Os bancos centrais estão se desfazendo de seus US$, e a manipulação das cotações da prata não vai suportar por muito mais tempo

A GLD-ETF é a maior empresa de negociação de fundos em bolsa que investe diretamente em ouro físico, e em prata física ou em derivativos (papéis sem lastro). O ouro é negociado através de barras físicas armazenadas em cofres em Londres, Inglaterra.

Os estoques de ouro no GLD ETF diminuíram em menos de três meses. Desde 20 de outubro de 2016, o GLD tem derramado 17% de suas supostas barras ouro. Não importa se todo o ouro está realmente lá. Provavelmente não, mas isso não é a coisa importante a se concentrar agora. Além disso, embora o preço do ouro tenha subido um mínimo, de US $ 1.130 em 23 de dezembro, para US $ 1.200 recentemente, os inventários da GLD continuaram a declinar mais 628.000 oz.

Independentemente disso, a queda do preço do ouro e os estoques de ouro em queda no GLD ETF sugerem que o investidor convencional está trocando seus papéis sem lastro para metal físico e apostando em mercados mais amplos.

E infelizmente, o sistema econômico e financeiro está decaindo muito mais rápido do que o público em geral percebe.

Este primeiro gráfico mostra o aumento da Dívida dos Estados Unidos desde 1980 versus o aumento do Índice Dow Jones (o principal índice da bolsa de valores dos EUA):

180117a

A dívida dos EUA aumentou de US $ 863 bilhões no primeiro trimestre de 1980 para US $ 19,96 trilhões hoje. O índice Dow Jones subiu de 865 pontos no primeiro trimestre de 1980 para 19.830 hoje. Tanto a dívida dos Estados Unidos quanto o Índice Dow Jones subiram 23 vezes neste período.

Claro, isso é apenas uma mera coincidência ….

Além disso, o índice S&P500 subiu 21 vezes desde 1980 e o mercado de aposentadoria dos EUA foi inflado por um escalonamento de 24 vezes no mesmo período.

Mais uma vez…. nada para ver aqui, apenas mais coincidências.

Então, o que não está indo tão bem como esses maravilhosos índices de ações de mercado? Você acertou, OURO & PRATA.

O Presidente do FED Paul Volcker e os “Doutores Financeiros” do CME Group iniciaram o Golpe de Prata e Ouro em 1979-1980, o que permitiu que o GRANDE ESQUEMA FINANCEIRO DE PONZI continuasse por mais 36 anos.

Para que os “Doutores Financeiros” fossem capazes de controlar o ouro e a prata, tinham que se certificar de que o público não se interessasse muito por essas “relíquias bárbaras”. Assim, os EUA e o governo britânico iniciaram os Mercados de Futuros de Ouro & Prata. Seu plano era assegurar-se de que os investidores preguiçosos não colocassem suas economias em ouro ou prata física, mas sim no mercado futuro de papel.

Isto foi divulgado pelo Wikileaks e publicado pelo TFMetalsReport.com em 4 de janeiro. Aqui estão duas das seções mais importantes da mensagem oficial de 1974 que foi revelada:

O mercado de futuros de ouro dos Estados Unidos foi criado em dezembro de 1974 como resultado de um conluio entre o governo dos EUA e os negociantes de ouro em Londres para facilitar a volatilidade dos preços do ouro e, assim, desencorajar a posse de ouro por cidadãos norte-americanos. De acordo com uma mensagem do Departamento de Estado dos EUA, obtido pelo Wikileaks“.

O principal impacto na propriedade privada norte-americana, de acordo com as expectativas dos revendedores, será a formação de um mercado de futuros de ouro considerável. Cada um dos concessionários expressou a crença de que o mercado de futuros seria de proporção significativa e a negociação física seria minúscula em comparação. Também foi expressa a expectativa de que a negociação de futuros de grande volume criaria um mercado altamente volátil. Por sua vez, os movimentos voláteis dos preços diminuiriam a demanda inicial pelo metal físico e negariam muito provavelmente a acumulação física a longo prazo por cidadãos dos E.U.A.

E aqui no Brasil, um país praticamente colonizado pela propaganda norte-americana, não foi diferente.

E sim, este conluio tem funcionado muito bem. Tente falar com um membro da sua família, amigos ou associados para investir em ouro ou prata física. Depois de várias tentativas, você vai perceber que a lavagem cerebral tem sido um sucesso quase completo.

