Podemos estar a poucos meses da prata a 50 US$

Apesar da demanda recorde por moedas de ouro e prata mês após mês, os preços de ambos os metais continuam a se manter em intervalos limitados ultimamente. O ouro até recuou para pouco acima de $ 1.800 durante a sessão de negociação de sexta-feira. Então o que está acontecendo?

O diretor da Casa da Moeda dos Estados Unidos, Ed Moy, cujo mandato se estendeu de 2006 a 2011, reconhece a situação de hoje e traça muitos paralelos com o início de 2008:

A última vez que a demanda foi tão alta foi durante a crise financeira [2008-2009]. As pessoas entraram em pânico e compraram ouro e prata, e os preços dispararam. Então o governo começou a injetar estímulos fiscais e monetários, e você viu o ouro corrigir uma queda de talvez 20-30%. E então, ao longo dos próximos três anos, o ouro começou a subir até estabelecer um novo recorde de $ 1.925 em 2011. Depois, o ouro não caiu até que ficou claro que a recuperação econômica seria lenta, o que eliminou a incerteza. O Fed também teve tempo para enxugar todo o excesso de liquidez antes que causasse inflação.”

O ex-diretor explicou que, além das casas de moedas sobrecarregadas e interrupções na cadeia de abastecimento, existem vários outros fatores que podem desempenhar um papel interessante na definição do preço do ouro e da prata nos próximos meses e anos. Moy acredita que talvez a maior razão para a desconexão entre preço e demanda esteja na venda a descoberto dos metais em Wall Street.

Como Moy apontou, os participantes do mercado parecem ter estado excessivamente ansiosos para se voltar para o otimismo devido às medidas agressivas de estímulo que estão sendo tomadas para reparar a economia. No entanto, grande parte do dinheiro do estímulo já acabou nas mãos de instituições financeiras e, por sua vez, em ações, criando bolhas e inflando os preços dos ativos.

Uma rápida recuperação econômica, como a que os comerciantes estão esperando, provavelmente trará uma inflação rápida que os Bancos centrais não serão capaz de controlar. Por outro lado, os metais deverão se beneficiar da mesma forma se as previsões de recuperação de fato se revelarem excessivamente otimistas.

De qualquer forma, Moy acredita que a subida do ouro para $ 2.070 em agosto foi a primeira no que poderia vir a ser uma série de novas máximas, mais uma vez culminando em um preço persistentemente mais alto.

Embora os detentores de ouro e especialmente de prata possam estar insatisfeitos com a falta de valorização dos preços em seus respectivos mercados nos últimos meses, apesar da demanda altíssima, as coisas podem mudar em breve a favor do irmão menor dos metais preciosos. Uma variedade de fatores parece destinada a elevar as cotações dos papéis da prata a US$ 50 nos próximos meses.

Com grandes negociantes de lingotes nos EUA emitindo apenas pré-vendas com prêmios de 50%, e alguns, como a ATS Bullion com sede em Londres, fechando temporariamente a loja, está claro que as pessoas estão comprando o pequeno inventário em prata que ainda está disponível.

Com toda essa demanda, por que o preço à vista de prata não é ainda mais alto? Neste ponto, muitos estão apontando para algum tipo de supressão de preços no mercado de papel, e um exame mais detalhado rapidamente revela a motivação de por que certas forças se beneficiariam da manipulação de preços. Uma corrida para a prata é, em sua forma mais básica, uma corrida do dólar. Ambos atuam como armazenamento de riqueza e, quando a fé na moeda verde se desgasta, o ouro é rapidamente usado como alternativa.

Quando a prata atingiu os US$ 50 em 1980, o então presidente do Fed, Paul Volcker, restaurou a demanda pelo dólar ao disparar as taxas de juros para quase 20%. Logo os investidores voltaram ao dólar e caíram as cotações dos papéis da prata. No clima atual, um aumento tão drástico nas taxas de juros causaria um colapso tanto a economia quanto o mercado de ações devido à enorme quantidade de dívida existente.

Para evitar uma crise bancária profundamente enraizada, causada por uma queda rápida do dólar, os bancos têm interesse em apoiar o dólar quando os investidores transferem sua riqueza para ativos seguros e sem risco. Uma maneira de conseguir isso é vender a descoberto no mercado de papel de prata e, embora essa estratégia apoie a força temporária do dólar, é apenas temporário se os investidores continuarem comprando prata. Uma desconexão dessa magnitude só aconteceu algumas vezes no mercado de prata, notadamente em março e setembro de 2015 e fevereiro de 2011.

Cada instância era invariavelmente acompanhada por quase o dobro no preço da prata em alguns meses.

A magnitude da recuperação do preço da prata dependia de quanto o preço havia sido suprimido. Embora os mercados nunca sejam fáceis de identificar, a análise técnica mostra que o atraso atual mais se assemelha ao de 2011, o que significa que podemos estar a meses de a prata encontrar um novo recorde histórico, acima de US$ 50. (fonte)

E lembre-se, que no Brasil, a prata física ainda funciona como proteção da desvalorização do Real, pois US$50 em 2011 não compravam os mesmos reais que US$50 em 2021.

Proteja suas reservas em prata física, antes que ela fique cara demais, e ainda mais escassa!

A US Mint está ficando sem prata, e os cofres de Londres sentem o aperto

Justamente quando esperávamos que a Casa da Moeda dos Estados Unidos pudesse ter trabalhado seu caminho através da acumulação de moedas de ouro e prata impulsionada pela pandemia, um novo aumento na demanda agravou a escassez de oferta. No ano passado, a Casa da Moeda dos EUA viu um aumento de 258% na compra de moedas de ouro e um aumento de 28% nas moedas de prata, com grandes compras continuando em 2021. Eles provavelmente não planejaram o que aconteceu a seguir …

Na esteira do triunfante frenesi GameStop (embora breve) do Reddit, os day traders procuraram um novo alvo. Alguns optaram pela prata. Em meio a alegações de que o preço da prata deveria estar mais perto de $ 1.000 do que $ 25, os day traders migraram para o ouro e a prata. Isso piorou ainda mais a crise de abastecimento em curso.

Embora o preço dos papéis de prata ainda esteja sendo negociado em torno de US $ 27, a dinâmica da oferta conta uma história diferente. No entanto, não é apenas uma demanda inesperada que está causando problemas.

Conforme observado por um varejista de moedas de metais preciosos, “Haveria uma congestão na cadeia de suprimentos de barras de prata que tornava as Silver Eagles mais escassas de qualquer maneira.” Isso ocorre porque a Casa da Moeda dos EUA está atualmente mudando os designs de suas moedas de ouro e prata American Eagle, que devem estrear neste verão no norte. Assim que estiver disponível, a Casa da Moeda dos EUA racionará a distribuição de moedas de ouro, prata e platina para os revendedores devido à grande demanda.

Do outro lado da equação, a própria Casa da Moeda dos EUA encontrou problemas para garantir um número suficiente de peças de metais preciosos para a cunhagem em moedas, bem como problemas de capacidade em suas fábricas.

O que isso faz com o preço dos produtos disponíveis? Todas as moedas e barras de prata disponíveis são vendidas com margens significativamente mais altas do que o preço à vista nos mercados de papéis. (fonte)

U.S. Mint sold out of gold and silver coins

O SilverSqueeze atinge Londres e o fundo de papéis SLV avisa sobre prata disponível limitada

Há menos de uma semana de ‘Houston, temos um problema”: com o surgimento do SilverSqueeze, os ETFs (Exchange-Traded Fund, um fundo de investimento negociado na Bolsa de Valores como se fosse uma ação) lastreados em prata que afirmam manter sua prata em Londres, agora respondem por 85% de toda a prata declarada como armazenada nos cofres da LBMA (London Bullion Market Association) em Londres (mais de 28.000 toneladas do total de 33.609 toneladas da LBMA ). Isso, para quem consegue somar 2 e 2, não deixa muita prata disponível em Londres para os fundos ETF de prata ou para qualquer outro, especialmente o maior fundo de prata do mercado, o gigante iShares Silver Trust (SLV), que não vamos esquecer, tem o infame JP Morgan como custodiante.

