“A demanda física vai sobrecarregar completamente a oferta” e como a prata pode chegar a US$ 270

Esta é a uma parte de uma entrevista com Andy Schectman, Presidente e Proprietário da Miles Franklin Precious Metals, uma empresa que já faturou mais de US$ 5 bilhões em vendas. Antes de iniciar a Miles Franklin, Ltd. em 1989, Andrew tornou-se um Licensed Financial Planner, especializado em investimentos em francos suíços e investimentos alternativos. Na Miles Franklin Ltd., Andy é um especialista de renome mundial na área de metais preciosos e dedicou seu tempo para responder a algumas perguntas sobre a possibilidade de um verdadeiro aperto de prata, o mercado de metais preciosos, o Fed e o futuro do dinheiro em todo o mundo:

‘Mais prata está sendo consumida do que extraída a cada ano. No ano passado, aproximadamente 850 milhões de onças foram mineradas em todo o mundo, com uma demanda de mais de 1 bilhão de onças. A demanda industrial por prata está crescendo em um mundo cada vez mais digital, com novas aplicações todos os dias em veículos com energia verde e movidos a bateria.

Ao mesmo tempo que o fornecimento anual global de minas está diminuindo e a demanda industrial aumentando, um renascimento global na demanda monetária está chegando. Isso está acontecendo enquanto um punhado de grandes bancos de Wall Street manipulam o preço dos metais monetários há décadas, permitindo que parte do maior dinheiro do mundo acumule grandes quantidades de ouro e prata físicos a preços subsidiados.

A demanda física é filtrada de cima para baixo. Mais de 300 milhões de onças de prata foram removidas do mercado da Comex em 2020 por alguns dos investidores mais sofisticados e bem preparados do mundo. As liquidações na Comex são geralmente em dólares. A Comex não foi configurada para ser uma fonte de entrega física. Este não é um desenvolvimento pequeno. Em anos anteriores, esse valor representaria cerca de uma década de entregas de prata. Além disso, as entregas da Comex em 2021 estão agora no ritmo para melhorar os números de entrega de 2020. Quando tudo isso é adicionado para registrar a demanda física do varejo global em moedas e barras – a demanda física em algum ponto e provavelmente mais cedo ou mais tarde, irá sobrecarregar completamente a oferta.

Em termos geológicos, a prata é encontrada em uma forma chamada epitérmica, o que significa que é encontrada muito perto da superfície. Isso significa que a maioria dos grandes depósitos foram encontrados anos atrás, mesmo antes do advento das imagens aprimoradas. Na verdade, apenas 30% do fornecimento global das minas vem de mineradores primários de prata, enquanto 70% vem como um subproduto da mineração de outros metais, como cobre e zinco.

Em resumo, a demanda por prata física é maior do que a oferta – a quantidade extraída a cada ano. E está se expandindo. Ao mesmo tempo, a prata está na mira de uma nova classe de investidores: “fundos”, de fundos de hedge a escritórios domésticos. E a demanda de “varejo” também está crescendo. Por exemplo, nosso negócio na Miles Franklin aumentou entre 300% – 400%, e 95% é prata. Essa nova e grande demanda está, em parte, sendo financiada por investidores experientes que obtêm lucros com ações e Bitcoin.

A maioria das commodities tem uma fonte primária de demanda, como o cobre – que é apenas um metal industrial, e o ouro, que é principalmente um metal monetário. A prata é procurada tanto pela indústria quanto pelos investidores. Em algum momento, eles estarão competindo um com o outro. Esse ponto não está longe. Então, sim, acho que um aperto não só é possível, mas também altamente provável.

Devido à implacável manipulação do mercado, não existe uma maneira precisa de encontrar uma descoberta honesta de preços para a prata. Até agora, a oferta e a demanda de prata física tiveram pouco efeito sobre os preços do papel fixados na Comex. É impossível determinar o preço verdadeiro e não manipulado.

Quando você leva em consideração a criação de dinheiro e a inflação, além do aumento de todas as commodities, o ouro a US$ 3.000 parece baixo para mim. Claro, este é apenas um palpite subjetivo.

A prata é talvez o bem mais desvalorizado do planeta e, na minha opinião, apresenta a oportunidade de compra única em uma geração. A proporção de prata para ouro é atualmente de 75 para 1. São necessárias 75 onças de prata para “comprar” uma onça de prata. No entanto, apenas sete onças de prata estão saindo do solo para cada onça de ouro. Em outras palavras, em uma proporção de 7 para 1, a prata está quase 11 vezes subvalorizada em relação ao ouro. Além disso, se você dividir o preço atual do ouro ($ 1.800) por 7, a proporção atual de mineração global, você obtém um preço de prata de US$ 270. Com $ 3.000 de ouro, um número mínimo que espero ver mais cedo ou mais tarde, você chega a US$ 428 a onça de prata.’

Proteja suas economias em prata física legalizada, antes que ela fique cara demais!

Na PrataPura.com, fazemos o que fazemos porque acreditamos que riqueza de verdade é aquela que você tem em sua mão, fisicamente, e que não tem risco de evaporar por um clique num computador, ou pela falta de empatia dos governantes e donos do mundo. Prata física sempre foi, e sempre será, uma reserva de valor tangível em sua mão, imune à inflação e a choques econômicos ou sociais.

Queremos ajudar nossos clientes a protegerem sua riqueza, seu dinheiro duramente conquistado, neste mundo constantemente ameaçado pelo caos, e terem controle total sobre seu patrimônio.

Nosso propósito é facilitar a formação de reservas de riqueza seguras pelos nossos clientes em face das incertezas globais e a irresponsabilidade dos emissores de dinheiro de papel, intermediando a troca de metal precioso físico por valores fiduciários a medida das suas necessidades. Somos a empresa pioneira no Brasil em vender prata física para investimento de forma legalcom nota fiscal.