Entretanto, aqueles, como você, que buscam entender melhor o investimento em prata física, são mais espertos que a grande massa de incautos. Comprar e guardar ouro e prata físicos é provavelmente a melhor proteção quando a euforia dos papéis sem lastro finalmente atingir o esgoto.

Enquanto alguns podem vender algumas de suas participações de metais preciosos para o comércio como os profissionais (ou assim eles tentam), é extremamente sábio segurar a maior parte do seu ouro físico e prata quando o FED e os bancos centrais já não forem capazes de sugar mais sangue do paciente.

E veja por que a capacidade dos bancos de manipular as cotações está se esgotando

TFMetalsReport.com entrevistou recentemente Paul Myclhresst sobre o enorme problema que o governo chinês está lidando e liquidando dólares para sustentar seu sistema bancário e econômico.

Assim, a contínua liquidação de reservas em Dólar dos EUA pela China e outros países é provavelmente a razão para o declínio em curso nas Reservas Internacionais:

180117b

O mercado de prata global experimentará uma mudança de tendência enorme no futuro, impactando assim o preço de uma maneira GRANDE. São duas razões críticas pelas quais isso ocorrerá:

  1. Rachaduras no altamente alavancado sistema monetário baseado em dívida sem lastro vão forçar os investidores a comprar prata para proteger sua riqueza.
  2. Os 17 anos consecutivos de déficits anuais de prata física, totalizando 1,8 bilhões de onças, sugerem que a facilidade de adquirir prata hoje está com os dias contados. O que significa que, quando os investidores finalmente começarem a correr para a prata física, haverá muito pouco disponível para ser comprado, e a preços muito mais elevados.

Vamos ainda dar uma olhada nos saldos líquidos anuais do Mercado Global de Prata de 1975 a 2016:

180117c

A maioria dos superávits líquidos anuais ocorreu entre 1975-1987. Isso ocorreu assim que os Estados Unidos e o governo britânico concordaram em iniciar os mercados de futuros de ouro e prata, que canalizavam os fundos dos investidores para papéis em vez de metais físicos.

Você vai notar que em 1978 o excedente líquido de prata era muito baixo. Isto foi devido à enorme demanda por investidores com o preço da prata disparando. No entanto, como o preço da prata foi limitado pelos “Doutores Financeiros” no Fed e CME Group em 1980, muitos investidores despejaram prata física de volta para o mercado.

Mas, tudo isso mudou em 2000, quando o Mercado Global de Prata começou a experimentar déficits líquidos.

Enquanto muitos investidores de metais preciosos acreditam que a intervenção e a manipulação do mercado podem continuar indefinidamente, já estamos testemunhando o colapso das Reservas Internacionais.

Isso não é sensacionalismo. Um enorme castelo de cartas está pronto para implodir … é apenas uma questão de tempo. Claro, se os EUA não tivessem saído do sistema de lastro de sua moeda em ouro e ‘convencerem’ os demais países a terem o US$ como moeda de reserva internacional com o acordo de Bretton Woods, já teriam entrado em colapso há muito tempo. E se os EUA entrarem em colapso, todo o mundo vai junto para o buraco. E sua capacidade de imprimir indefinidamente dinheiro em papel que seja desejado pelos outros países está se esgotando rapidamente. Este panorama, aliado ao colapso do sistema financeiro sem lastro baseado em dívida, será assustador para quem não estiver preparado.

Apenas uma duplicação da demanda de ouro e prata física vai colocar uma pressão muito maior sobre o preço de prata do que o ouro, com os grandes comerciantes e fundos de hedge saltando a bordo de ganhos percentuais maiores. Além da relação das cotações da prata estarem historicamente mais achatadas em relação ao ouro e do futuro esgotamento da oferta de prata, há até uma maior quantidade em peso investida em prata do que em ouro no mundo:

180117d

 

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fontes: 1, 2.

 

Será que vamos ver uma relação de preço de ouro/prata a 10/1?

O sistema econômico e financeiro mundial está em sérios problemas. Com o próximo colapso da produção de petróleo dos EUA e global, isso vai destruir o valor da maioria dos ativos de papel e imóveis.

Assim, com 99% dos investidores tentando movendo-se para o ouro e a prata física para proteger a sua riqueza, você vai descobrir como muito pouco metal estará disponível. Isso poderia fazer com que a relação de preço ouro/prata baixasse mais para perto de 10/1 … ou mesmo menos. Hoje esta relação está em 70/1. Desde 1946 a 1984 esta relação esteve sempre abaixo de 50/1, chegando a menos de 20/1 em 1968 e 1979. Isso significa que a prata está muito subvalorizada em relação ao ouro.

170117

A ascensão da China, a energia e o xisto petrolífero desmoronando, os níveis de dívida mundial crescendo exponencialmente, e muito mais. Esses são alguns dos principais fatores nessa equação:

  • A diminuição do retorno do investimento em energia: algo que os analistas não falam.
  • Há US$ 13,5 trilhões em títulos a taxas de juros negativas!
  • Previsões do barril de petróleo a US$ 20 em 2020.
  • A produção global de prata caindo 75% em 2025.
  • Colapso das dívidas, minas de metal de base fechando, escalada na relação ouro/prata.
  • Há 2,2 bilhões de onças de investimento em ouro, e 2,5 bilhões de onças em prata.

É por essas e outras razões que temos convicção de que o investimento em prata física é muito mais interessante do que em ouro.

Proteja suas economias antes que a prata fique cara demais!

Fonte.

E o deficit de prata física persiste em 2016 apesar dos fundamentos mais suaves

O mercado de prata deverá apresentar um déficit físico anual de 52,2 milhões de onças em 2016, marcando o quarto ano consecutivo em que o mercado tem percebido um deficit de produção, de acordo com o Silver Institute Interim Silver Market Review, feito pela Thomson Reuters.

Resultado de imagem para Physical Silver Deficit

Embora tais deficits não influenciem necessariamente os preços no curto prazo, vários anos de deficits anuais podem produzir pressões ascendentes sobre os preços em períodos subsequentes. Em 2016, uma estimativa líquida de 71,4 milhões de onças fluíram para o mercado e 61,9 milhões de onças dos inventários de câmbio de derivativos construídos no acumulado do ano (final de outubro) aumentaram o efeito do déficit físico, trazendo
o saldo para -185,5 milhões de onças, equivalente a aproximadamente nove semanas de demanda global.

Outros destaques do relatório:

  • Os preços anuais da prata até 11 de novembro de 2016 foram, em média, US $ 17,23 / oz, 9,9% maior do que no mesmo período em 2015. A equipe da Thomson Reuters prevê as cotações em média de US $ 17,15 / oz para o ano civil completo, um aumento de 9,4% em relação à média de 2015.
  • A oferta total de prata deverá cair 3% para 1.012,4 milhões de onças em 2016. O declínio deverá ser impulsionado por uma queda de 1% nas minas, queda de 0,3% na oferta de sucata e hedging líquido de 20,0 milhões de onças. A produção das minas deverá atingir 887,4 milhões de onças em 2016, quase 6 milhões de onças inferiores a 2015.
  • A demanda de prata da indústria fotovoltaica deverá aumentar em 11% para um recorde de 83,3 milhões de onças em 2016. Painéis solares representam 14% da demanda industrial total este ano, estável em relação a 2015, mas significativamente acima de apenas 1% há uma década. A demanda por prata pelos produtores de óxido de etileno deverá permanecer estável em 2016 em 10,2 milhões de onças, após a duplicação da demanda no ano passado.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

Por que a manipulação do preço de prata terminará

A única coisa que os investidores de prata querem saber, é quando a manipulação da cotação da prata finalmente terminará. E quem poderão culpar então.

Mesmo que o Deutsche Bank finalmente tenha pulado fora e forneceu provas de que eles vêm manipulando o mercado de prata, isso não fez muito para mudar a tendência de preços.

Mesmo que a desaceleração atual no preço da prata de papel possa ser bastante frustrante para muitos investidores, o VALOR REAL DA PRATA é totalmente mal entendido pelo mercado.

Para entender como o preço da prata está sendo manipulado, temos que primeiro entender o mecanismo de preços da prata.

Infelizmente, a maioria do mercado ainda acredita que “Oferta & Demanda” são os principais impulsionadores de preço. Eles não são. Já discutimos isso antes aqui.

Quando as empresas de mineração calculam seu “custo de caixa” ou seu “custo total de manutenção”, elas deduzem seus créditos de subprodutos. Basicamente, eles estão diminuindo artificialmente seu custo real para produzir prata, deduzindo esses créditos de subprodutos.

