Alguns fatos significantes no mercado de ouro e prata!

Temos alguns fatos recentes e interessantes no mercado de ouro e prata que os investidores de metais preciosos devem estar cientes. Enquanto os americanos continuam a colocar todas as apostas no CASINO chamado Wall Street, através de ações, títulos e imóveis, o oriente vem adquirindo quantidades recordes de ouro e prata. Além disso, algo interessante parece ter mudado recentemente no mercado de Silver Eagles.

Primeiro fato – Vamos começar com a incrível quantidade de prata importada pela Índia em maio. De acordo com a Smaulgld.com, a Índia importou quase 2.000% mais prata em maio de 2017 contra maio de 2016:

 

Na verdade, a Índia importou quase a mesma quantidade de prata em maio do que eles receberam desde janeiro a abril. Além disso, podemos ver que as 1.473 toneladas métricas de importações de prata de maio são 2-4 vezes mais do que em qualquer um dos meses anteriores. Algo inspirou os indianos a importar tanta prata em maio passado…

 

Segundo fato – A Índia também importou uma quantidade recorde de ouro em maio:

 

Então, por algum motivo, as importações de ouro e prata da Índia aumentaram em maio. Será interessante ver quais serão os números de junho e julho.

 

Terceiro fato – As vendas de Silver Eagle aumentaram muito nas duas primeiras semanas de julho. De acordo com os dados mais recentes da US Mint, as vendas de Silver Eagle a partir de 12 de julho foram de 1.290.000 oz contra 960.000 oz em todo o mês de junho:

 

A este ritmo, a US Mint pode ter vendido mais de 2,5 milhões de Silver Eagles em julho. Este recente aumento na compra de metais preciosos na Ásia e nos EUA pode ser um indicador que mostra que algo pode estar seriamente errado nos mercados. Além disso, vários analistas estão prevendo que o mercado de ações se dirige para uma enorme correção a partir do próximo trimestre.

Parece que os investidores estão se aproveitando dos preços da prata mais baixos, além de comprar mais metal devido ao medo de que possamos experimentar uma grande correção no mercado de ações nos próximos meses. O Ouro e prata já estão subvalorizados consideravelmente, e agora estão próximos do CUSTO DE PRODUÇÃO. No entanto, as ações em bolsa estão em território de bolha.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

Investimento em metais preciosos na Alemanha e Reino Unido dispara

Enquanto a demanda por metais preciosos no Ocidente tem perdido um pouco a vitalidade nos últimos meses, algo recentemente motivou um renovado interesse pelo ouro na Alemanha e no Reino Unido, algo não visto há algum tempo.

Este aumento no investimento de ouro na Alemanha e no Reino Unido durante o último ano e meio não vem do comprador de moedas e barras, mas de uma fonte que é ainda mais interessante… vem dos investidores de fundos de aposentadoria (ETFs) em ouro no mercado de varejo. Este é um segmento muito diferente da população que se desloca para esses fundos versus os 1% da população que compram barras e moedas físicas. Quando há uma onda de compra de ETFs de Ouro, significa que o investidor médio institucional ou regular está preocupado com o mercado global.

Nos últimos cinco trimestres, os fluxos para os ETFs de Ouro aumentaram 42%, de 690 toneladas métricas (mt) no primeiro trimestre de 2016 para 978 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2017 (segundo o World Gold Council Demand Trends):

Este é um grande aumento, porque os fluxos em ETFs de Ouro nos EUA aumentaram apenas 6% durante o mesmo período. Assim, o aumento percentual em ETFs de Ouro Europeu foi 7 vezes maior do que os fluxos em ETFs de Ouro nos EUA.

Este enorme aumento na demanda por ETFs de Ouro é um indicador muito interessante. Qual é a motivação para que os poupadores se movam para se proteger com ouro? O preço poderia ser um fator determinante? Bem, talvez para os britânicos, mas não para os alemães, porque o preço do ouro na zona do Euro não valorizou mais do que o preço em dólares desde o primeiro trimestre de 2016.

A razão para o aumento do preço do ouro em libra esterlina britânica pode dever-se ao declínio da libra em reação ao Reino Unido deixando a União Européia. A Libra britânica caiu 10% contra o dólar e 15% em relação ao Euro desde o primeiro trimestre de 2016. Assim, é provável que mais investidores do Reino Unido tenham se virado para o ouro porque a libra britânica agora está sendo negociada em valores baixos que não foram vistos em 31 anos.