Você pode imprimir dinheiro, mas não pode imprimir bens

À medida que os preços continuam a subir e os Bancos Centrais mantém suas políticas monetárias inflacionárias, muitas pessoas no mainstream continuam falando sobre a inflação como uma coisa boa. Peter Schiff disse que parece que eles estão tentando nos suavizar e nos tornar dispostos a aceitar uma inflação mais alta. Mas, esses especialistas estão perdendo uma verdade fundamental – não importa quanto dinheiro os Bancos Centrais imprimam ou criem emitindo títulos de dívida, eles não podem imprimir coisas reais.

Peter disse que leu um artigo afirmando que o aumento da inflação pode levar a um “boom de empregos”. O autor argumentou que, uma vez que uma política monetária mais rígida para combater a inflação destruiria empregos, permitir que a inflação esquentasse com a continuação de uma política monetária frouxa criaria empregos. O analista também afirmou que isso levaria a salários reais mais altos e até reduziria a desigualdade ao ajudar a criar mais empregos com melhores salários.

Peter chama isso de ‘baboseira’.

O oposto é verdadeiro. As pessoas que mais sofrem com a inflação são os trabalhadores. Os salários reais caem como resultado da inflação. Os salários nominais podem aumentar, mas os salários reais cairão, e são os pobres, é a classe média que é mais atingida pelo aumento dos preços ao consumidor. ”

Peter disse que a inflação acabará por alargar ainda mais o fosso de riqueza. A inflação tornará os ativos pertencentes aos ricos mais valiosos e, ao mesmo tempo, eliminará as dívidas que contraíram para acumulá-los. Enquanto isso, diminuirá o valor da poupança junto com o poder de compra dos salários ganhos pelos pobres e pela classe média.

Imagine acreditar que a inflação é de alguma forma uma coisa boa – que você pode realmente criar riqueza e prosperidade simplesmente aumentando os preços.

Apenas imprimir dinheiro e fazer com que os preços subam, esse é o problema. É assim que você cria bons empregos e é assim que você traz prosperidade para os oprimidos – destruindo o valor de suas economias e seus salários e fazendo seu custo de vida subir. É um total absurdo que as pessoas acreditem nisso. ”

Basta olhar para os países que tiveram inflação alta. Todos eles foram desastres econômicos. Os países economicamente mais prósperos costumam ter baixas taxas de inflação.

Portanto, inflação baixa e prosperidade andam de mãos dadas. Inflação alta e pobreza – elas andam de mãos dadas. ”

A inflação já está impactando negativamente a economia, nos EUA e no Brasil.

Então, você não pode resolver esse problema com a inflação porque a inflação é o problema. Porque se você apenas imprimir dinheiro e dar às pessoas para gastarem, bem, isso significa que os preços vão subir e eles não vão poder comprar coisas porque vai custar mais dinheiro. Você não pode ficar rico imprimindo dinheiro. ”

Existe um fator limitante, mas não é a quantidade de dinheiro. O fator limitante está na produção. Está no fornecimento de bens.

O dinheiro é irrelevante. O valor do dinheiro derivará da quantidade de bens produzidos. Portanto, a oferta de dinheiro pode encolher. Isso significa que os preços cairiam… O fator limitante do consumo é o número de bens que você produz. Se você simplesmente produzir mais dinheiro e permitir que as pessoas o usem para comprar coisas, bem, os preços simplesmente terão que subir. Isso é o que esses caras não parecem entender ainda – que você pode imprimir dinheiro, mas não pode imprimir bens. (fonte)

E o perfil de compradores de prata mudou

Nas últimas décadas, muita prata nos EUA foi vendida no mercado para complementar a enorme demanda de fabricação, mas agora a demanda foi transferida para uma grande quantidade de investimento privado. A diferença hoje é que a demanda de investimento, não a demanda industrial, será o principal fator para empurrar o preço da prata para novos máximos históricos no futuro.

Embora tendamos a ser apanhados por grandes conspirações, quebra de banqueiros e volatilidade diária dos derivativos da prata, se olharmos para as tendências de longo prazo, isso fornece evidências claras de que algo mudou seriamente no mercado de prata desde 2008. Além disso, com a demanda total de barras e moedas de prata & ETFs superando a demanda industrial no ano passado, o dado foi lançado de forma que os investidores assumirão o controle do mercado e do preço da prata … e não haverá nada que o Fed ou os bancos centrais possam fazer a respeito. (fonte)

As vendas de Silver Eagles e Maples aumentam em 2021, mesmo com os investidores continuando a pagar altos prêmios

As vendas de moedas Silver Eagles e de Silver Maples aumentaram na primeira metade do ano, à medida que os investidores continuaram a trocar a moeda fiduciária por dinheiro real. Ambas as moedas oficiais de prata dos EUA e do Canadá, respectivamente, experimentaram aumentos significativos nas vendas, uma vez que a demanda dos investidores permaneceu forte e com oferta suficiente. Porém, com o lançamento pela Casa da Moeda dos EUA do novo design, as vendas de Silver Eagles aumentaram ainda quase 50% no primeiro semestre de 2021.

De acordo com o relatório recém-lançado da Royal Canadian Mint Q2 2021 Report, um total de 18.946.000 onças de Silver Maples e barras foram vendidas no primeiro semestre do ano. Infelizmente, a Royal Canadian Mint parou de destacar as Silver Maple de suas vendas de barras em separado há vários anos. Então, agora ela agrupa os dois juntos em uma única figura.

As vendas de Silver Eagles aumentaram de 12,6 milhões durante o 1S 2020 para 18,7 milhões no mesmo período deste ano. Isso é um aumento saudável de 48% ano a ano. As vendas de Silver Maples-Barras da Royal Canadian Mint aumentaram 38%, de 13,7 milhões para 18,9 milhões no mesmo período. Como podemos ver, a Royal Canadian Mint vendeu mais Silver Maples-Barras do que as Silver Eagles foram vendidas pelos EUA. Mas, o número em 2021 das Silver Eagles não inclui TODOS os produtos de prata da Casa da Moeda dos EUA. A Casa da Moeda dos EUA também vende moedas de prata de 5 oz e muitas moedas de prata numismáticas, o que provavelmente ultrapassaria o total da Casa da Moeda Real do Canadá.

Embora apenas considerando o total do 1S 2021 para essas duas casas da moeda oficiais, 37,7 milhões de onças de barras de prata já foram vendidas. Além disso, se as vendas continuarem a ser semelhantes no 2S 2021, essas duas casas da moeda oficiais podem ter vendas totais de mais de 75 milhões. de onças troy.

Por último, enquanto os prêmios (diferença entre as cotações de papéis para as moedas e barras físicas) para o ouro estão caindo, os prêmios de lingotes e moedas de prata permanecem em níveis elevados.

(fonte)

Proteja suas economias em prata física legalizada, antes que ela fique cara demais!

Na PrataPura.com, fazemos o que fazemos porque acreditamos que riqueza de verdade é aquela que você tem em sua mão, fisicamente, e que não tem risco de evaporar por um clique num computador, ou pela falta de empatia dos governantes e donos do mundo. Prata física sempre foi, e sempre será, uma reserva de valor tangível em sua mão, imune à inflação e a choques econômicos ou sociais.

Queremos ajudar nossos clientes a protegerem sua riqueza, seu dinheiro duramente conquistado, neste mundo constantemente ameaçado pelo caos, e terem controle total sobre seu patrimônio.

Nosso propósito é facilitar a formação de reservas de riqueza seguras pelos nossos clientes em face das incertezas globais e a irresponsabilidade dos emissores de dinheiro de papel, intermediando a troca de metal precioso físico por valores fiduciários a medida das suas necessidades. Somos a empresa pioneira no Brasil em vender prata física para investimento de forma legalcom nota fiscal.

Os Bancos de Derivativos massacraram os metais… por enquanto

Desde 1º de junho (alguns dizem desde o pico de agosto de 2020), vimos os bancos de derivativos manipularem os mercados para baixo em pelo menos quatro ocasiões, todas centradas em grandes eventos como o FOMC ou Non-Farm Payrolls ou durante períodos de comércio ilíquido, como que nos mercados futuros de 08 de agosto à noite. Isso garante que eles encontrem o mínimo de resistência e obtenham o maior movimento possível.

Tal foi o caso no domingo, quando os criadores de mercado, os bancos de derivativos, criaram 20.000 contratos futuros em ouro e prata e os jogaram no mercado futuro no domingo à noite, limpando os níveis de suporte e stops enquanto cobriam níveis mais baixos para lucros massivos. Por quê? Porque é dinheiro fácil se você pode criar contratos futuros à vontade e jogá-los no mercado sempre que quiser. Você é incentivado a fazer isso se tiver uma posição vendida significativa.

Mas qual foi a pressa? Por que ser tão descarado a ponto de ser óbvio? Foi para lembrar ao mercado quem realmente controla os metais? A explicação mais provável é que eles estão desesperados para sair de suas enormes posições vendidas porque sabem que algo está se formando e enviará os metais preciosos para as alturas. Eles incorreriam em perdas enormes se isso ocorresse, possivelmente até mesmo na falência.

A invasão de metais preciosos na sexta-feira passada, após a divulgação do Non-Farm Payrolls nos EUA (taxa de emprego não-agrícola das folhas de pagamento), e imediatamente seguida novamente na noite de domingo, quando os mercados abriram pela primeira vez, cheira a desespero. Aqueles de nós familiarizados com o mercado futuro de metais preciosos sabem sobre sua manipulação há anos. Os tribunais também o provaram. O ex-diretor do Banco da Inglaterra, Eddie George, também confirmou. Tornou-se tão comum, é previsível. No entanto, nunca se viu os Bancos fazerem isso de forma tão flagrante para todos verem, mais de uma vez e em rápida sucessão. Quando você sai correndo de um prédio em chamas, não para para fechar a porta atrás de você, por razões óbvias. Esses caras empurraram a porta para baixo para sair. Não sei o que está por vir, mas sei o que enviaria ouro, prata e os mineiros para as alturas.

O ouro disparou depois que a bolha das pontocom estourou em 2000 e o rendimento do tesouro de 10 anos atingiu o pico de 6,82%, um nível que nunca mais será visto. As taxas de juros foram reduzidas por Alan Greenspan, e o Banco do Japão injetou liquidez nos mercados dos EUA. O ouro subiu 300% nos sete anos seguintes.

Então veio a quebra do mercado de ações em 2008, e o ouro caiu 34% em apenas sete meses. Assim como eles postaram o crash das pontocom, o Fed levantou-se para o resgate novamente cortando as taxas de juros e dando início ao QE1 em março de 2009. O ouro viu isso chegando e atingiu o fundo do poço em outubro de 2008, seis meses antes. Em seguida, aumentou mais 180% para um recorde desde 1923, em 2011.

Avance para agosto de 2018, quando o ouro atingiu o fundo do poço a $ 1.167 e depois se recuperou para quebrar o pico de julho de 2016, aumentando 42% até março de 2020. Isso ocorreu sete meses antes de o Fed anunciar em março de 2019 que estava encerrando o QT. Mais uma vez, o ouro viu a escrita na parede, e dizia “liquidez”.

As ações caíram 35% em março de 2020 devido aos bloqueios relacionados à Covid. O ouro caiu US $ 250 para $ 1.450, uma queda de 15%. Então, o Fed e o Tesouro dos EUA abriram as comportas da liquidez, e o ouro disparou 44% para um novo recorde de alta a $ 2.089 em agosto.

Em uma entrevista em julho de 2020, foi previsto que o ouro e a prata atingiriam o pico e cairiam fortemente a partir de agosto, porque o Fed reduziu seu enorme estímulo para ‘apenas’ US $ 120 bilhões por mês em julho e porque agosto veria o fim da emergência fiscal estímulo para os desempregados. Isso foi baseado na retirada de liquidez.

