Por que os metais preciosos são as melhores reservas de valor

Com a grande liquidação de metais preciosos na sexta-feira, quando o Bitcoin atingiu um novo recorde, muitos indivíduos estão questionando suas decisões de investimento. Parece que muitos investidores em metais preciosos estão considerando vender seu ouro e prata para entrar em Bitcoin e ações de tecnologia. Embora os indivíduos sejam livres para tomar suas próprias decisões de investimento, é importante lançar alguma luz sobre o frenesi do mercado atual. Ações como da Tesla e Bitcoin estão formando bolhas clássicas, embora pessoas muito espertas digam o contrário. Todas as bolhas compartilham o mesmo tipo de formação de gráfico, e terminam na mesma forma.

Understanding Economic Bubbles

Existem inúmeros artigos que já deram todas as explicações do porquê o investimento em metais preciosos é um porto seguro para seu dinheiro, como apontamos também aqui. E com os EUA a beira de um colapso, junto com o US$, as demais moedas fiduciárias fracas, como o Real, podem continuar despencando de valor numa velocidade ainda maior. E na indica que os fundamentos econômicos de nosso país, e do mundo, vão melhorar no horizonte visível.

A U.S. Mint vende 2,7 milhões de Silver Eagles na primeira semana de 2021

Com o Fed e os bancos centrais bombeando os mercados com uma quantidade recorde de impressão de dinheiro, liquidez e estímulo, a demanda dos investidores por metais preciosos continua muito forte. Na primeira semana de 2021, a Casa da Moeda dos EUA vendeu 2,7 milhões de Silver Eagles, contra 45.000 onças de Gold Eagles.

Embora as vendas de Silver Eagle aumentem no primeiro mês de cada ano, pois as compras autorizadas estão estocando a nova moeda oficial datada, 2,7 milhões de oz na primeira semana é um começo sólido. Com mais três semanas no mês, as vendas de Silver Eagles podem chegar a 4 – 5 milhões de oz.

As vendas de Silver Eagles em 2020 ultrapassaram 30 milhões de oz, enquanto de Gold Eagles totalizou 844.000 onças. Surpreendentemente, a Casa da Moeda dos EUA vendeu mais de meio bilhão de Silver Eagles e 24 milhões de Gold Eagles, o que resultou ser uma proporção de 23/1 de Silver para Gold Eagle no período 1986-2020. No entanto, a proporção no ano passado foi de 36/1. Assim, a Casa da Moeda dos EUA vendeu 36 vezes mais Silver Eagles do que Gold Eagles em 2020.

As vendas de Silver Eagles em 2020 foram o dobro de 2019. E, se a demanda continuar forte este ano, podemos ver as vendas do Silver Eagle chegarem a quantidades nunca vistas … isto é, se a Casa da Moeda dos EUA puder acompanhar a demanda. (fonte)

A incrível quantidade de investimento em ouro e prata desde a crise financeira de 2009

Desde a crise financeira de 2009, os investidores compraram uma quantidade enorme de ouro e prata. No entanto, 2020 pode ter definido o terreno para um grande aumento no investimento em metais preciosos físicos no futuro. Embora uma porcentagem significativa do investimento em ouro e prata este ano tenha sido em fundos, também houve um aumento nas compras de lingotes no varejo.

Antes da crise financeira de 2008-2009, o investimento físico em metais preciosos não estava no radar. Por exemplo, em 2007, o investimento físico global total em prata foi de 62 milhões de onças contra 13 milhões de onças para ouro. Mas, tudo isso mudou quando o Federal Reserve e os bancos centrais começaram a maciça impressão de dinheiro em 2008.

Em 2011, conforme os preços dos metais preciosos dispararam para novos picos, a demanda por barras físicas e moedas de ouro subiu para 48 milhões de onças, enquanto o investimento total em barras de prata atingiu um recorde de 208 milhões de onças. Embora a demanda anual por ouro físico e barras de prata tenha flutuado, podemos ver que OS INVESTIDORES ESTÃO ACORDANDO. (fonte)

O consumo de prata no setor automotivo global atingirá 90 milhões de onças até 2025

Hoje, as montadoras confiam cada vez mais na prata para permitir os muitos avanços tecnológicos incorporados aos veículos modernos. Isso resultou em outro poderoso centro de demanda, com projeções de quase 90 milhões de onças (Moz) de prata absorvidas anualmente na indústria automotiva até 2025.

