu seu ouro de volta, o Fed reagiu com fúria. Ele finalmente concordou em repatriar o ouro ao longo de um período de sete anos – uma promessa em que se espetacularmente renegou, entregando uma pequena fração do que foi prometido para a primeira entrega.

Razões econômicas para não exigir o Ouro de volta 

O governo alemão e o BuBa precisam parecer confiar na América, porque todo o sistema das finanças internacionais é um castelo de cartas. Se uma carta é retirada, em seguida, toda a estrutura entra em colapso. Cada banco central vai mentir, enganar e falsificar registros, a fim de sustentar um sistema sobre o qual a sua sobrevivência depende.

Eles precisam proteger uma prática chamada “leasing de ouro.” Em termos extremamente simplistas, é assim que funciona. Os bancos centrais alugam ouro para bancos de ouro (por exemplo, Goldman Sachs, JP Morgan) por uma pequena taxa de retorno; o ouro supostamente volta em uma data acordada. Enquanto isso, os bancos de ouro vendem o ouro físico a taxas de mercado e usam o dinheiro para comprar títulos do Tesouro que dão uma taxa muito mais elevada de retorno do que está sendo pago para alugar. Os bancos centrais continuam a listar o ouro em seus balanços como um ativo. Isso significa que a quantidade de ouro é artificialmente inflado e o preço de cada grama de verdade é suprimido.

Enquanto isso, os bancos cobrem o risco de ter que devolver o ouro a um preço desvantajoso comprando contratos futuros. Quando expira o tempo de concessão, os bancos podem devolver o ouro ou o seu equivalente em dinheiro e embolsar um lucro líquido. Ou o período de concessão pode ser prorrogado para se tornar um empréstimo permanente de fato. Esta é a estrutura básica do que é chamado de carry trade ouro. (Há outras expressões no mercado, tais como swaps de ouro entre os bancos centrais, que inflam ainda mais a quantidade de ouro real disponível.)

Governos gostam do sistema porque ele sustenta o preço dos títulos e lhes permite inflar a moeda, mantendo as taxas de juros baixas. Se o sistema alimentado pelo crédito dura, todo mundo faz dinheiro … enquanto “todos” é definido como governos e bancos. Mas a bolha depende de manter a mentira de quanto ouro físico os bancos estão segurando.

O mito de que o ouro alemão é seguro nos cofres americanos faz parte de suprimir os preços do ouro, porque a descoberta da ausência do ouro poderia causar outros cofres a inspecionar a escassez geral de ouro físico a ser revelado. Em seguida, a opinião pública pode forçar um governo e o banco central a exigir o ouro de volta. Um banco teria que comprar o ouro físico que precisa retornar, o que pode ser a preços ruinosos; grandes bancos podem falir. Uma simples pergunta que poderia derrubar a farsa.

E, por isso, o governo e o BuBa tem a “confiança” alemão no Fed de NY com seu ouro inexistente, mesmo quando eles não confiam. Aqueles que desejam compreender a real atitude da Alemanha devem parar de ouvir os políticos e começar a ver suas ações. Por exemplo, em março, Merkel fez um acordo com a China para fazer de Frankfurt um posto de compensação e liquidação para moeda chinesa na Europa. Isto é amplamente visto como um passo para trás a partir do dólar dos EUA. Alemanha está em uma posição de saber com antecipação.

Assim, como os BRICs, também a Alemanha planeja se afastar do petrodolar. E quando isso acontecer, o colapso financeiro mundial finalmente vai se revelar.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

Fonte

, ,

Deixe um comentário

Produto em destaque – Geiger security line – barras de prata

Geiger security line - barras de prata

Geiger Edelmetalle

Prata pura .999 (99,9%) – Estas barras exibem acabamento requintado e apresentam várias características de segurança únicas. O lado da barra tem uma linha única de segurança e uma etiqueta de segurança numerada. No topo da barra se lê “GEIGER EDELMETALLE” acima de “Feinsilber 999″. O castelo barroco Schloss Güldengossa perto de Leipzig é decorado no centro da barra um pouco acima do peso, que se lê em gramas. Todas as bordas laterais da barra têm linhas que criam um aspecto único. O reverso tem um belo logotipo e repete a etiqueta de segurança numerada individualmente. O prazo de entrega é de 4 semanas após o pagamento.

Compre pelo Paypal (taxa de 6%) mais frete; imposto de importação ICMS já inclusos neste valor.

Ou encomende e solicite outra forma de pagamento.

Geiger 100g

  • Barras de   50 g. – Compre por R$      320,00 a unidade carrinho de compras
  • Barras de 100 g. – Compre por R$     520,00 a unidade carrinho de compras
  • Barras de 250 g. – Compre por R$  1.100,00 a unidade carrinho de compras
  • Barras de 500 g. – Compre por R$ 2.000,00 a unidade carrinho de compras

 

 

, , , , ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: