O estímulo monetário adicional está deixando os metais ainda mais subvalorizados

Could silver lead precious metals comeback?

Os estímulos de vários trilhões de dólares ocorrendo nos EUA, Europa (e Brasil), parecem ter alcançado o efeito desejado, pelo menos no curto prazo. O influxo de dinheiro recém-impresso e flutuando livremente encorajou o sentimento de risco, aumentou os rendimentos dos títulos e fez com que os gestores de dinheiro mais uma vez se afastassem do ouro e da prata.

Ainda assim, como o colunista da Forbes, Frank Holmes, aponta, as pressões caindo sobre os metais agora podem se revelar o seu vento a favor mais adiante.

De acordo com o artigo da Forbes, a quantidade de dinheiro disponível ou líquido em circulação (M1) deve ser abordado da mesma forma que qualquer outra classe de ativos. Geralmente é esse o caso; muitos investidores tratam o dinheiro como parte de suas carteiras. Portanto, a lei da oferta e demanda também deve ser aplicada ao dinheiro. À luz da recente expansão monetária, o dinheiro rapidamente começa a parecer superabundante na economia.

Holmes observa que M1 se expandiu 355% em relação ao ano anterior, marcando o maior aumento da taxa anual já registrado por uma ampla margem. Sem surpresa, as expectativas de inflação para os próximos cinco anos com base na taxa de equilíbrio do Tesouro subiram para seu nível mais alto desde 2011, quando o ouro registrou seu recorde anterior. O preço do ouro de hoje pode estar muito longe do pico de US $ 2.070 em agosto, mas há muitos analistas pedindo um retrocesso neste ano, e Holmes acredita que a inflação pode dar o pontapé inicial na próxima rodada de ganhos do preço do ouro. E a prata virá a reboque, senão ainda mais alta.

Embora a depreciação da moeda e a valorização dos preços demorem um pouco para aparecer, mesmo depois de ataques massivos de estímulo, Holmes já está percebendo bandeiras vermelhas. Por meio do Instituto de Gerenciamento de Fornecimento (ISM) e seu Índice de Preços ISM, as empresas em geral estão relatando que os preços das matérias-primas subiram pelo nono mês consecutivo, e isso já começou a se traduzir para o consumidor final. O índice ficou em 86,0 em fevereiro, o valor mais alto desde julho de 2008 e que aponta para uma inflação em rápida aceleração. Já estamos sentindo esse efeito no Brasil.

Da Michelin na América do Norte a empresas de alimentos como Cheerios, Yoplait e Blue Buffalo, as empresas já estão reavaliando os preços dos produtos ou simplesmente anunciaram um aumento. Que a impressão de dinheiro comprovadamente deu lugar à desvalorização da moeda por quase um ano agora não é um bom presságio para o dólar americano nem para o R$, mas certamente o é para as perspectivas de longo prazo do ouro e da prata.

Ficou claro que o ouro e a prata seriam as principais importações para os EUA a partir do início de 2020, conforme a incerteza atingiu o pico e o comércio internacional se arrastou. Agora, os dados compilados pelo USA Today, bem como depoimentos de vendedores e compradores de lingotes, oferecem mais informações sobre o escopo e a motivação por trás das compras.

Os US $ 55 bilhões em metais preciosos que entraram no país foram o maior valor de importação em 19 anos e o dobro de 2019. A mudança das exportações da Suíça para os EUA de seus principais consumidores usuais na forma de China, Índia e Turquia foi um importante ponto de conversa. Como a produção de joias das últimas nações diminuiu em meio à crise, a demanda de investimento por ouro e prata física nos EUA disparou.

Vários varejistas americanos relatam que a demanda pelas principais moedas, como American Eagles e Canadian Maple Leaves, disparou no início do ano passado e não diminuiu desde então. Um dono de loja de moedas diz que as consultas telefônicas diárias sobre moedas de ouro e prata aumentaram de 100 a 200 ligações para cerca de 1.000. As lojas de varejo de metais preciosos notaram uma tendência em que os compradores regulares passaram a comprar maiores quantidades.

As motivações são tão variadas quanto os próprios clientes. Parte dos compradores representa um grupo demográfico mais antigo que simplesmente queria ter um ativo de valor garantido, especialmente no auge da crise. No entanto, os compradores mais jovens também se juntaram ao mercado físico de metais preciosos, muitas vezes com compras incrementais de moedas de ouro e prata de uma onça. Esses compradores, como administradores de carteiras e investidores experientes, analisaram com atenção o estado da economia, junto com a verdadeira força do mercado de ações e do dólar. (fonte)

Será que a prata vai trazer os metais preciosos de volta ao noticiário?

À medida que os rendimentos continuam a aumentar, também aumenta o custo de oportunidade de manter ativos não remunerados, como o ouro. O ouro, em particular, precisa dos rendimentos dos títulos para começar a cair ou o dólar se enfraquecer drasticamente para encontrar algum suporte. A prata, por outro lado, também é um metal industrial, o que o torna mais sensível à economia. Com as expectativas contínuas sobre uma forte recuperação econômica global levando outras commodities para cima, a prata provavelmente superará o ouro se essas expectativas forem atendidas. Isso significa que ele cairá em um ritmo mais lento do que o ouro ou aumentará em um ritmo mais rápido.

É muito provável que os rendimentos do mercado de ações logo deixarão de subir, já que os bancos centrais ainda estão imprimindo dinheiro a todo vapor e há a possibilidade de que a economia mundial não se recupere tão rápido quanto alguns esperam. Isso significa que a política frouxa dos bancos centrais permanecerá assim por muito tempo.

Como tal, é esperado que os metais preciosos se recuperem, com mais otimismo com a prata do que com o ouro, porque com a recuperação mundial, a demanda por materiais industriais deve aumentar proporcionalmente. No longo prazo, é provável que a prata encontre uma demanda significativa no setor de energia renovável (painéis solares) e veículos elétricos, diminuindo ainda mais a sua disponibilidade. (fonte)

Proteja suas reservas em prata física, antes que ela fique cara demais!

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s