E assim como para o alumínio, o preço da prata também é fortemente baseado no custo da energia.

Entendendo por que a manipulação do preço de prata vai acabar

Há duas maneiras de valorar a prata. Uma é baseada em seu “mecanismo de preço de commodity” e a outra é devido à sua característica de”reserva de valor de alta qualidade.”

Assim, o Fed e os bancos centrais, usando seus bancos membros para fins de negociação, certificam-se que o preço da prata não caia muito baixo abaixo do seu custo de produção. É por isso que é impossível para esses bancos membros empurrar o preço para eles gostariam, reivindicado por alguns na comunidade de metais preciosos. Há um método para o mercado de prata nessa loucura de manipulação.

Se o preço da prata for empurrado muito abaixo do seu custo de produção, os comerciantes iriam entrar pelo cano, aproveitando uma situação de preço de mercado baixo que não duraria.

Dito isto, a prata também é valorizada de outra forma … como uma reserva  de valor de alta qualidade. Muito poucos recursos contêm essa capacidade. O ouro é outro. Enquanto prata é consumida e usada na indústria, é também o número um em investimentos em metal precioso no mundo:

100117

A razão pela qual a prata é valorizada de forma diferente do que apenas uma mera mercadoria, é que ela contém armazenada ENERGIA ECONÔMICA. Alguém tem de fornecer trabalho, bens ou serviços para igualar o valor da moeda ou barrra de prata.

Infelizmente, o valor altamente inflacionado de ações, títulos e imóveis são baseados na queima de petróleo, agora e no futuro. Aqueles que possuem ouro físico e prata, não têm esse problema. Por quê? Porque as moedas de ouro e prata já têm o valor da energia armazenada bloqueado neles, enquanto ações, títulos e imóveis são dependentes do consumo de energia.

DIFERENÇA GRANDE, que a maioria nos mercados não consegue entender.

Enquanto o Fed e os bancos centrais podem controlar o preço da prata (ou ouro) com base no seu custo de produção, eles não serão capazes de fazê-lo quando o maior esquema de Ponzi financeiro e econômico finalmente implodir.

Assim, o valor do ouro e da prata vai subir a níveis muito elevados, uma vez que são avaliados como RESERVA DE RIQUEZA, ao invés de MERAS COMMODITIES.

E isso será realmente muito mais explosivo devido ao fato de que há muito pouco de ouro e prata física no mundo.

Proteja suas economias antes que a prata física fique cara demais!

 

Fonte.

 

 

Mais um capítulo da guerra contra o dinheiro em espécie

040117

Tem sido uma prática comum para muitas pessoas manter dinheiro guardado em caixas ou sob colchões em suas casas, mas agora, mesmo algo tão lógico e importante como manter um esconderijo de dinheiro para um dia chuvoso pode torná-lo um criminoso suspeito.

Ethel Hülst, uma sueca de 91 anos de idade, infelizmente chegou a experimentar a crueldade do banco central do seu país em primeira mão, que pode ter contribuído para a sua morte.

Ao longo dos anos, Ethel tinha acumulado um ninho modesto e honesto de cerca de 108.450 coroas suecas, que equivale a aproximadamente US $ 12.000 em dinheiro.

Para sua surpresa, quando ela pediu para trocar suas notas desatualizadas, ela teve negada a nova edição de notas. A justificativa do banco para negar à mulher o serviço era que ela não poderia apresentar os recibos adequados para provar que o dinheiro era legítimo.

Ela foi ainda pressionada com perguntas duras, como se ela já esteve envolvida na lavagem de dinheiro ou alguma vez teve envolvimento no crime organizado.

Ela foi essencialmente assumida como culpada até ser provada inocente.

Ethel não tinha como provar que o dinheiro era legítimo. Ela economizou um pouco ao longo de décadas. E, claro, há 50 anos, a idéia de fornecer um recibo de dinheiro teria sido visto como ridículo.

Ethel perdeu o caso pela primeira vez quando o banco decidiu contra ela. Então ela perdeu o apelo na justiça. A idéia de que um banco central poderia solicitar uma prova de dinheiro foi confirmada e o estresse supostamente ajudou a incentivar sua morte.

A Suécia é um dos muitos países no meio de uma grande guerra contra o dinheiro e as vítimas são aqueles que por uma variedade de razões querem economizar fora do opressivo sistema de poupança atual.