Que o SLV viu influxos maciços de dólares no final de janeiro e início de fevereiro, com saltos correspondentes nas propriedades de prata reivindicadas, agora é amplamente conhecido, mas vale a pena repetir aqui, para o que está por vir.

3.416,11 toneladas de prata?

O intenso interesse do mercado no iShares Silver Trust (SLV) começou em 28 de janeiro, quando um enorme volume de 152 milhões de ações foi negociado na NYSE Arca. Novamente na sexta-feira, 29 de janeiro, o SLV negociou um grande volume de 113 milhões de ações. Isso levou a um aumento nas ‘Ações em circulação’ da SLV na sexta-feira, 29 de janeiro, de 37 milhões de ações, e uma reclamação no mesmo dia do JP Morgan, o custodiante do SLV, de que havia aumentado a prata mantida no SLV em 37,67 milhões de onças (1.171 toneladas ), alegadamente provenientes dos cofres da LBMA em Londres.

Na segunda-feira, 1º de fevereiro, mais 280 milhões de ações SLV foram negociadas na NYSE e, no final do dia, as ações da SLV em circulação subiram 20 milhões. Naquele dia, a SLV alegou adicionar mais 15,376 milhões de onças de prata (478,25 toneladas) aos cofres da LBMA em Londres, cerca de três quartos do valor das novas ações de papel da SLV criadas naquele dia.

Na terça-feira, 2 de fevereiro, com as negociações de SLV ainda elevadas na NYSE, o iShares Silver Trust criou um número massivo de 61.350.000 novas ações SLV, elevando as ações SLV em circulação para 729,1 milhões. No mesmo dia, JP Morgan e Blackrock alegaram ter adicionado enormes 56,783 milhões de onças de prata (1.766 toneladas) ao SLV (novamente tudo em Londres), uma quantidade incrível em qualquer medida, mas ainda longe de refletir o total de 118,45 milhões no total de novas ações que haviam sido criadas entre sexta e terça-feira (o que os levou a ajustar para baixo as ações em circulação em 8,6 milhões na quarta-feira, 3 de fevereiro).

Ao longo desse tempo, você pode ver uma relação quase um por um entre a mudança no número de ações SLV em circulação e a quantidade de onças de prata alegadas como adicionadas ao SLV.

Entre a sexta-feira, 29 de janeiro, e a quarta-feira, 3 de fevereiro, inclusive, as ações da SLV em circulação aumentaram em 109,85 milhões. Durante o período de 3 dias, de sexta-feira, 29 de janeiro a terça-feira, 2 de fevereiro, o SLV afirmou ter adicionado incríveis 109,83 milhões de onças de prata (3.416,11 toneladas), com as participações de barras de prata aumentando de 567,52 milhões de onças de prata para 677,35 milhões de onças (de 17.651,77 toneladas para 21.067,88 toneladas).

De acordo com as listas diárias do SLV, essas 3.416,11 toneladas extras de prata adicionadas ao SLV entre 29 de janeiro e 2 de fevereiro foram na forma de 113.501 barras de prata Good Delivery (as barras pesando aproximadamente 1000 onças cada). Mais uma vez, de acordo com a lista do SLV, essas barras foram adicionadas em cinco cofres de Londres que o SLV usa, nomeadamente cofre Brinks no Premier Park London (45,5%), cofre Loomis London (27,7%), cofre Brinks Unit 7 Radius Park London (15,5 %), o cofre do Malca Amit em Londres (6,0%) e o cofre do próprio JP Morgan em Londres (com míseros 5,3%).

Na verdade, de acordo com as listas, o SLV só começou a explorar a prata no cofre do parque Brinks Premier na segunda-feira, 1 de fevereiro, e só começou a retirar a prata mantida no cofre do Loomis em Londres na terça-feira, 2 de fevereiro. O que para algumas pessoas pode parecer um caso de desespero ou talvez até pânico.

Adicionar 3.416,11 toneladas de prata ao SLV entre 29 de janeiro e 2 de fevereiro não é algo que o JP Morgan possa facilmente afirmar que fará novamente.