Como parte de sua série de Relatórios de Tendências de Mercado, o Silver Institute lançou “O papel crescente da prata na indústria automotiva“. O relatório afirma que cada estágio da transição de motores de combustão interna para veículos híbridos para veículos elétricos a bateria e, eventualmente, direção autônoma será um resultado líquido positivo para a demanda de prata.

Silver-Zinc Microbatteries: A Giant Step Forward for Smaller Applications |  Electronic Design

A Carolina do Sul nos EUA reduzirão os impostos sobre ouro e prata e apoiarão o dinheiro sólido

Três projetos de lei na Carolina do Sul, nos EUA, reduzirão os impostos sobre metais preciosos e tomarão medidas importantes para tratar o ouro e a prata como dinheiro, em vez de commodities. A aprovação dessas leis também preparará o cenário para minar o monopólio monetário do Federal Reserve.

A Carolina do Sul pode se tornar o quarto estado a reconhecer ouro e prata como moeda legal. Utah liderou o caminho, restabelecendo o dinheiro constitucional em 2011. Wyoming e Oklahoma desde então aderiram. Isso faz parte de um movimento mais amplo em nível estadual para apoiar o dinheiro sólido.

Em termos práticos, isso permitirá aos residentes da Carolina do Sul usar moedas de ouro ou prata para pagar impostos e outras dívidas ao estado. Com efeito, colocaria ouro e prata em pé de igualdade com as notas do Federal Reserve. Se as partes voluntárias concordarem em ser pagos, ou pagar, em moedas de ouro e prata, os tribunais da Carolina do Sul não podem substituir qualquer outra coisa, por exemplo, notas do FED, como forma de pagamento.

Os impostos sobre o ouro e a prata erguem barreiras ao seu uso como dinheiro corrente, aumentando os custos de transação. A House Bill H3378 isentaria efetivamente ouro, prata e barras de platina dos impostos estaduais sobre ganhos de capital. A aprovação dessa legislação eliminaria uma barreira ao investimento em ouro e prata. Também tornaria mais prático ouro e prata nas transações diárias, um passo fundamental para as pessoas minarem o monopólio do dinheiro dos bancos centrais.

A Carolina do Sul já revogou o imposto sobre vendas de ouro e prata. Isso removeu uma barreira para a compra de ouro e prata. A aprovação da H3378 removeria outro. Com efeito, “os estados que cobram impostos sobre as compras de metais preciosos agem como se ouro e prata não fossem dinheiro.”

Ainda, a House Bill 3379 (H3379) cria um comitê de estudo para determinar a viabilidade e eficácia do estabelecimento de um depósito neste estado para armazenar ouro, prata e outros metais para as reservas do estado e para investimentos. O comitê deverá apresentar um relatório de suas conclusões à Assembleia Geral até 15 de janeiro de 2022.

Expert Tips on Gold and Silver - Inside The Vault Series Trailer - YouTube

A Carolina do Sul tem um modelo que se pode seguir. No verão de 2015, o governador do Texas, Doug Abbot, assinou uma lei criando um depósito estadual de barras de ouro e outros metais preciosos em seu estado. Ele recebeu seus primeiros depósitos no verão de 2018. A facilidade não só fornecerá um lugar seguro para indivíduos, empresas, cidades, condados, agências governamentais e até mesmo outros países para armazenar ouro e outros metais preciosos, mas a lei também cria um mecanismo para facilitar o uso diário de ouro e prata nas transações. Em suma, uma pessoa poderá eventualmente depositar ouro ou prata – e pagar outras pessoas por meio eletrônico ou cheques – em moeda sólida.

Países ao redor do mundo, incluindo China, Rússia e Turquia, têm comprado ouro para limitar sua dependência do dólar americano. O professor de ciências políticas da Universidade de Houston, Brandon Rottinghaus, disse que um depositário estadual pode ter uma função semelhante para o Texas.

A legislatura do Tennessee aprovou uma resolução declarando apoio à criação de um depositário de barras de ouro no estado em 2016, mas nunca deu seguimento a qualquer legislação. Se a Carolina do Sul criar um comitê de estudo, será imperativo acompanhar a legislação para realmente estabelecer um repositório assim que o relatório for publicado. (fonte)

O mundo está acordando, e os mais antenados não estão confiando suas reservas financeiras em papéis ou derivativos. Você confiaria?

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

2 comentários sobre “Por que os metais preciosos são as melhores reservas de valor

Deixe uma resposta para Denise Tassi Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s