À Ethel Hülst foi dito que teria que provar a origem de suas economias. O banco estava no meio de um processo de troca de cédulas e ordinariamente poderia ter trocado suas notas novas pelas antigas. Mas não nos dias de hoje. Não mais.

Se você é uma pessoa honesta com dinheiro, você pode ter que provar de onde você conseguiu. Você pode ter que provar que seu dinheiro não era parte de um esquema maior de lavagem de dinheiro composto de ganhos obtidos ilegalmente.

Como Ethel tinha de provar que o montante era legalmente adquirido, infelizmente o ônus da prova era todo seu. Os bancos são inteiramente injustos. E estão certamente deixando claro que o dinheiro de um banco está se tornando cada vez menos confiável e que outras formas de dinheiro, como ouro e prata, são muito mais seguros.

Esses tipos de coisas acontecem o tempo todo. Um outro exemplo é o de Lyndon McLellan, dono de uma loja de conveniência, posto de gasolina e pequeno restaurante sob um teto na zona rural da Carolina do Norte, EUA, que conseguiu economizar US $ 107 mil em dinheiro antes que a Receita Federal os considerasse “receitas ilegais” e o roubou. Eles alegaram que era suspeito porque ele o depositou em incrementos de pouco menos de US $ 10.000 para evitar arquivamento de papelada.

A guerra ao dinheiro de papel está em pleno andamento. As pessoas na Índia e na Venezuela já acordaram para descobrir que a maior parte de seu dinheiro estava fora da lei. Estes são prováveis casos de testes que em breve acontecerão em outros países. Recentemente, a Grécia é mais um exemplo de país que acaba de avançar em seus ataques ao dinheiro.

Como dissemos anteriormente, comprar prata de forma legal, e guardar as notas fiscais como prova da compra, é essencial para preservar suas reservas fora deste sistema bancário maluco e sem lastro.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

 

Sobre o confisco de ouro na Índia

Resultado de imagem para india gold manAinda não foi notícia na grande mídia aqui no Brasil, mas talvez alguns mais antenados já tenham tido ciência. Recentemente, logo após banir de circulação as maiores notas de papel moeda emitidas pelo seu banco central, o governo da Índia proibiu também a posse de quantidades significativas de ouro.

As notas proibidas foram as de 500 e 1.000 rúpias, o que corresponde a algo como 7,30 e 14,60 US$. São as maiores notas que circulavam por lá. Isso se deveu ao fato de que a Índia é um dos países com menor acesso ao sistema bancário (contas corrente) no mundo. A enorme maioria das pessoas não confia nos bancos, e guarda seu dinheiro em baixo do colchão. E tem uma grande tradição em guardar suas reservas em ouro, sejam jóias ou barras e moedas.

O problema disso é que a economia deles é muito informal, então a maior parte desse dinheiro não é declarada para fins de retenção de imposto… e o governo resolveu acabar com essa farra… A proibição das notas de 500 e 1.000 rúpias tirou 85% das cédulas de circulação. Do dia para a noite, milhões de pessoas viram suas economias virarem pó. Naturalmente, houve muito caos e protestos. O objetivo declarado é acabar com a sonegação, e forçar as pessoas a usarem o sistema bancário convencional.

Quanto ao ouro, o governo permitiu a posse de  apenas 500 g para uma mulher casada, 250 g para uma mulher solteira, e 100 g para um homem, sem comprovação de origem. Assim, mesmo não havendo declaração da fonte de renda para a aquisição desse ouro, esse limite foi considerado tolerável, a título de poder ter sido recebido como presente. O que exceder esse montante, pode ser sumariamente confiscado pelos agentes do governo, por provavelmente tratar-se de sonegação de impostos.

Recentemente tivemos ilustrações de como essa sonegação e lavagem de dinheiro com jóias se opera, com um certo ex-governador de um certo estado do sudeste do país, atolado em crise e denúncias de corrupção.

Enfim, essa ideia de controle de capitais já foi aventada pela Venezuela há poucos dias, cuja situação dispensa mais comentários, e agora também pela União Européia, com o objetivo de combater o terrorismo.

Mas qual é o ponto em que quero chegar? Bom, você também pode estar receoso de que o confisco de metais preciosos também pode acontecer no Brasil, como ocorreu nos EUA nos anos 30, para socorrer o Tesouro Norte-Americano em apuros com sua gastança desenfreada, pois US Dollar ainda era lastreado em ouro até então. Mesmo nos EUA, onde é muito comum as famílias preservarem suas economias em prata e ouro tangíveis, não raros analistas (1, 2, 3) acreditam ser praticamente impossível que isso ocorra novamente. Isso se deve ao fato de que a vinculação do valor do US$ em relação ao ouro foi abolida por Nixon em 1973, e desde então os EUA podem imprimir papel moeda a vontade, sem gerar inflação, pois o resto do mundo concordou em usar as verdinhas como moeda de troca no comércio internacional, especialmente no comércio do petróleo, o famoso ‘petrodolar’. Bom, quando os países resolverem que não precisam do US Dollar para fazer comércio entre si, e podem trocar suas mercadorias e petróleo diretamente com suas próprias moedas, a farra norteamericana vai acabar, e esse movimento já está acontecendo.

Mas voltando ao assunto, no Brasil vivemos num Estado Democrático de Direito. Na Europa, a preocupação é com o dinheiro ilegal que pode financiar o terrorismo de fato. Investigações tem apontado que até cartões de crédito pré-pagos tem sido usados para financiar o terrorismo. Nestes casos, as autoridades estão planejando a exigência de o comprador apresentar um documento de identidade para utilizar esse tipo de cartão em compras acima de 150 Euros.

Dessa forma,  se você faz sua declaração de renda de maneira correta, tem uma ocupação lícita e busca preservar parte de suas economias em ativos tangíveis como barras e moedas de prata, não tem nada com o que se preocupar, apenas declare essas reservas em seu imposto de renda, e guarde as notas fiscais!

Temos a convicção de que a aquisição de prata física no momento atual é uma excelente estratégia para valorizar suas economias ao longo prazo, como várias vezes já comentamos aqui, e é essencial que você faça suas aquisições de forma legalizada, com nota fiscal. Assim você tem um comprovante de sua compra e de suas reservas, e não fica sujeito à desconfianças de auditores fiscais, e mesmo em questões de lavagem de dinheiro de origem escusa.

Nós, de Pratapura.com, nos esforçamos para lhe oferecer a oportunidade de preservar suas economias em ativos sólidos, com alto potencial de valorização, e de forma totalmente legalizada.

Conte com a gente sempre que precisar!

 

 

Seiscentos milhões de onças de prata serão consumidos na produção de fotovoltaicos e óxido de etileno até 2020

Dois dos usos industriais diários para a prata estão em células fotovoltaicas (os principais constituintes dos painéis solares) e como  catalisador para a produção de óxido de etileno (um precursor importante na produção de plásticos e produtos químicos). Estes dois usos da prata juntos representarão 120 Moz por ano de consumo em média de 2016 a 2020, um aumento de 32% em relação aos níveis de 2015, de acordo com um relatório recente emitido pelo Silver Institute.

Resultado de imagem para células fotovoltaicas (os principais constituintes dos painéis solares)

Há muitas razões para ser positivo sobre a demanda por prata em células fotovoltaicas (PV). O número de instalações de painéis solares deverá aumentar continuamente nos próximos anos como resultado de uma combinação de legislação sobre emissões de carbono, políticas governamentais e uma diminuição no custo por gigawatt de eletricidade gerada usando PV. Isto trará substancialmente o aumento do consumo de prata apesar de declínios lentos e constantes na quantidade de prata usada por painel solar individual. O relatório projeta que 2018 será um ano chocante para a demanda de prata em PV, devido à construção de um número recorde de arrays solares. O uso de Prata em PVs em 2018 deverá ser cerca de 75% maior do que em 2015.

O óxido de etileno (EO) é uma matéria-prima vital para um grande número de produtos plásticos e químicos, sendo o mais importante o etilenoglicol, utilizado na produção de refrigerantes anticongelantes e tereftalato de polietileno (PET), uma resina da família de poliéster utilizada em fibras para vestuário, bem como garrafas de plástico e recipientes para alimentos. As necessidades por EO também devem aumentar assim como o mercado de anticongelantes continua a crescer: o seu uso em automóveis é esperado que aumente até 2020, com a China liderando o caminho, e a Europa e América do Norte projetados para manter suas altas taxas de uso de veículos.

A atração combinada de embalagens de PET e o uso automotivo impulsionarão o crescimento subjacente no consumo de EO, com uma demanda projetada de 30 Moz de prata direcionadas para EO até 2020.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.