O tema consistente aqui é quando o Fed imprime novos dólares do nada (também conhecido como liquidez), corta as taxas de juros e enfraquece o dólar, metais preciosos e mineradores disparam. Combinar estímulos fiscais e monetários é como combustível de foguete. O oposto acontece quando eles restringem esse estímulo.

A questão é que talvez os bancos estejam cientes de uma correção pendente nas ações que forçará o Fed e o Tesouro a responder com estímulos com esteróides. Daí seu desejo de sair de suas posições vendidas mais cedo ou mais tarde. Os democratas já selaram um adicional de US $ 1,2 trilhão em estímulo e agora estão negociando um adicional de US $ 3,5 trilhão, que incluiria uma série de brindes aos americanos na forma de mais cheques pelo correio, UBI para famílias de baixa / baixa renda, grátis cuidados infantis e muito mais. Tudo isso vai direto para a circulação e não para as reservas bancárias do balanço do Fed. O Fed terá que comprar os novos títulos do Tesouro para financiar esses novos gastos. Tudo isso enfraquece o dólar também. Tudo soa familiar? Deveria. Já vimos este filme antes…

Os metais preciosos e mineradores ainda não estão no ponto, e o desespero dos bancos de derivativos para sair de suas posições vendidas sinaliza que a próxima alta massiva está chegando, mais cedo ou mais tarde.

No curto prazo, o ouro encenou um bom rali do mínimo de $ 1.675. Mas agora ele correu contra seu suporte de linha de tendência anterior, agora resistência em vermelho, em ~ $ 1.760 – 1.750, que também era a baixa anterior e o nível anterior de suporte, gerando resistência a $ 1.760 no caminho de volta para cima. $ 1.760 também é o ponto de retração de Fibonacci de 50% do declínio recente de $ 1.837 a $ 1.675.

Basta dizer que precisamos quebrar acima de $ 1.760. Para aumentar a probabilidade de que o fundo esteja dentro, precisamos tirar a alta anterior de $ 1.837. (fonte, por David Brady, Sprott Money News)

Cotações dos papéis de ouro em 13/08/201

Estágios iniciais de um pânico financeiro?

Podemos estar nos estágios iniciais de um pânico financeiro causado por uma escassez global de garantias em dólares de alta qualidade (principalmente na forma de letras do Tesouro) e uma contração resultante em grandes balanços de bancos (porque eles não têm boas garantias para poderem alavancar por dinheiro).

Esses pânicos podem se desdobrar lentamente e fora do campo de visão da grande mídia por um ano ou mais antes de aparecerem. O pânico Rússia-LTCM de setembro de 1998 começou na Tailândia em junho de 1997. O colapso do Lehman Brothers e da AIG em setembro de 2008 começou com inadimplências de hipotecas no final de 2006 e início de 2007.

Demorou um ano para que ambos os pânicos explodissem. A maioria dos investidores percebe que há pânico quando já é tarde demais para se proteger.

Se uma nova crise de liquidez está ocorrendo (e há sinais de que é esse o caso), então não devemos nos surpreender em vê-la se transformar em um pânico em grande escala e um possível colapso do mercado no final deste ano.

Se isso acontecer, as ações despencarão, as taxas despencarão, os preços dos títulos do Tesouro dispararão e o dólar inicialmente se recuperará com base em uma negociação com qualidade. A reação de dos metais neste cenário também é previsível.

Em uma crise, o ouro inicialmente cai à medida que mãos fracas vendem para levantar dinheiro para atender às chamadas de garantia em posições perdedoras. Então, as mãos fortes surgem e aumentam o preço como refúgio seguro final.

Nesse cenário, os metais e o dólar não se movem inversamente. Em vez disso, ambos sobem (os preços do ouro e da prata sobem mesmo quando o dólar fica mais forte em relação ao euro, ao iene e à libra esterlina) devido às condições de pânico e à fuga para a qualidade. (fonte)

O ouro vem se recuperando do ataque mais rápido que a prata

A explicação para o comportamento pode ser vista como uma ação do tipo estagflação. Isso significa que a prata está suscetível a uma desaceleração econômica. Isso pode estar acontecendo, mas acreditamos que o mercado está se ajustando às regras da Basiléia 3. O LBMA está programado para encerrar suas posições não físicas até o final do ano. E embora ambos os metais estejam sujeitos à decisão, é o ouro que é um ativo do banco central. A relação dos 2 metais na forma de propagação certamente começou a tender dessa maneira.

O ouro continua a se recuperar do crash repentino no início da semana. A alta de segunda-feira foi a $ 1.765, e o ouro está testando essa área até o momento. (fonte)

E sim, temos Basiléia 3

Se as arenas da COMEX e da LBMA superalavancadas foi a sombria “cena do crime” por décadas dos derivativos de metais, por que eles estão tendo outro golpe dramático no preço neste suposto “crash relâmpago” tão logo após os recentes esforços de Basel 3 para limpar a obscenidade da manipulação de preços na arena de derivativos?

Por que bilhões de contratos de metais estavam sendo despejados nos mercados noturnos sem licitantes para pegá-los em uma queda não vista desde a infame implosão do mercado “Covid” em março de 2020?

Ou declarado de outra forma: Que vendedores institucionais sensatos fariam um negócio tão concentrado de 24.000 contratos com apostas nucleares? Quais forças de mercado (um relatório de empregos?) Justificariam ou motivariam tal venda deliberada?

Como já noticiamos, o regulamento de Basel 3 para 2021 marcara uma nova (e necessária) era de cada vez menos negociação de derivativos entre os bancos comerciais.

Dado que o valor nominal de todos os derivativos negociados em 2020 era 7 vezes o valor do PIB global (!), Esse aperto de cinto nos derivativos já deveria ter ocorrido. Os os banqueiros passaram a expandir o risco (e o crédito) não por motivos comerciais, mas para lucros comerciais.

Felizmente, a crise do Lehman acabou lembrando ao mundo que derivativos criam risco, ao invés de protegerem dos riscos.