É por isso que é particularmente interessante que na quarta-feira, 3 de fevereiro, logo após alegar adicionar 3.416 toneladas de prata ao SLV batendo freneticamente nos cofres da LBMA em Londres, o prospecto do iShares Silver Trust foi alterado e o seguinte texto foi adicionado:

A demanda por prata pode exceder temporariamente o fornecimento disponível que seja aceitável para entrega ao Fundo, o que pode afetar adversamente um investimento nas Ações.

Na medida em que a demanda por prata excede o suprimento disponível naquele momento, os Participantes Autorizados podem não ser capazes de adquirir prontamente quantidades suficientes de prata necessárias para a criação de uma Cesta.

As cestas podem ser criadas apenas por Participantes Autorizados e são emitidas apenas em troca de uma quantidade de prata determinada pelo Agente Fiduciário que atenda às especificações descritas abaixo em “Descrição das Ações e do Acordo de Fideicomisso – Depósito de Prata; Emissão de cestas ”em cada dia em que a NYSE Arca estiver aberta para negociação regular. A especulação do mercado em prata pode resultar no aumento dos pedidos de emissão de cestas.

É possível que os Participantes Autorizados não consigam adquirir prata suficiente que seja aceitável para entrega ao Fundo para a emissão de novas Cestas devido a uma oferta limitada então disponível juntamente com um aumento na procura das Ações.

Em tais circunstâncias, o Fundo pode suspender ou restringir a emissão de Cestas. Tal ocorrência pode levar a uma maior volatilidade no preço das Ações e desvios, que podem ser significativos, no preço de mercado das Ações em relação ao NAV. ”

Além do parágrafo acima sobre a demanda de prata excedendo a oferta de prata disponível, o prospecto do SLV também acrescentou dois outros parágrafos sob o primeiro, um dos quais prevendo movimentos voláteis de preços de ações que podem não estar correlacionados ao preço de prata:

“Riscos Relacionados às Ações

Um aumento repentino na demanda por Ações que temporariamente excede a oferta pode resultar na volatilidade do preço das Ações.

Pode ocorrer uma mudança significativa no sentimento dos investidores em relação à prata. Os investidores podem comprar Ações para especular sobre o preço da prata ou para cobrir a exposição à prata existente. A especulação sobre o preço da prata pode envolver exposições longas e curtas. Na medida em que a exposição curta agregada excede o número de Ações disponíveis para compra, os investidores com exposição curta podem ter que pagar um prêmio para recomprar Ações para entrega aos credores de Ações.

Por sua vez, essas recompras podem aumentar drasticamente o preço das Ações até que sejam emitidas Ações adicionais através do processo de criação. Isso pode levar a movimentos voláteis de preços em Ações que não estão diretamente correlacionados ao preço da prata.

Com humor, o terceiro novo parágrafo inserido no prospecto do SLV explica que o preço da prata, que não se esqueça, é um preço de papel definido pelo domínio dos bancos de lingotes na COMEX e na LBMA de Londres, está sujeito a flutuações extremas que não estão relacionadas a oferta e demanda física de prata, mas, infelizmente, não há menção das manipulações do preço da prata durante anos pelas quais JP Morgan e outros comparsas da LBMA foram processados recentemente:

O preço de negociação das Ações foi recentemente, e pode continuar a ser, volátil.

O preço de negociação das Ações tem sido altamente volátil e pode continuar a estar sujeito a grandes flutuações em resposta a vários fatores. O mercado de prata em geral experimentou flutuações extremas de preço e volume que muitas vezes não têm relação ou são desproporcionais a fatores como o uso da prata em joias, tecnologia e aplicações industriais, ou custos e níveis de produção nos principais países produtores de prata, como China, México e Peru. Em particular, as interrupções da cadeia de abastecimento resultantes do surto de COVID-19 e a especulação dos investidores contribuíram significativamente para as recentes flutuações de preço e volume.

