A demanda de prata para eletrônicos impressos e flexíveis deve consumir 615 milhões de onças até 2030

A demanda de prata por eletrônicos impressos e flexíveis deve aumentar 54%, de 48 milhões de onças (Moz) em 2021 para 74 Moz em 2030, consumindo 615 milhões de onças para essas aplicações durante o período de 10 anos, à medida que este mercado continua a amadurecer e expandir.

A eletrônica impressa e flexível é vital para a evolução das tecnologias eletrônicas, pois são os pilares de uma ampla gama de produtos, incluindo sensores de temperatura, pressão, movimento, iluminação, umidade / umidade relativa, radar, frequência cardíaca e monóxido de carbono.

Outras aplicações incluem seu uso em dispositivos conectados à Internet, eletrônicos médicos e vestíveis, visores para eletrodomésticos, telefones celulares, computadores e tablets, dispositivos médicos, automotivos e eletrônicos de consumo.

Fonte: Precious Metals Commodity Management LLC

De acordo com um novo relatório de tendências de mercado divulgado hoje pelo Silver Institute, “Silver in Printed and Flexible Electronics,” de autoria da consultoria de metais preciosos Precious Metals Commodity Management, a prata continuará a desempenhar um papel essencial nesta aplicação. O relatório examina o uso de metais preciosos em vários mercados eletrônicos. Ele também avalia a demanda atual de prata por setor de mercado, os fundamentos da eletrônica impressa e flexível e conclui com uma previsão para o uso de prata nesta aplicação até 2030.

Os fabricantes estão incorporando eletrônicos impressos e flexíveis em seus dispositivos e produtos porque são flexíveis, personalizáveis, inovadores e portáteis. Como muitos desses eletrônicos podem ser processados em um substrato rolo a rolo ou de grande área, seu custo e capacidade de fabricação tornam essas tecnologias extremamente atraentes. Por exemplo, eletrônicos impressos e flexíveis estão cada vez mais sendo usados em etiquetas e embalagens para produtos de varejo e operações logísticas de armazém. Eles são vitais para edifícios inteligentes que dependem de sistemas totalmente integrados que compartilham informações essenciais usando sensores conectados à Internet para controlar HVAC, iluminação, segurança, energia, acesso e monitoramento de segurança e outras aplicações.

A prata é o metal mais condutor do mundo e é um componente-chave em praticamente todas as aplicações eletrônicas, incluindo eletrônicos de consumo, eletrônicos automotivos, sistemas microeletrônicos, LED (diodo emissor de luz) e telas de LED orgânico, fotovoltaicos, semicondutores e componentes de distribuição de energia. À medida que o mundo avança em direção a uma maior conectividade, o que exigirá maiores quantidades de eletrificação, a prata continuará a ser vital para a expansão de tecnologias eletrônicas flexíveis e impressas.

Proteja suas reservas em prata física, antes que ela fique cara demais!

(fonte)

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s