Além disso, Basileia 3 agora está exigindo que os bancos tenham mais “coisas boas” líquidas e seguras e menos “coisas ruins” alavancadas e inseguras (ou seja, muitos derivativos) em seus balanços.

Bem, vamos olhar mais de perto e você pode começar a ver o motivo para um flash crash.

Dado o fornecimento fixo de ouro, sua fatia de US$ 835 bilhões da torta de derivados de megatrilhões de dólares parece uma agulha em um palheiro.

Mas os banqueiros são pequenas raposas inteligentes protegendo seu próprio galinheiro, e criaram duas maneiras intencionalmente complexas de classificar (e, portanto, distorcer) o comércio de derivados de metais, que por sua vez é dividido por dois tipos de instrumentos de negociação complexos, ou seja, contratos de futuros e contratos forward.

Felizmente, não vou aprofundar muito nessas ervas daninhas, mas basta dizer que tal complexidade deliberada torna quase impossível para um cara ou garota comum na rua (ou um “jornalista financeiro” de 20 e poucos anos) desfazer o imbróglio e, portanto, desacreditar os jogos incompletos jogados na pista de precificação do ouro distorcida por derivativos.

O primeiro nível de complexidade intencional tem a ver com contratos futuros vs. contratos para a termo (forward). Os contratos de futuros são negociados em bolsas registradas, para as quais os investidores institucionais e praticamente qualquer outra pessoa têm acesso irrestrito.

Os contratos a termo, por outro lado, são negociados naquele pequeno mercado OTC sombrio, ao qual os investidores normais têm muito menos (se algum) acesso permitido.

Em vez disso, os únicos atletas permitidos naquela pista escorregadia para contratos a termo são os conhecidos como “diretores” de “instituições não regulamentadas”, o que basicamente significa apenas os grandes, ou seja, bancos comerciais, grandes escritórios familiares, mega empresas privadas, fundos soberanos e outros meninos do coro financeiro, como os bancos centrais.

Essas “raposas” sortudas e grandes têm permissão para negociar contratos a termo e fazer a maior parte de sua patinação no gelo dentro e entre outros membros da London Bullion Market Association (LBMA), que liquidam suas negociações em Londres ou Zurique.

De acordo com as raposas do BIS, havia cerca de US $ 530 bilhões em contratos a termo neste ringue exclusivo para membros, no ano passado.

Graças ao Basel 3, esses bancos / jogadores são obrigados a tratar seus contratos como “ouro (papel) não alocado” (ou seja, “coisas ruins ‘), que são registrados como passivos em seus balanços.

Isso significa que aqueles $ 530 bilhões em derivativos (contratos futuros) precisam: 1) ser lentamente removidos de seus livros ou 2) convertidos em “coisas boas”, ou seja, “ouro (físico) alocado”.

Mas aqui está o problema embaraçoso: há uma possibilidade muito real de que esses membros da LBMA não tenham realmente ativos de metais físicos suficientes (8.667 toneladas) para atender aos passivos de papel de seu balanço ($ 530 bilhões). Você já está vendo as possíveis motivações para um crash repentino?

Isso significa que os bancos ocidentais serão forçados a comprar mais ouro, já que a demanda por essa “relíquia bárbara” será maior, ao invés de menor, nos próximos anos.

Isso explicaria por que o banco chinês mais ativo no mercado de ouro de Londres, o ICBI Standard Bank, comprou recentemente o cofre de 2.000 toneladas do Barclay …

O que nos traz de volta à pergunta inicial: por que certas partes venderiam repentinamente $ 4 B (nominativos) de ouro em uma avalanche de esmagamento de lances para embaraçar (ou seja, enfraquecer) o preço do ouro em 100 dólares em apenas 2 dias de negociação?

Será que esses mesmos velhos manipuladores de ouro ocidentais queriam ver o preço desse ativo cair antes de começarem a comprar mais do mesmo? Afinal, não são essas as entidades que mais se beneficiam com esse crash?

Se isso soa manipulativo e superficial, bem, tal manipulação e superficial não é nenhuma novidade para esses bancos com a armadilha de Basel 3 …

Por que comprar na alta quando você pode fixar o preço mais baixo? (fonte)

Enquanto isso no Brasil, Banco Central quase dobra o volume de ouro nas reservas em 3 meses

Em movimento iniciado em maio, o Banco Central, comandado por Roberto Campos Neto, voltou a comprar ouro para estocar nas reservas internacionais do Brasil. Em julho, o BC adquiriu no mercado o equivalente a 8,5 toneladas do metal. Em três meses, as compras já somaram 62,3 toneladas e fizeram as reservas em ouro quase dobrar.

Os dados sobre as reservas mostram que o BC adquiriu 11,9 toneladas do metal em maio – ou 384 mil onças troy, considerando a medida utilizada internacionalmente. Em junho foram mais 41,8 toneladas (1,344 milhão de onças troy), um recorde para um único mês considerando a série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2000. Em julho, foram mais 8,5 toneladas (274 mil onças troy). Em comparação, as 62,3 toneladas compradas nos três meses pesam o mesmo que 16 elefantes asiáticos.

Ouro / reservas internacionais

Com as operações, o BC elevou em 92,4% o volume de ouro nas reservas, para 129,7 toneladas. Este ano, com a continuidade da crise, o BC decidiu ir às compras. (fonte)

O que as grandes raposas sabem que a maioria dos investidores ainda não pescaram?

Proteja suas economias em prata física legalizada, antes que ela fique cara demais!

Na PrataPura.com, fazemos o que fazemos porque acreditamos que riqueza de verdade é aquela que você tem em sua mão, fisicamente, e que não tem risco de evaporar por um clique num computador, ou pela falta de empatia dos governantes e donos do mundo. Prata física sempre foi, e sempre será, uma reserva de valor tangível em sua mão, imune à inflação e a choques econômicos ou sociais.

Queremos ajudar nossos clientes a protegerem sua riqueza, seu dinheiro duramente conquistado, neste mundo constantemente ameaçado pelo caos, e terem controle total sobre seu patrimônio.