Se o pequeno aperto na GameStop causou explosões entre alguns fundos de hedge em Wall Street, imagine como será um pequeno aperto na oferta global de prata quando esses fundos acordarem para a possibilidade de que o SLV “não possa adquirir prata suficiente aceitável para entrega “. (fonte)

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

2021 finalmente começa. O que esperar dos investimentos após o Carnaval

Há quem diga que no Brasil as coisas só acontecem após o carnaval. De fato, os primeiros efeitos da pandemia do coronavírus na bolsa brasileira só foram sentidos no primeiro pregão após o feriado, em 26 de fevereiro de 2020. Naquela data, o Ibovespa, principal índice de ações da B3, caiu 7% e deu o pontapé inicial para a sequência de baixas que faria o indicador fechar o mês seguinte com uma queda histórica de 29,9%, aos 73.019,80 pontos.

E não foi só o Ibov que teve seu desempenho afetado. A maior crise sanitária da história recente da humanidade puxou para baixo a performance dos fundos imobiliários e até da renda fixa pós-fixada, que sofreu com os cortes na Selic, taxa básica de juros da economia, atualmente em 2%. As exceções foram as moedas fortes e os metais, que dispararam mais de 30% com os investidores buscando maior proteção em meio a um cenário de tanta incerteza.

Com o início ‘extraoficial’ do ano de 2021 após este feriado carnavalesco diferente (a Bolsa só volta na quarta-feira, às 13 horas), os investidores têm de ficar atentos, já que o cenário para as diversas classes de ativos pode mudar. Aliás, balancear o risco é uma das grandes lições de investimentos que a crise do coronavírus deixou.

“A experiência recente com o coronavírus nos leva a dar mais importância à administração de risco do que a busca por rentabilidade, até porque esses ‘cisnes negros’ estão voando por aí . Temos que estar preparados para esses riscos inimagináveis, mas que podem acontecer”, afirma Luiz Fernando Carvalho, estrategista da Ativa Investimentos. “Esse é o grande aprendizado, para quem não tinha.”

Em relação aos metais, como era de se esperar, também foram um dos protagonistas durante a crise. Considerado ‘reserva de valor’, ou seja, pouco sujeito à desvalorização já que é um recurso escasso, a pedra dourada foi amplamente buscada por investidores que queriam preservar o poder de compra.

“As moedas podem se apreciar ou depreciar conforme as emissões, mas 01 grama de ouro sempre será 01 grama de ouro”, avalia Carvalho. Segundo o estrategista da Ativa, a demanda pelo ouro e até por outros metais, como a prata, deve continuar durante os próximos meses. “Ouro e prata são reservas de valor que superam qualquer crise. Em toda a história da humanidade, você vê quem preservou fortunas, conseguiu isso com ativos reais, como os metais. Acredito que pode continuar se valorizando.”

Apesar do salto em 2020, a valorização das moedas em 2021 vai depender principalmente do cenário político no Brasil. “Se no âmbito político as reformas estruturais não forem endereçadas, o mercado vai entender que a questão está sem solução e o real pode se depreciar ainda mais”. (fonte)

Cotações dos papéis de prata em 15/02/2021

E como no Brasil, a prata física é importada, além de sua valorização natural, acaba incorporando a proteção da desvalorização corrente do Real frente às moedas fortes, como o US$. A valorização da prata já alcançou mais de 507% em US$ nos últimos 20 anos, sem contar a desvalorização do Real. Houve um período, aliás, em que 1 real valia mais do que 1 dólar. Nessa época, entre julho de 1994 a junho de 1996, o Banco Central comprava ou vendia a moeda americana para manter o câmbio fixo, numa tentativa de estabilizar a cotação, enquanto o modelo econômico ainda engatinhava. A partir de 1999, o governo federal adotou o câmbio flutuante, sem mais interferência direta do Banco Central para manter a cotação. Desde então, a desvalorização adicional de nossa moeda frete ao US$ está na casa dos 540%. Se você acha que a desvalorização do Real vai parar por aí, é melhor repensar sua estratégia de reserva de valor. Parece que ter um punhado de dinheiro físico prateado pode ser um bom pé de meia para o futuro não?

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique ainda mais cara!

Qual o próximo passo para a prata?

Os futuros de prata atingiram um pico em 1 de fevereiro em uma alta chegando a $ 30,35. No mínimo, esta foi uma grande experiência de aprendizado para muitas pessoas, especialmente para aqueles que são novos no espaço dos metais preciosos. Certamente colocou a prata na frente e no centro das notícias financeiras, que é onde ela pertence, dado o que está por vir.