No entanto, isso realmente não explica por que há tanto interessante em ouro na Alemanha. Quando vemos uma grande mudança como essas na demanda institucional por ouro e no varejo, isso nos fornece um indicador real de que algo está seriamente errado no mercado global.

A Alemanha é o maior poder econômico da União Européia e certamente seus cidadãos não estão apenas preocupados com o desastre que o BCE está fazendo com a imensa impressão de dinheiro e compras de títulos, mas, por exemplo, existem preocupações geopolíticas sérias agora com a Rússia, por instigação do governo dos EUA.

É bem possível que venhamos a ver uma grande volatilidade nos mercados quando o prazo do limite de dívida do governo dos EUA provocar um possível default no início de outubro. Diante de tudo isso, e mais o circo agora ocorrendo em Washington DC, os investidores que não compraram ouro e prata físicos, precisam considerar seriamente fazer isso antes que o os gansos assustem-se de vez…

Proteja suas economias antes que a prata fique cara demais!

 

Fonte.

 

 

Dados importantes: a produção das quatro maiores mineradoras de prata despenca!

Em uma mudança interessante de eventos, a produção em quatro dos principais mineradores primários de prata caiu durante o segundo trimestre de 2017. Isso ultrapassa as flutuações normais nos números de produção das empresas de mineração durante diferentes períodos de relatório trimestrais. A empresa com menor declínio percentual na produção de prata ainda sofreu uma redução de 20% no fornecimento das minas no segundo trimestre de 2017.

De acordo com os dados recentemente divulgados pelas empresas, a produção de prata diminuiu entre 20-34% nessas quatro minas primárias durante o segundo trimestre. A empresa que sofreu o maior declínio na produção de prata foi a Hecla, com -34%, seguida da Endeavour Silver com -26%, Silver Standard com -24% e First Majestic com queda de 20%:

080817c

A produção total de prata desses quatro produtores primários caiu 27%, de 11 milhões de oz (Moz) durante o segundo trimestre de 2016, para 8 Moz no segundo trimestre 2017. Podemos ver a quebra no gráfico abaixo:

080817d

Disputas trabalhistas, diminuições no grau do minério e quedas de energia impactaram negativamente muitos dos melhores produtores primários de prata da indústria. Claro, nem todos os produtores primários de prata experimentaram declínios na produção.

Por exemplo, a Couer Mining reportou a mesma produção de prata de 4.0 Moz no segundo trimestre de 2017, bem como no mesmo período do ano passado. A Fortuna viu a sua produção aumentar 36% de 1,6 Moz no segundo trimestre de 2016 para 2,1 Moz no segundo trimestre de 2017. Ainda estamos aguardando os dados da Pan American Silver e Tahoe Resources.

Investidores em empresas de mineração de prata estão lidando com problemas que estão longe de seu controle. Enquanto que os valores dessas ações de mineração irão explodir quando o preço da prata finalmente decolar, é preciso muita paciência e firmeza para continuar investindo enquanto as empresas de mineração lidam com todas essas questões que afetam não apenas a produção, mas sua rentabilidade também.

Por fim, é preciso muito esforço, experiência e habilidades de gerenciamento para produzir prata. Infelizmente, apenas quando uma empresa de mineração de prata acredita que tem uma boa recompensa por suas operações e previsões, uma chave ou uma série de chaves podem ser jogadas no motor para mexer as coisas. Estamos vendo isso agora, já que quatro das principais empresas de mineração primária de prata lidam com problemas negativos que afetam a produção e a lucratividade. Na verdade, cinco, quando incluímos a Tahoe Resources e seus problemas e conflitos em curso com os povos locais guatemaltecos sobre abuso de direitos humanos.

Dito isto, o enorme declínio na produção nesses mineradores primários de prata não afetou o preço do mercado porque os fundamentos não estão exercendo seu papel enquanto o Fed e os Bancos Centrais continuam a imprimir trilhões de Dólares para suportar os mercados de papéis de ações, títulos e imóveis.

