As últimas notícias do mundo da prata

Julho foi um mês bem agitado novamente para a prata, e aqui fazemos um resumo das principais notícias que afetaram o mercado.

Primeiro, foi marcante o rali dos papéis de derivativos de prata atingindo sua cotação recorde, após a enorme queda  com a crise da COVID19. Isso acabou afetando também os preços da prata física, cujos preços já estavam bem descolados dos papéis, e tiveram que ser reajustadas nos revendedores, proporcionalmente, em cerca de 35% este mês.

01082020a

Cotações dos contratos futuros de prata em 01 de agosto de 2020 (https://silverprice.org/silver-price-usa.html)

Alguns analistas acreditam que os papéis já superaram um nível de suporte significativo, podendo avançar ainda mais, o que vai pressionar de maneira muito mais intensa os preços da prata física (fonte).

01082020b

Com a prata subindo mais de 35% no mês, o metal brilhante agora está de volta ao radar da mídia de massa. Sim, já se passaram sete longos anos desde que a prata foi negociada a US$ 24, mas agora parece que ela está apenas nos estágios iniciais de uma nova alta.

Se não bastasse o cenário de alta procura, a produção de prata continua caindo ao redor do mundo.

De acordo com um artigo da Reuters, a produção de mineração do México deve encolher 17% em 2020: … isso pode afetar consideravelmente a oferta de prata, já que o México é o maior produtor de prata do mundo. Os bloqueios das minas afetarão pelo menos dois meses de fornecimento de prata. A maior parte do suprimento global de minas afetada pelo contágio mundial ocorreu no México e na América Latina, onde a maior parte da prata é produzida. Mesmo depois que as economias mundiais começaram a reabrir, junto com a indústria de mineração, muitos danos foram causados a essas economias; também afetará o PIB global na segunda metade de 2020 e provavelmente até 2021. Isso reduzirá a mineração de metais básicos, de onde 55% da prata vem… como subproduto da produção de cobre, chumbo e zinco (fonte).

01082020e

Percentuais de produção de metais impactados pelos ‘lockdowns’ na crise COVID19

E particularmente, os dois maiores produtores de prata do mundo cortaram drasticamente sua produção em abril. Com o México finalmente divulgando seus dados de fornecimento de minas de abril, os dois principais produtores de prata viram sua produção combinada de prata diminuir em 53%. Para se ter uma ideia da quantidade de suprimento perdido de minas de prata do México e Peru, foi mais do que toda a produção global de ouro naquele mês. Na verdade, foram 1,5 meses em produção mundial de minas de ouro.

A produção de prata em abril no México caiu para 301 toneladas, em comparação com 500 toneladas em março. Acabou sendo um declínio de 40%. Parece que o México pode ter encerrado um número menor de minas de prata que o Peru. O Ministério de Minas e Energia do Peru registrou um declínio de 74% na produção de prata do país em abril (fonte).

E faltando prata no mercado, a produção de barras e moedas cai. Devido às medidas adotadas, por exemplo, pela Casa da Moeda de West Point para proteger os trabalhadores contra o vírus, a produção de moedas de ouro e prata será reduzida nos próximos 12 a 18 meses. Ao promulgar essas mudanças na política dos trabalhadores, a Casa da Moeda dos EUA não poderá produzir moedas de ouro e prata ao mesmo tempo. Assim, se a demanda continuar forte por ouro e prata, poderemos ver prêmios mais altos no futuro (fonte).

As moedas American Silver Eagle, assim como as Canadian Maple Leaf, estão entre as mais procuradas pelos investidores, e por isso, as que tem uma maior diferença de preço em relação aos preços dos papéis.

Devido à alta demanda por Silver Eagles, os prêmios pelas moedas ainda são os mais altos em relação aos concorrentes. Com o aumento dos preços da prata, os revendedores de metais preciosos também precisam aumentar seus prêmios. No entanto, os percentuais de prêmios das moedas Silver Eagle 2020 começaram a subir mais do que o aumento no preço da prata.

Desde o início de julho, o prêmio médio das Silver Eagle dos quatro principais revendedores online em 2020 nos EUA representava 43% do preço spot da prata e, em seguida, diminuiu para 40% na terça-feira, 21 de julho. No entanto, nos próximos três dias, o prêmio médio das Silver Eagle dos quatro concessionários líderes em 2020 aumentou para uma alta mensal de 45% (fonte).

Curiosamente, a proporção de vendas da Silver Eagle (623.500 oz) versus vendas da Gold Eagle (77.500 oz) em julho é de apenas 8 para 1. A média nos últimos quatro anos (2016-2019) foi de cerca de 64-1. Como a Casa da Moeda dos EUA ainda está lutando para produzir as Águias de Prata, bem como os investidores que mudaram para outras moedas oficiais de prata soberanas de menor prêmio, como o Krugerrand de Prata, a Maple Leaf de Prata, a Filarmônica de Prata e a Britannia de Prata, as vendas das Silver Eagles foram muito menores do que de costume (fonte).

01082020d

 

Proteja suas economias em dinheiro de verdade, antes que a prata física fique cara demais!

 

 

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s