Cotações dos papéis de prata em 09/02/2021

Há previsões matemáticas e de fundamentos que a próxima correção nos levará a um rali verdadeiramente sustentável a US $ 40-50, mas as cotações dos papéis podem cair para algo entre US $ 19-24 antes que isso ocorra, para criar o combustível para um rali tão espetacular. Simplificando, pode não ter acabado o lado negativo, mas quanto mais cair, maior será a recompensa que se seguirá. (fonte)

E logo após a pequena correção que vimos no início de fevereiro com a ameaça de short squeeze, a mídia de massa já alardeava o fim da alta:

E mesmo com as cotações dos papéis tendendo à alta novamente, é altamente improvável que qualquer mudança real no esquema de preços da reserva fracionária e derivativos digitais aconteça por meio da participação ativa nesse esquema. Além de potencialmente provocar uma compressão de curto prazo da posição líquida vendida dos bancos de metais, o impacto da compra de derivativos de prata é provável que seja mínimo. Por quê? Porque os bancos controlam monopolisticamente esses “mercados” e seu “regulador” totalmente capturado sempre olhará para o lado deles. Veja a repentina imposição de um aumento estrito de margem, mesmo com as ações da IRB na BOVESPA, como apenas seu exemplo mais recente.

Assim, mais uma vez, é hora de todos os investidores em metais preciosos entenderem que só há uma maneira de forçar uma mudança no sistema de preços. Apenas a aquisição direta de ouro e prata físicos pode realizar as mudanças que desejamos. E por que isso? Porque o sistema atual é hiper-alavancado e hiper-hipotecado ao ponto em que pode haver mais de cem proprietários beneficiários para cada onça física mantida dentro dos cofres da COMEX de Nova York e dos cofres da LBMA em Londres, os principais mercados desses derivativos.

Portanto, cada grama de metal que você fisicamente protege para si mesmo, tira aquela grama das mãos dos grandes bancos de derivativos…. Em que ponto o sistema será esticado demais e à beira da ruptura? É difícil dizer, mas esse dia certamente está chegando.

É provável que essa mudança se materialize a partir de um padrão de entrega física. Isso não emanará de Nova York e provavelmente também não começará em Londres. Em vez disso, procure por padrões de entrega em contas não alocadas em Perth, Montreal e Zurique, por exemplo.

Um dia, em breve, um cliente chegará a um desses locais e exigirá a entrega imediata do “metal físico” que foi levado a acreditar que possui em sua conta não alocada. Quando esse cliente é informado de que seu metal não está à mão e que ele deve esperar 90-120 dias pela entrega, uma antiquada ‘corrida ao banco’ se seguirá. Como acontece com qualquer banco tradicional administrado por um sistema de reservas fracionárias, os bancos fecharão, e um “feriado” será declarado. Esses clientes acabarão se recuperando com a entrega de metal físico? É altamente duvidoso.

Portanto, NÃO se permita fazer parte de um sistema de preços que perpetuou a miséria para investidores, empresas de mineração e seus funcionários por décadas. Em vez disso, continue avançando. Compre ouro e prata físicos e exija a entrega. Você pode causar um impacto incrível, como vimos no início desta semana. No entanto, mesmo se esse movimento atual fracassar, você terá diversificado alguns de seus ativos em dinheiro sólido, e não há melhor porto seguro a ser encontrado nesta tempestade contínua de loucura monetária e fiscal que estamos vendo. Então, por favor, faça sua parte na aquisição de algum metal físico, e então vamos ver se podemos finalmente começar a responsabilizar os bancos por todos os seus atos sujos nas últimas décadas. (fonte)

The Resurgence of Silver | BullionBuzz | Nick's Top Six

Segundo Tom Cloud, este é o mercado mais louco que ele já viu em 45 anos, desde que começou seu negócio de metais preciosos em 1976. Tom continua dizendo que não apenas os prêmios nos produtos físicos estão aumentando, mas também estão respingando para o ouro. Moedas Gold Eagles por exemplo agora estão sendo vendidas por 7% acima do preço disponível. O sobrepreço da prata chega a 25%, em US$.