No entanto, em algum momento, o Fed e os Bancos Centrais perderão o controle … e perderão muito controle. Quando isso ocorrer, a paciência e a fortaleza dos investidores em metais preciosos e suas empresas de mineração serão generosamente recompensadas. Infelizmente, a maioria dos investidores, seguindo a natureza inconstante do público, apenas fica em um investimento que é vencedor momentâneo.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

O investimento em prata tem sido maior do que em ouro neste mercado em particular!

Os investidores em metais preciosos podem não estar cientes, mas o investimento em prata superou seriamente o ouro neste importante setor de mercado. Mesmo que o sentimento e as vendas de metais preciosos estejam atualmente mais baixos do que nos últimos anos.

Quando começarmos a testemunhar uma grande correção ou crash nos mercados de ações, há apenas alguns poucos ativos físicos que valem a pena para proteger a sua riqueza. Os investidores que se deslocam para os metais preciosos neste momento, verão que seus valores de ativos aumentam significativamente. No entanto, a prata provavelmente ultrapassará em ouro, quando os investidores e os especuladores se moverem para o metal precioso mais subavaliado.

Na verdade, já testemunhamos como investimento em barras e moedas de prata versus a demanda por jóias superou o ouro no mesmo mercado. Enquanto a demanda industrial é o maior consumidor de prata no mercado, a demanda por jóias de prata ficou em segundo lugar por algum tempo. Mas, tudo isso mudou após o colapso no mercado de habitação e mercado imobiliário dos EUA em 2008.

Por exemplo, a demanda global por jóias de prata em 2007 foi de 182 milhões de onças (Moz) versus 62 Moz de demanda de barra de prata e moeda. Assim, a demanda de barra de prata física e moeda era de apenas 34% da demanda mundial de jóias de prata:

080817a

No entanto, durante o colapso do mercado em 2008, o investimento físico em barras de prata e moedas subiu mais de três vezes, para 197 Moz, enquanto a demanda por jóias de prata permaneceu em 178 Moz. Em apenas um ano (2007 a 2008), o investimento em prata física representava 110% da demanda mundial de jóias de prata.

Enquanto a demanda de investimento em prata flutuou nos sete anos seguintes, atingiu um recorde de 291 Moz em 2015, já que os investidores aproveitaram os preços baixos não vistos desde 2009. A demanda de moedas e barras testou um novo recorde em 2015, representando 128 % da demanda mundial de jóias nesse ano.

Mesmo que a demanda por prata física tenha diminuído em 2016, ainda estava cabeça a cabeça com demanda de jóias de 207 Moz. Agora, se compararmos o investimento em prata física com a demanda por jóias versus o ouro, podemos ver claramente como a prata superou o ouro neste mercado.

Antes do colapso do mercado de 2008, o investimento global em ouro de 14,4 Moz representou 18% da demanda mundial por jóias de ouro de 79,5 Moz:

080817b

Mesmo que a demanda de moedas e barras de ouro tenha mais do que duplicado em 2008 para 30,1 Moz, ainda representava apenas 40% da demanda mundial de jóias de ouro de 75,7 Mo. Se voltarmos ao gráfico de prata, vemos que a demanda por prata física aumentou mais de três vezes em 2008 (em relação a 2007) e representou 110% da demanda global de jóias de prata.

Sim, é verdade que, em “termos de valor“, os investidores compraram mais ouro físico do que prata, mas …. É uma questão de focar em “quantas onças” você possui, e não “quanto em espécie“.

Independentemente disso, o investimento em ouro físico atingiu um recorde de 37,3 Moz em 2015 versus 77 Moz da demanda de jóias de ouro. No entanto, a demanda de barras de ouro e moedas em 2015 representou apenas 48% da demanda por jóias de ouro em comparação com o investimento em prata física, que representava 128% da demanda de jóias de prata no mesmo ano.

O que isto significa? Isso nos mostra que os investidores estão comprando uma porcentagem maior da oferta de prata do que ouro em relação à demanda de jóias. Além disso, a demanda por barras de prata e moeda (291 Moz) em 2015 aumentou quase cinco vezes do montante (62 Moz) de 2007, contra um investimento em ouro físico que só aumentou 2,5 vezes, de 14,4 Moz para 37,3 Moz durante o mesmo período.