Nosso propósito é facilitar a formação de reservas de riqueza seguras pelos nossos clientes em face das incertezas globais e a irresponsabilidade dos emissores de dinheiro de papel, intermediando a troca de metal precioso físico por valores fiduciários a medida das suas necessidades. Somos a empresa pioneira no Brasil em vender prata física para investimento de forma legalcom nota fiscal.

Ativos financeiros hipervalorizados e metais preciosos baratos, no meio da maior bolha de todos os tempos

Embora o Fed nos EUA continua a enganar muitos fazendo-os acreditar que está “IMPRIMINDO DINHEIRO”, na realidade, ele está forçando os americanos a pagar o serviço da dívida, o que eles não têm ideia do que estão fazendo. Por quê? Quando um americano deposita dinheiro em uma conta bancária, o banco compra títulos do Tesouro com esses fundos para fornecer uma pequena taxa de juros ao depositante. Em seguida, o banco pega esses títulos do tesouro, dos fundos do depositante, e faz um QE, e coloca os títulos do tesouro no balanço do Fed. Por esse arranjo aconchegante, o Fed fornece ao banco juros de 5 pontos-base por ano.

Portanto, ao fazer o QE, o Fed secretamente obriga os americanos a pagarem a dívida pública por meio deste ‘acordo’. Assim, muitos americanos que têm depósitos em um banco não percebem que seus fundos agora estão mantidos em um título no balanço do Fed.

Além disso, a noção de que o aumento na oferta monetária M2 veio da impressão de dinheiro do Fed também é falsa. Devemos lembrar, que mais de 50% da moeda física em circulação, notas de US Dollar, estão em mãos estrangeiras. Assim, grande parte da oferta monetária americana M2 que NÃO É NOTA FÍSICA também está no exterior. Uma grande porcentagem do aumento na oferta de dinheiro M2 veio de dólares estrangeiros emprestados. O Federal Reserve não contabiliza o M2 o suprimento monetário ao exterior. Então, quando se trata do mercado dos EUA, ele aparece nos dados suprimento monetário M2.

Enquanto a oferta monetária M2 aumentou em US $ 4,9 trilhões, o balanço do Fed subiu US $ 4 trilhões no mesmo período. O Fed está destruindo a velocidade do dinheiro e a economia dos EUA com sua política de QE. Mas esse é o custo de fazer negócios, mantendo as LUZES ACESAS POR MAIS TEMPO.

Fed Has No Option but to Continue Printing Money | Midas Gold Group

Com os Governos do Mundo adicionando uma quantidade enorme de DÍVIDA, enquanto os Bancos Centrais fazem QE para o infinito, milagrosamente, o valor dos ativos principais está subindo em direção à lua. Os valores globais totais eram de $ 469 trilhões no final de 2017.

Os valores imobiliários globais foram avaliados em $ 281 trilhões, seguido por dívida securitizada (títulos do Tesouro em $ 105 trilhões, ações – $ 83 trilhões) e todos os investimentos em ouro e prata em $ 3,1 trilhões. Então, quais são os valores desses ativos hoje?

De acordo com o SIFMA – Capital Markets Fact Book 2021, a dívida securitizada aumentou para US $ 124 trilhões e as ações globais agora valem US $ 106 trilhões. Não consegui encontrar um valor atualizado para os valores imobiliários, então apliquei um fator de crescimento de 15% nos últimos três anos para chegar a US $ 325 trilhões.

Enquanto o valor total do valor Imobiliário Global (estimado), da Dívida Securitizada e das Ações aumentou US $ 86 trilhões em apenas três anos, o investimento mundial total em ouro e prata aumentou apenas US $ 1,4 trilhão… é incrível como alguns zeros extras podem nos fazer sentir MAIS RICOS.

Infelizmente, para a maioria dos cidadãos do mundo, contando com o valor desses ativos para fornecer-lhes uma RICA APOSENTADORIA … a maioria dos bens imóveis, títulos e ações são IOUs (Utilidade de Propriedade do Investidor) de ENERGIA. Esses ativos só retêm seu valor, pois a FADA DO DENTE DE ENERGIA continua a colocar barris de petróleo debaixo de nossos travesseiros à noite. No entanto, quando a Produção Global de Petróleo finalmente atingir o ABISMO DE ENERGIA, os 99% desejarão da população ter investido parte de sua riqueza como os 1% o fizeram, em ouro e prata físicos.

Investidores espertos irão fazer a transição de alguns de seus ativos de Ações, Títulos e Imóveis para ouro e prata antes que a senhora da energia dê seus sinais. (fonte)

Enquanto isso alguns já se preparam

Investidores inteligentes de prata agora detêm mais Silver Eagles do que o total dos estoques no ETF iShares SLV ou no COMEX. Nos últimos 36 anos, desde 1986, os investidores têm comprado todas as Silver Eagle emitidas pela Casa da Moeda dos EUA. Com mais de meio bilhão de Silver Eagles agora detidos por investidores privados, menos de 1% da população possui “Dinheiro de prata real oficial”.

Está correto; com tão poucas moedas de prata oficiais detidas por investidores privados, o que acontecerá quando mais cidadão perceberem que os títulos do tesouro, ações e dinheiro de papel que possuem se tornarão cada vez mais inúteis no futuro? Quando os cidadãos tentarem acessar a prata física, simplesmente não haverá tanto para se distribuir.

De acordo com a atualização recente da Casa da Moeda dos EUA, eles venderam 3.104.000 Silver Eagles durante julho, elevando o total para um pouco mais de 19 milhões até agora no ano. As vendas de Silver Eagles ultrapassaram o total do ano passado de 13,7 milhões por uma ampla margem.

Vendas de Silver Eagles pela US Mint.