Além disso, Tom diz que a Royal Canadian Mint não está aceitando mais pedidos. Com os insanos 110 Moz de prata que “supostamente” entraram no estoque do iShares ETF SLV nos ÚLTIMOS 3 DIAS para bancar os papéis emitidos, de fato algo GRANDE está acontecendo no mercado de prata. (fonte)

As vendas de moedas de ouro da US Mint aumentaram 258 % em 2020, enquanto a demanda por moedas de prata aumentou 28%, disse a Casa da Moeda dos EUA dia 02/02. O que fez com que os negociantes de metais ficassem sem estoque e o prêmio físico para os preços da prata disparando para níveis recordes.

Há uma escassez massiva. Estaremos completamente sem estoque se continuar assim – a primeira vez desde que nossa empresa abriu em Cingapura, sete anos atrás ”, disse David Mitchell, diretor administrativo da Indigo Precious Metals.

E agora, cortesia da Reuters, temos uma resposta para essa escassez: a Casa da Moeda dos EUA está limitando a distribuição de suas moedas de ouro, prata e platina a revendedores específicos devido à grande demanda e a um número limitado de fornecedores de metais, disse a empresa em um comunicado. A Casa da Moeda dos Estados Unidos disse em 02/02 que não foi capaz de atender à crescente demanda por suas moedas de ouro e prata em 2020 e até janeiro de 2021, em parte devido à demanda impulsionada pela pandemia e problemas de capacidade da planta … Pesadas compras continuaram em 2021, disseram, apertando os suprimentos, que já estavam apertados porque a COVID19 afetou a produção.

A última vez que a Casa da Moeda dos EUA ‘admitiu’ sua incapacidade de atender à demanda foi em junho de 2010. E a reação em metais preciosos foi essa:

Assim, invista de acordo! (fonte)

Os papéis de prata subiram 47,4% em 2020, passando de $ 17,80 a onça em janeiro para $ 26,35 em dezembro. Ela superou todas as outras classes de ativos importantes, incluindo ações, títulos corporativos e títulos do Tesouro. Muitas outras classes de ativos caíram em 2020, incluindo imóveis, petróleo bruto e o dólar americano. Os investidores podem esperar um forte desempenho superior contínuo da prata, tanto na forma de barras e moedas quanto na forma de ações em empresas de mineração de prata bem administradas.

Os vetores do preço da prata frequentemente divergem dos vetores do preço do ouro porque o ouro é um jogo puro com o dinheiro, enquanto a prata é um jogo duplo com o dinheiro e a economia industrial. A prata responde ao ciclo de negócios, uma vez que mais ou menos prata pode ser necessária para os processos industriais, quando a economia está em expansão ou contração.

O papel híbrido da prata pode ser frustrante para os investidores que as vezes veem o ouro subindo enquanto a prata está atrasada. Além da manipulação de preços de derivativos, há ainda razões mais mundanas, envolvendo oferta e demanda de mercadorias industriais. Mas preço da prata também é influenciado pelo preço do ouro, entretanto. Embora os dois não se movam em sincronia e não haja uma relação necessária entre os dois preços, os fatores que elevam o ouro (inflação, taxas de juros baixas, fuga para a qualidade) também elevam a prata. (fonte)

E por fim, gostaria de compartilhar com vocês que, de forma que não era totalmente inesperada, os grandes bancos estão buscando dificultar da maneira que podem o pagamento dos fornecedores de prata física para a sua entrada no Brasil… por que será?

Como disse Paul Volcker, ex-presidente do FED, ‘os metais preciosos, no final, não são uma competição apenas pelo dinheiro fiduciário, é uma competição para os depósitos bancários, ações e títulos, particularmente durante períodos de estresse econômico; e isso é a fonte do seu interesse pelos legisladores…’

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

Os papéis parecem ter estabilizado, mas a prata física continua mais cara

Depois de receber muita atenção nos últimos dias graças aos chamados Reddit Raiders, chegando a US $ 30 durante as negociações de ontem, os preços da prata (futuros de papel) caíram rapidamente – após o aumento desde a madrugada do dia 01/02 – apagando quase todos os ganhos da segunda-feira.