Enquanto muitos investidores em metais preciosos ficaram desiludidos pelos fundamentos do mercado, porque eles não acreditam que eles importam em um mercado altamente manipulado, a paciência irá recompensar aqueles que continuarem comprometidos. Sim, é possível que o Fed e os Bancos Centrais possam continuar a manipular os mercados por décadas. No entanto, o tempo não está do lado deles.

É por isso que educar os investidores em metais preciosos é uma de nossas missões. Se você entender a difícil situação dos mercados de papel, você perceberá que há poucos recursos para possuir no futuro para proteger a sua riqueza.

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

Quando essa enorme bolha estourar, o que vai acontecer com os metais preciosos?

Como a mídia de massa continua a promover a maior bolha do mercado na história, apenas uma pequena fração dos investidores estão preparados para o desastre quando ela finalmente estourar. Os mercados de hoje são tão insanos, parece que fundamentos não importam mais. No entanto, eles realmente importam, se olharmos para os números de perto.

Para investir no ativo certo daqui para frente, deve-se escolher entre aqueles com uma recompensa de baixo risco e alto rendimento versus ativos com alto risco e baixo rendimento. Embora isso possa parecer senso comum, o mercado não faz qualquer sentido hoje. E a maioria dos investidores está fazendo exatamente o oposto. Vai entender.

Se olharmos para os gráficos a seguir, podemos ver claramente quais dos seguintes ativos: o ouro, a bolsa (DOW JONES p.ex.) ou a prata, tem o menor risco e recompensa mais alta.

Desde sua baixa em 2009, o índice Dow Jones teve um desempenho de 229%, passando de 6.500 a 21.400 pontos atualmente. Mesmo tendo tido um breve ajuste de 17% em 2011, não tem passado por um ajuste saudável mercado de 30-50% em mais de oito anos. Está certamente atrasado.

No entanto, depois que os preços dos metais preciosos atingiram o pico em 2011 e depois diminuíram, a prata aumentou apenas 22% em relação ao seu nível de 2015 e o ouro cresceu 20%. Assim, o índice Dow Jones cresceu mais por oito anos consecutivos, enquanto o ouro e a prata ainda diminuíram consideravelmente de seus preços máximos em relação a 2011.

Se olharmos para cada classe de ativos separadamente, podemos ver como o índice Dow Jones está superestimado, comparado ao ouro e à prata. O próximo gráfico mostra que o preço do ouro caiu 46% do seu pico em 2011 para baixo em 2015. Agora, mesmo considerando o aumento atual de 20% no preço do ouro em relação ao seu nível de 2015, ainda está 35% abaixo do seu pico de 2011:

Olhando para o gráfico de prata, seu movimento de preços é muito mais volátil do que o ouro. O preço da prata caiu 73% do seu pico em 2011, no final de 2015. Atualmente, o preço da prata ainda está 66% abaixo da alta de 2011:

Como já mencionado, o preço da prata está apenas 22% acima do seu nível de 2015. Agora, vejamos o Índice Dow Jones:

Enquanto os metais preciosos experimentaram uma correção saudável desde 2011, o índice Dow Jones continua em direção ao céu. É um deslumbrante aumento de 229% desde 2009. Se o Índice Dow Jones caisse 5.000 pontos, isso seria apenas uma correção de 23%. No entanto, se ele cair 11.000 pontos, abaixo de 10.400, teria caído 51%, menos do que 54% do recuo da correção do mercado de 2007 a 2009.

Mas e no Brasil? Da mesma forma, o IBOVESPA saiu da casa dos 33.000 pontos em 2006 para 67.000 pontos em 2017. Uma valorização de 103%, com apenas algumas pequenas correções desde o tombo de 2008. Considerando o desempenho de nossa economia, a valorização do IBOVESPA segue a mesma linho do Dow Jones. Parece que estamos no cume de um novo pico… ou seja, a beira de um novo precipício

010717a

Para ter uma idéia de quão sobrevalorizado está o índice Dow Jones, vamos usar o índice S & P 500 como exemplo. Por quê? O S & P 500 Index está acima da mesma porcentagem do índice Dow Jones desde a baixa em 2009:

Você notará que os gráficos Dow Jones e S & P 500 são quase idênticos. Então, o que acontece com um, acontecerá ao outro. E arrastará o IBOVESPA junto… Para determinar o valor justo do S & P 500, olhamos a Razão Shiller PE. Basicamente, a Razão Shiller PE (PE = Índice preço / lucro) é definido como o preço (preço do índice) dividido pela média de dez anos de ganhos…. ajustado pela inflação.