O valor total de Silver Eagles vendido ao preço à vista atual mais os prêmios são de US $ 19 bilhões contra US $ 46 bilhões para as Gold Eagles. Durante o período de 36 anos, a Casa da Moeda dos EUA vendeu aproximadamente 24 Silver Eagles para cada onça de Gold Eagle. Além disso, o total de Silver Eagles mantido em mãos privadas (584 milhões), é maior do que os estoques totais como o iShares SLV (555,4 milhões de onças), e o COMEX (352,7 milhões de onças).

Estoques de Silver Eagles em mãos privadas, no fundo iShare e na COMEX.

Os investidores que possuem moedas ou barras de prata serão muito recompensados no futuro, quando os bancos centrais do mundo não forem mais capazes de adicionar mais trilhões de papéis sem valor para sustentar os trilhões de derivativos de papel no mercado. (fonte)

Proteja suas economias em prata física legalizada, antes que ela fique cara demais!

Na PrataPura.com, fazemos o que fazemos porque acreditamos que riqueza de verdade é aquela que você tem em sua mão, fisicamente, e que não tem risco de evaporar por um clique num computador, ou pela falta de empatia dos governantes e donos do mundo. Prata física sempre foi, e sempre será, uma reserva de valor tangível em sua mão, imune à inflação e a choques econômicos ou sociais.

Queremos ajudar nossos clientes a protegerem sua riqueza, seu dinheiro duramente conquistado, neste mundo constantemente ameaçado pelo caos, e terem controle total sobre seu patrimônio.

Nosso propósito é facilitar a formação de reservas de riqueza seguras pelos nossos clientes em face das incertezas globais e a irresponsabilidade dos emissores de dinheiro de papel, intermediando a troca de metal precioso físico por valores fiduciários a medida das suas necessidades. Somos a empresa pioneira no Brasil em vender prata física para investimento de forma legalcom nota fiscal.

‘Reset’ significa “uma queda de proporções épicas”

O diretor de orçamento da Casa Branca da era Reagan e autor de best-sellers David Stockman diz: “Este não é o momento para investir nos mercados …”

“Um Reset é apenas um nome agradável ou um nome clínico para um crash de proporções épicas, que teremos porque os mercados estão muito inflados. Há trilhões de dólares em risco. Para dimensionar isso ou um caminho de dimensionar isso, é que temos uma bolha de $ 60 trilhões nos balanços de 130 milhões de pessoas na sociedade norteamericana por exemplo, mas especialmente nos 5% a 10% mais ricos que possuem uma grande parte dos ativos …

Não tenho ideia de quão grande será a correção, mas se ela simplesmente voltasse ao normal … seria uma correção de US $ 60 trilhões, e isso é um buraco muito grande no balde.

Se $ 60 trilhões desaparecerem (da economia dos EUA), tudo mudará. Vira o sistema financeiro e a realidade econômica de cabeça para baixo. ”

“Quando os bancos centrais começam a inflar como um loucos, primeiro você vai inflar os ativos financeiros. Eventualmente, o movimento abre seu caminho para bens e serviços, e é onde estamos agora.

Você também obtém o segundo estágio da inflação. Nunca houve um pequeno grupo de funcionários do governo, não eleitos, que tenham causado mais danos, danos desenfreados à economia e às vidas das pessoas comuns do que (o diretor do Fed) Powell e seu bando alegre de impressores de dinheiro malucos. Isso é realmente um ultraje.

Eu digo que essas pessoas são quase incompetentes do ponto de vista criminal, dado o que dizem sobre o mundo, o que é totalmente errado, dado o que estão fazendo, essa impressão maciça de dinheiro, que é totalmente injustificada. . . ”

“O único ativo que manteve seu valor ao longo do tempo é o ouro“, assim como a prata. Stockman recomenda que todos devam ter algum ouro como garantia contra a próxima “reinicialização”.

“Este é o último momento para ser ganancioso, agressivo ou excessivamente otimista sobre o futuro. O futuro está sendo conduzido pelos legisladores …

Todo o sistema está sendo administrado por Washington. O Federal Reserve domina totalmente os mercados financeiros … O Fed imprimiu US $ 6,5 bilhões por dia nos últimos 688 dias …

Eles imprimiram mais dinheiro nos últimos 688 dias do que o Fed fez no primeiro século de sua existência. ” (fonte)

O sistema financeiro chegou ao fim

O lendário analista financeiro e geopolítico Martin Armstrong acredita que chegamos ao fim da linha para o sistema financeiro, e é por isso que os globalistas estão em uma tomada de poder de proporções épicas.

Armstrong explica: “O sistema chegou ao fim. Eles sabem que não podem mais pedir emprestado indefinidamente. Então, o que é essa “Grande Redefinição / Reset”? É basicamente um movimento para redesenhar o sistema monetário mundial. Eles vão parar de tomar emprestado o que estão fazendo e vão apenas imprimir. Você também tem esse movimento para uma moeda digital. Depois de mudarem para uma moeda digital, eles podem impor taxas de juros negativas e simplesmente tirar dinheiro de sua conta à vontade. As pessoas não percebem o que isso realmente é. . . .

Eu acredito que o Bitcoin foi iniciado pelo governo para fazer toda essa bola rolar. Se eu te der uma nota de $ 100, eles não sabem de onde tirei a nota de $ 100. No entanto, se eu der isso a você em Bitcoin, eles não apenas saberão que eu dei a você, mas também saberão de onde eu o obtive. Ele pode ser completamente rastreado até o fim. Esse é o sonho de uma autoridade tributária. Você tem que entender que o que eles estão vendendo é realmente um regime totalitário ”.

Armstrong prossegue dizendo: “O slogan‘ Build Back Better ’foi discutido no Fórum Econômico Mundial em janeiro de 2019. Isso está sendo orquestrado e deliberadamente projetado. Por que os líderes mundiais aderiram a ele? Isso porque eles sabem que o sistema que temos atualmente está em colapso. . . .

O dólar resistiu, basta olhar para fora deste país. Na Europa, o mercado de títulos está destruído. Ele se foi completamente. Que instituição vai comprar um título da Europa com taxa de juros negativa? Os fundos de pensão precisam de 8% para atingir o equilíbrio. Você quebrou todos os fundos de pensão de lá. É um desastre completo.

