A relação ouro/prata explicada

Embora existam inúmeros artigos escritos sobre a relação ouro/prata, eles não incluem as informações que serão fornecidas neste artigo. A maioria das informações ou análises sobre a relação ouro/prata foi baseada em sua “relação de preço” e pouco mais.

Infelizmente, os índices de preços são apenas uma pequena parte do quadro geral. Para obter uma melhor compreensão da relação ouro/prata, temos que incluir dados que tem sido ignorado pela indústria. Por exemplo, é importante entender como os metais são produzidos, pois isso é um indicador líder do mecanismo de preços atuais.

De acordo com o United States Geological Survey  (USGS), esta foi a produção de cobre, prata e ouro dos EUA em 2015:

230217a

 

Em 2015, os Estados Unidos produziram 1,022 vezes mais cobre que prata e 5,5 vezes mais prata do que ouro. Globalmente, aqui estão as relações de produção em 2015:

Cobre = 18,7 milhões de toneladas (685 vezes a prata)

Prata = 27.300 toneladas métricas (9 vezes o ouro)

Ouro = 3.000 toneladas métricas

 

Como podemos ver, o mundo produz muito mais cobre do que prata, e muito mais prata do que ouro. A noção de que o preço do ouro e da prata deve ser baseado em sua relação de produção de 9 para 1 não é verdade atualmente, pois a relação de preço é de 69 a 1 … quase oito vezes mais.

O preço spot médio do ouro em 2015 foi de US $ 1.166 em comparação com US $ 15,68 para a prata e US $ 0,21 a onça para o cobre. Assim, a prata esteve 75 vezes mais cara do que o cobre, e o ouro 74 vezes mais caro do que a prata.

Assim, o mercado atualmente está avaliando ouro, prata e cobre com base em seu custo de produção, e não a razão do metal que está sendo extraído da terra. Enquanto muitos analistas continuam a alegar que a prata está subvalorizada devido à sua taxa de produção de 9 para 1 para o ouro, eles não consideram a forma como esses metais estão sendo extraídos em comparação com os tempos históricos.

 

FATOR CRÍTICO: ouro e prata não são apenas meras commodities

Enquanto ouro e prata são consumidos na indústria (mais a prata), eles ainda se comportam como reservas de riqueza, ou seja, dinheiro. Mesmo que o mercado esteja avaliando atualmente o ouro e a prata como meras mercadorias,são reservas de alta qualidade da riqueza.

As indústrias globais de petróleo estão em apuros. Sem um abastecimento de energia barata e abundante, a economia global se desintegra. Com a desintegração da economia global, vem com ela, o colapso do valor da maioria das ações, títulos & imóveis. Infelizmente, esses são os ativos nos quais que 99% dos investidores no mundo têm estacionado seu dinheiro.

A atual relação ouro/prata está sendo avaliada com base em seu custo de produção. A produção de metal por trabalhador também é um fator importante na determinação do preço atual do ouro, prata e cobre. No entanto, o cobre é predominantemente usado hoje como um metal industrial, enquanto uma grande porcentagem da produção de ouro e prata continua a ser adquirido por indivíduos com um investimento.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s