A relação Shiller PE histórica é de 16,8. Isso significa que o preço S & P 500 é 16,8 vezes o valor médio de dez anos de ganhos. Então, se a Razão Shiller PE teve uma média de 16,8 em sua história, qual é a proporção hoje?

De acordo com Gurufocus.com, a presente Razão Shiller PE é 30,2, ou quase 80% maior do que a média. Não só a atual Razão Shiller PE está em território de bolhas, está ainda mais alta do que o índice de 27,4 na última vez que atingiu o pico em 2007. Bem, todos sabemos o que aconteceu em 2008 e 2009. Durante o primeiro trimestre de 2009, a proporção Schiller PE A caiu para um mínimo de 13,1.

Além disso, antes do crash do mercado de ações de 1929 e da Grande Depressão, o Shiller PE Ratio alcançou um máximo de 32,4 em setembro de 1929 … apenas alguns pontos mais altos do que hoje.

Então, o que isso significa? Isso significa que os índices Dow Jones e S & P 500 estão agora em território de bolhas recorde e sua recompensa futura é BAIXA, enquanto o risco futuro é bastante ALTO. No entanto, se olharmos para o ouro e a prata, vemos o contrário.

Devemos lembrar, quando o Dow Jones sofreu uma correção de apenas 2.000 pontos no início de 2016, o preço do ouro e prata subiu:

Se o preço do ouro e prata subiu 15% quando o Dow Jones caiu apenas 2.000 pontos em 2016 … Quão alto os preços se moverão quando o Dow cair 5,000-10,000 pontos e sofrer uma correção de 25-50%? Como todo o mercado é suportado por tanta alavancagem e dívida, é evidente que os metais preciosos entrarão em um novo mercado, de preços muito mais altos.

Por fim, mesmo que as criptomoedas estejam sendo depreciadas hoje, esta é apenas uma correção com prazo já vencido. O Bitcoin e as outras criptomoedas provavelmente terão muito mais a cair antes de chegar ao fundo. No entanto, algumas das principais criptomoedas devem atingir novos aumentos no futuro. O mesmo acontecerá com ouro e prata.

De repente, um dia e do nada, o preço do ouro e da prata aumentará. Então, no próximo dia … eles terão saltado ainda mais alto. Antes que os investidores ou o público percebam, os preços do ouro e da prata parecerão que estão muito caros para comprar naquele momento … da mesma maneira quando as criptomoedas cairem 200 a 1.500% em um curto período de tempo.

É por isso que um investidor NÃO PODE PERDER TEMPO EM ENTRAR PARA OS METAIS PRECIOSOS. Se não tiver uma quantidade digna de ouro físico e prata, será extremamente difícil ou provavelmente impossível adquirir os metais quando os preços dispararem. Claro, você pode conseguir algum metal, mas os preços ou prêmios podem ser muito altos.

Então … como as pessoas que compraram Bitcoin e sentaram-se e esperaram por vários anos antes do enorme movimento para cima, o mesmo acontecerá com ouro e prata. Enquanto as vendas de ouro e prata no varejo caíram significativamente, bem como o sentimento de metais preciosos, os fundamentos apontam para um BAIXO RISCO e ALTA RECOMPENSA … se formos pacientes.

Por isso não cansamos de avisar, proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

Papel x Metal: a incrível alavancagem no mercado de prata

Enquanto muitos investidores de metais preciosos percebem a enorme alavancagem na negociação de papel ocorrendo no mercado de ouro, eles também devem ver o que está acontecendo no mercado de prata. Surpreendentes US$ 9,8 trilhões de papel tiveram lugar nas bolsas do mundo em 2016 versus US$ 42 bilhões em investimento real em ouro físico. Isso significa uma razão de ouro : papel físico de 233 para 1.

No entanto, a alavancagem de negociação de papel no mercado de prata é ainda muito maior do que isso.

Mas, antes de entrar em detalhes sobre a alavancagem no mercado de prata, vamos dar uma olhada na quantidade de investimento em prata física versus compras de ativos dos Bancos Centrais. De acordo com os dados do recém-lançado 2017 World Silver Survey, o investimento total global em prata física em 2016 chegou a US$ 4,4 bilhões.

