A US Mint tem recordes de venda enquanto a demanda por prata física está absolutamente nas alturas!

   Como relata a Reuters, a demanda por prata [física] está absolutamente nas alturas, de acordo com a Perth Mint (Austrália). Confirmando o lado da procura, a Casa da Moeda dos Estados Unidos (US Mint)  vendeu 14,26 milhões de onças de moedas American Eagle de prata no terceiro trimestre, o mais alto nos registros que remontam a 1986. Distribuidores e produtores traçam o aperto de fornecimento a uma explosão de compra por parte dos investidores nos Estados Unidos, que se esforçam para pegar as moedas que eles consideram estar a níveis de pechincha depois que os preços da prata local no início de Julho afundaram para os mínimos em seis anos.

Ainda segundo a Reuters, o mercado global de moedas de prata está nas garras de um aperto de demanda sem precedentes, forçando algumas mineradoras a racionar as vendas e intensificar as horas extras e obrigando os compradores dos EUA a buscarem prata no exterior para cumprir suas obrigações em um súbito aumento na demanda.

A Casa da Moeda dos Estados Unidos começou a fixação de quotas de vendas semanais para seu carro-chefe (moedas de prata American Eagle) em julho porque não pode atender a demanda, e Royal Canadian Mint seguiu o mesmo caminho depois das vendas mensais recordes em julho. Na Austrália, a Perth Mint vendeu um recorde de mais de 2,5 milhões de onças de prata este mês, quase quatro vezes mais do que em agosto, e já começou o racionamento de fornecimento de uma nova linha de moedas neste mês, disse um representante da casa.

Enquanto a demanda aumentou em resposta à queda nos preços spot (cotação de papéis) para $ 14,33 a onça no final de julho e sua queda subsequente abaixo de US $ 14 por onça em agosto, funcionários da Perth Mint também disseram que foram pegos pelo súbito interesse em moedas . Em julho, a Casa da Moeda dos Estados Unidos suspendeu as vendas por quase três semanas após ficar sem estoque.

O spread entre a prata e o ouro, uma medida observada de perto pelos mercados de metais preciosos, subiu para seu maior nível no terceiro trimestre desde um breve frenesi pela prata na sequência da crise financeira. As moedas de prata tipicamente vendem mais que ouro de qualquer maneira, porque elas custam menos, mas a ampla disseminação significava o preço da prata 76 vezes mais barata do que o ouro, tornando-a ainda mais atraente do que o habitual para os investidores.

Com os produtores norte-americanos oprimidos pela demanda, os investidores e colecionadores foram forçados a olhar para o exterior para o abastecimento cada vez mais escasso, desencadeando um efeito dominó na Europa e na Ásia.

E a cada crise econômica, a diferença (prêmio) dos preços da prata física em relação às cotações de papel (spot) se acentua,  como vemos no gráfico abaixo.

 

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

 

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s