Os metais preciosos estão se preparando para um grande rali, enquanto os mercados estão preparados para um desastre

Enquanto muitos investidores em metais preciosos estão preocupados com os baixos preços atuais, acredito que o ouro e a prata estão se preparando para uma grande recuperação enquanto o mercado está preparado para um crash. Por quê? Porque os indicadores técnicos mais amplos do mercado versus o metal precioso foram levados a extremos opostos. Assim, quando um desce, o outro se eleva. E, também devemos lembrar, ouro e prata agem como um COMÉRCIO baseado no MEDO quando as condições ficam feias no mercado.

E se você não acha que os mercados estão ficando feios, você deve ver a ação volátil dos preços durante o dia de algumas das ações mais conhecidas. Continuo espantado com os movimentos de preços INSANOS ocorridos nas várias ações do mercado, em todo o mundo. Embora os fundamentos não tenham desempenhado um papel importante na determinação do “preço” das ações por um tempo, parece-me que não há uma rima ou razão para o modo como as ações estão sendo negociadas hoje.

Para entender a dinâmica dos mercados, precisamos olhar para os indicadores técnicos. Embora seja verdade que a análise técnica não pode garantir como o mercado reage no curto prazo, ele fornece excelentes indicadores a longo prazo. E, se olharmos para os indicadores técnicos nos mercados agora, eles estão se preparando para um inferno …

Um dos melhores indicadores técnicos que mostram se um mercado (ou ativo) está super inflacionado ou subvalorizado, é a média móvel de 200. Se aplicarmos a média móvel 200 (MM) a um gráfico diário, é uma média móvel de 200 dias. Se aplicá-lo a um gráfico semanal, então é uma média móvel de 200 semanas e um gráfico mensal, é uma média móvel de 200 meses. A próxima série de gráficos mostrará como a Média Móvel de 200 Meses (MMM) hoje se compara ao pico, logo antes da Crise Financeira de 2008.

O Índice Dow Jones em 2007 (em 14.000 pontos) estava 75% acima dos 200 MMM. Mais uma vez, esses gráficos são gráficos mensais, e vou me referir à média móvel de 200 meses como 200 MMM:

E no Brasil, o iBOVESPA apresentava o mesmo padrão:

iBOVESPA_19052019

O Dow Jones está agora 82% acima dos 200 MMM. Então, e estamos muito atrasados para uma correção. Todas as ações e índices retornam aos seus 200 MMA. Não é apenas necessário, mas também é saudável para o mercado. Não podemos ter valores de ações crescentes para sempre.

Mas não é o que acontece com o Ouro e Prata. Alguns temem que o ouro e a prata cairão junto com os mercados. Embora pudéssemos ver uma breve liquidação nos metais preciosos, duvido que fosse algo como em 2008-2009. Se olharmos para o 200 MMM do ouro e da prata, a configuração técnica atualmente é exatamente o oposto do que era em 2008:

Em 2008, o preço da prata estava 212% acima dos 200 MMM. Quando a prata foi negociada a US $ 20 em 2008, o seu 200 MMM foi de US $ 6,40. Assim, estava extremamente supervalorizada e sobrecomprada. Então, quando os mercados caíram, a prata caiu para a faixa de US $ 8 a US $ 9. Você notará que eu incluí o custo médio aproximado de produção para produzir prata nos dois períodos. Como o preço médio anual do petróleo subiu desde 2000, ele impactou o custo de produzir prata e ouro. Assim, quando o preço da prata caiu abaixo do custo de produção em 2008, não demorou muito para voltar a subir em 2009.

Hoje, o preço da prata está atualmente 11% abaixo da 200 MMM. Embora isso possa ser um indicador técnico negativo para os traders, eu só vejo isso como temporário. De acordo com a minha análise, o ponto de equilíbrio atual para a indústria de mineração de prata primária é de cerca de US $ 15 a onça. O que significa que poderíamos ver preços de prata mais baixos para o curto prazo, mas devemos entender que a prata não é sobrecomprada ou sobrevalorizada por qualquer extensão da imaginação, muito pelo contrário. Além disso, o preço de equilíbrio para a produção de metais preciosos continua a proporcionar um piso nos preços da prata e do ouro.

Além disso, quando os mercados começam a vender, o ouro e a prata subem. Os metais preciosos ainda atuam como um COMÉRCIO DE MEDO, na verdade um refúgio seguro de reserva de valor.

O CUSTO DE PRODUÇÃO sempre foi o preço mínimo para os metais preciosos. No entanto, em algum momento, vamos ver uma desconexão entre como o preço do petróleo (e a oferta) afetará o valor da maioria dos ativos (ações, títulos e imóveis) versus ouro e prata.

O aumento do preço do petróleo, juntamente com o aumento da produção mundial de petróleo, elevou o valor da maioria dos ativos. No entanto, quando a produção de petróleo atinge seu pico e declina, independentemente do preço do petróleo, a maioria dos valores dos ativos declina, enquanto os preços do ouro e da prata (valores) subem.

Em conclusão, os mercados de ações são seriamente supervalorizados se olharmos através de suas 200 médias móveis mensais. As ações da NASDAQ e de tecnologia por exemplo estão mais sobrevalorizadas do que o Índice Dow Jones, semelhante a como estavam durante o Tech Boom de 1997-1999. No entanto, os preços do ouro e da prata estão no espectro oposto em relação aos mercados globais, pois estão subvalorizados e mais próximos de seus 200 MMMs. Enfim, o preço da prata está 11% abaixo dos 200 MMM.

Então, tudo indica que os metais preciosos estão se preparando para uma grande valorização, enquanto os mercados mais amplos estão preparados para um crash, como já vimos essa última semana na Bolsa brasileira.

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s