Cotações o mercado de futuros de prata em 02/02/2021

Mas, como Peter Schiff apontou em um podcast recente, a prata é uma compra fantástica no momento, mesmo sem a atenção dos investidores em painéis de mensagens. Na verdade, a prata já estava prestes a subir antes mesmo que a multidão do Reddit olhasse em sua direção.

No geral, SchiffGold.com diz que os fundamentos são extremamente otimistas para a prata no longo prazo, sem ou sem um empurrão dos Reddit Raiders.

Embora os Reddit Raiders possam criar um pequeno aperto nos futuros de prata e elevar o preço, em última análise, a prata permanecerá com seu valor subjacente. Olhando para o longo prazo, comprar papel de prata a US $ 27 a onça é uma pechincha – com ou sem a atenção dos investidores do Reddit.

Em segundo lugar, a prata permanece historicamente subvalorizada em comparação com o ouro. Mesmo com a recente alta no preço da prata, a relação prata-ouro ainda está acima de 60:1. Isso é historicamente alto. A média na era moderna tem estado entre cerca de 40: 1 e 50: 1.

Os geólogos estimam que haja aproximadamente 19 ou 18 onças de prata para cada onça de ouro na crosta terrestre, com uma proporção de aproximadamente 11,2 onças de prata para cada onça de ouro que já foi extraída. Curiosamente, a proporção prata-ouro no antigo Egito era de 1:1.

Terceiro, as dinâmicas de oferta e demanda parecem boas para o avanço da prata. Embora a prata seja fundamentalmente um metal monetário, mais da metade da demanda global vem de aplicações industriais e tecnológicas. No século 20, a fotografia era a principal indústria de prata. Isso mudou com o advento da fotografia digital. Mas as propriedades químicas exclusivas da prata a tornam indispensável em todos os tipos de aplicações modernas e a demanda não é mais sustentada por apenas uma ou duas indústrias. Na primeira década do século 21, a demanda por prata para eletrônicos, computadores, saúde e outras indústrias de alta tecnologia se expandiu dramaticamente. Isso reflete duas das principais características do metal – ele tem a maior condutividade térmica e elétrica de qualquer metal e está amplamente disponível. Ele também tem propriedades antibacterianas.

A demanda por prata provavelmente receberá um impulso com o impulso em direção à energia solar e outras iniciativas de energia verde nos próximos anos. A geração de energia solar deve quase dobrar até 2025, de acordo com um relatório divulgado no verão passado pelo Silver Institute. Mesmo que a economia global se recupere mais lentamente do que o esperado após a pandemia, a demanda de energia verde por prata provavelmente permanecerá robusta. Os analistas esperam que muitos planos de estímulo do governo incluam financiamento para iniciativas verdes.

Do lado da oferta, a produção das minas caiu drasticamente em 2020. A produção foi projetada para cair 6,3% para cerca de 780,1 milhões de onças. A grande queda na produção de prata é em grande parte uma função do fechamento de minas devido ao coronavírus, mas a produção da mina já estava em declínio antes da pandemia. A produção global da mina caiu 1,3% em 2019.

Quando você olha para toda a dinâmica, o futuro parece brilhante para a prata. Como Peter Schiff enfatizou em seu podcast, a prata é um investimento de boa qualidade. A prata está barata. (fonte)

Por outro lado, a escassez do metal físico tem mantido os preços das barras e moedas mais elevados, mesmo com a estabilização das cotações dos papéis. Nós observamos um aumento essa semana de cerca de 15% de nossos custos de aquisição, e os mesmos sem mantem mais altos. A diferença de preço (Premium) entre a prata física e as cotações de papel aumentou ainda mais, principalmente para as moedas mais populares.

Simplificando, o establishment pode imprimir toda a prata de papel que quiser, mas não há suprimento físico … e isso provavelmente terminará mal para aqueles que tentam suprimir a realidade por muito tempo. (fonte)

Proteja suas reservas em prata física, com a Pratapura.com!