Mesmo quando o preço da prata chegou a um máximo de US$ 49 em 2011, o investimento total em prata global foi de apenas US$ 6,6 bilhões. Olhando para o mercado nos últimos seis anos, o total de US$ 32 bilhões de investimento em prata de 2011 a 2016 não é nada quando comparamos com o quantia impressionante de compras de ativos dos Bancos Centrais. Os bancos centrais compraram um recorde de US$ 1 trilhão em ativos (papéis) só nos primeiros 4 meses de 2017, somando US$ 7 trilhões desde 2011:

200517a

Se os Bancos Centrais compraram US$ 1 trilhão apenas nos primeiros quatro meses de 2017 contra os US$ 7 trilhões de 2011-2016, algo sério deve estar acontecendo nos mercados…

Independentemente disso, US$ 7 trilhões em papel (derivativos) é muito dinheiro quando comparamos com os US$ 32 bilhões investidos em prata física no mesmo período.

Se víssemos apenas US$ 100 bilhões dos US$ 7 trilhões sendo alocados em prata física, teria quadruplicado a quantidade dos investimentos globais de prata durante esse período de 2011-2016. Um aumento de 4 vezes na demanda de investimento por prata física teria empurrado o preço da prata muito acima do pico de preço de US$ 50.

Pelos bancos centrais que sustentam os mercados de Ações, Títulos e Imóveis, o valor da prata (ou ouro) está sendo severamente deprimido. E, claro, para manter os investidores longe de descobrir sobre a alta qualidade da prata como reserva de valor, o preço continua a ser limitado pela enorme quantidade de alavancagem na negociação de papel.

Assim, a quantas está a alavancagem de papel comercial no mercado de prata? Vejamos o seguinte gráfico:

200517b

Ao multiplicar os 159 bilhões de onças de papel de prata negociados em 2016 pelo preço spot médio de US $ 17,14, chegamos a um incrível valor de US$ 2,27 trilhões de papel negociado contra US$ 4,4 bilhões de investimento em prata física real. Assim, a relação títulos de prata de papel / investimento físico em prata é de 517 para 1o dobro do 233/1 do ouro.

Atualmente, as cripto-moedas estão experimentando enormes ganhos ao longo dos últimos meses. Não importa se um indivíduo concorda em possuir Bitcoin ou uma das muitas cripto-moedas, a coisa importante a compreender é que os aumentos de preços enormes em muitas cripto-moedas são provavelmente devidos à preocupação com a quantidade maciça de US$ 1 Trilhão em compras de derivativos pelos Bancos Centrais nos primeiros quatro primeiros meses do ano.

Além disso, as cripto-moedas são provavelmente um bom indicador do que acontecerá no mercado de ouro e prata quando os investidores perceberem que o valor do mercado de derivativos vier a implodir.

Os preços do ouro e da prata estão sendo limitados porque contratos de papel podem ser adicionados à medida que mais fundos se movem para o sistema. No entanto, as cripto-moedas não têm esse problema porque a quantidade de Bitcoins, como exemplo, é limitada, assim como o metal físico, mas não os títulos de prata de papel

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

 

 

A produtividade global da indústria de mineração de prata cai para o nível mais baixo da história

Depois que a indústria de mineração de prata primária apreciou um aumento breve na produtividade nos dois últimos anos, caiu ao nível mais baixo em 2016. A razão do aumentou em 2014 foi devido à adição de recursos da Mina de prata de Escobal à empresa Tahoe.

A queda do rendimento médio na indústria de mineração de prata parece ser ignorada pela maioria dos analistas. Como podemos ver no gráfico abaixo, o rendimento médio das minas de prata primária caiu de 13 onças / t em 2005 para 7,4 oz / t em 2016. Este é um declínio de 43% em apenas 12 anos.

25042017

Por último, a produção média de prata da mina Tahoe Escobal continuará a cair nos próximos dez anos. Assim, a indústria global de mineração de prata continuará a processar mais minério para produzir o mesmo ou menos prata no futuro. Enquanto o custo da energia tem diminuído nos últimos anos, a queda das classes de minério vai continuar a exercer pressão sobre a indústria de mineração de prata daqui para frente.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.