Esta é a maior crise financeira da história da humanidade e as pessoas não entendem o que está acontecendo. . . . Veja a Europa. É o canário na mina de carvão para o próximo grande acidente. ” (Ou seja, a Europa vai quebrar primeiro e depois os EUA.)

Armstrong prevê uma divisão dos Estados Unidos e fala mais sobre o “ciclo do pânico” nas eleições de 2022. Armstrong aponta que não são apenas os EUA em um “ciclo de pânico” eleitoral, mas também um “ciclo de pânico” nas eleições globais. Vide as ameaças institucionais recentes no Brasil….

Armstrong também fala sobre ouro, prata e por que qualquer ativo físico é uma boa aposta para se ter na próxima reinicialização financeira. Em geral, Armstrong é mais um dos vários que vêem o “caos” chegando em 2022 e além. (fonte)

A prata é o melhor investimento para o futuro

A prata será o maior investimento do futuro. Portanto, não devemos nos preocupar com o movimento de curto prazo ou a fraqueza nas cotações da prata, porque é importante continuar a adquirir metal físico para os problemas financeiros de médio a longo prazo que surgem em nossa direção.

Muitos investidores em metais preciosos estão frustrados com a manipulação dos mercados pelo Fed e pelos bancos centrais. No entanto, se você não entende a terrível situação energética que enfrentamos, então, em toda a realidade, os bancos centrais podem continuar a manipular os mercados para sempre. Infelizmente, o próximo colapso de energia vai sair do controle dos bancos centrais e colocar os metais de volta nas FORÇAS DO MERCADO REAL.

É nessa época que é extremamente importante possuir metais preciosos físicos, especialmente a prata. (fonte)

Previsão do preço da prata para 2025: vários catalisadores positivos estão alinhados

Os redditors tentaram um pequeno aperto na prata no início deste ano, o que não foi muito eficaz. Atualmente, os preços da prata estão sendo negociados perto dos níveis de US $ 26 por onça, o que essencialmente denota um crescimento estável no acumulado do ano. Enquanto outras commodities estão se recuperando, os investidores querem saber a que altura os preços da prata podem subir e sua previsão de preço para 2025.

Após um aumento de quase 47% em 2020, os ganhos em prata permanecem suaves este ano. A perspectiva para os metais preciosos ficou fraca, já que o Fed pretende apertar as taxas de juros mais cedo do que o esperado. Os metais preciosos não fornecem nenhuma receita e ficam sob pressão quando as expectativas das taxas de juros aumentam.

Para prever o preço da prata daqui a quatro a cinco anos, precisamos ver seus impulsionadores de demanda. Quase metade de toda a prata vai para uso industrial e um terço é usado para joalheria. Normalmente, a demanda industrial permanece mais ou menos constante. No entanto, desta vez pode ser diferente devido à preferência do presidente Biden por políticas verdes e limpas, a demanda de prata para usos industriais pode aumentar.

A demanda de investimento ainda é o fator decisivo para a prata. No curto prazo, as expectativas de aumento das taxas podem atingir os preços da prata e do ouro. No entanto, o aumento da inflação deve incentivá-los. A longo prazo, a desvalorização da moeda atua como o catalisador mais potente que favorece os metais preciosos. Não será surpreendente se os preços da prata atingirem US $ 100 por onça em 2025 ou mais devido à maior inflação, diluição monetária e aumento da demanda industrial.

Para 2021, as estimativas dos analistas para os preços da prata variam amplamente. Enquanto o Citi espera que a média seja de US $ 40 em 2021, J.P. Morgan não vê os preços da prata ganhando muito espaço e espera que a média seja de US $ 26,5, que está perto de seu preço atual. A média das previsões dos analistas chega a US $ 32 para 2021, de acordo com Goldsilver.com. No longo prazo, os preços da prata podem eventualmente atingir e até mesmo ultrapassar sua alta anterior de US $ 48 por onça alcançada em 2011. Em uma base ajustada pela inflação, o pico nos preços da prata seria muito mais alto à medida que a demanda por seu uso industrial aumentasse devido a Plano de energia verde de Biden.

A prata tem a reputação de ser um dos metais preciosos mais voláteis. Portanto, geralmente não é visto como um bom investimento de longo prazo. No entanto, as coisas estão mudando. À medida que os mercados se expandem para a prata, devido à crescente adoção de fontes de energia renováveis e ao crescimento nos mercados finais, como veículos elétricos, sua demanda deve aumentar.

Como um investimento de longo prazo, a prata e outros metais preciosos devem aumentar devido aos temores da desvalorização da moeda. Embora o mercado de criptomoedas esteja emergindo como um forte concorrente de metais preciosos para proteger as carteiras dos investidores contra a desvalorização da moeda, algumas pessoas sempre preferirão a estabilidade relativa dos metais preciosos à volatilidade dos criptomoedas.

Proteja suas economias em prata física legalizada, antes que ela fique cara demais!

Na PrataPura.com, fazemos o que fazemos porque acreditamos que riqueza de verdade é aquela que você tem em sua mão, fisicamente, e que não tem risco de evaporar por um clique num computador, ou pela falta de empatia dos governantes e donos do mundo. Prata física sempre foi, e sempre será, uma reserva de valor tangível em sua mão, imune à inflação e a choques econômicos ou sociais.

Queremos ajudar nossos clientes a protegerem sua riqueza, seu dinheiro duramente conquistado, neste mundo constantemente ameaçado pelo caos.

Nosso propósito é facilitar a formação de reservas de riqueza seguras pelos nossos clientes em face das incertezas globais e a irresponsabilidade dos emissores de dinheiro de papel, intermediando a troca de metal precioso físico por valores fiduciários a medida das suas necessidades. Somos a empresa pioneira no Brasil em vender prata física para investimento de forma legalcom nota fiscal.