O que a relação ouro-prata diz sobre o futuro preço da prata

Embora a demanda por investimento em prata esteja totalmente fora do radar das massas, alguns indicadores, incluindo a relação Ouro-Prata, sugerem que o interesse pelo ouro provavelmente aumentará significativamente nos próximos anos. O crescente interesse em prata também ocorrerá à medida que os mercados mais amplos continuarem a derreter em valores mais realistas.

Entretanto, qualquer pessoa que esteja preocupada com o preço da prata ou do ouro diariamente (sem incluir traders profissionais) precisa perceber que as TENDÊNCIAS LEVAM TEMPO.

Além disso, os pessimistas que afirmam que os analistas de metais preciosos têm estado errados desde 2012 tendem a ignorar a impressão maciça de dinheiro fiat, o enorme aumento dsa dívidas públicas e a contínua desintegração da indústria global de petróleo.

Mais cedo ou mais tarde, todas as bolhas estouram. E para quando isso acontecer, um ativo certamente subvalorizado e totalmente fora do radar é a prata. Se olharmos para o gráfico de longo prazo da relação Ouro-Prata, podemos ver uma faixa de negociação muito interessante:

30032018

O recorde da posição comercial líquida de 3.700 contratos de prata descobertos, um nível que não se vê há anos, fornece evidências claras de que o mercado de prata está agora chegando a um nível extremo em busca de uma reversão.

O último grande pico em posições curtas a descoberto dos especuladores foi em 1997. Logo depois, o preço da prata subiu. Mesmo se olharmos para as posições curtas a descoberto menores no período de 2000-2004, também podemos ver um movimento maior no preço da prata após cada pequeno pico menor dos especuladores a descoberto.

É difícil avaliar o valor da prata diariamente. Em vez disso, eu olho para a tendência de mudança e o que acontecerá com o preço da prata no futuro … nos próximos anos.

É imperativo agora que os investidores mudem sua estratégia de tentar CONSTRUIR RIQUEZA com especulação, para PROTEGER A SUA RIQUEZA.

E por fim, mais um dado: em abril de 2017, os valores de Ativo Global de Imóveis, Dívida Securizada e Ações totalizaram US$ 398 trilhões, contra US$ 3,1 trilhões no total do Investimento de Ouro e Prata. À medida que investidores em todo o mundo começarem a perceber que estão mantendo ativos que continuarão a perder valor nos próximos 2, 5 e 10 anos, o investidor esperto, prudente e sábio passará para o ouro e a prata para proteger a sua riqueza. Se apenas 1% desses ativos (US $ 4 trilhões) se transformar em ouro e prata … poderemos ver alguns valores bastante insanos no futuro próximo.

30032018b

Em conclusão, PARE DE OLHAR PARA OS MOVIMENTOS DIÁRIOS nos mercados e metais preciosos. Isso não é nada além de ruído. No entanto, é importante entender a dinâmica de desintegração na indústria do petróleo, bem como os indicadores de mudança mencionados neste artigo. A maioria dos analistas de metais preciosos não entende a DINÂMICA ENERGÉTICA negativa, então um grupo se mudou para o mercado de Criptomoedas. Vários analistas avisaram que as criptos estavam em uma enorme bolha.

Hoje mesmo vemos mais carnificina no mercado de Criptomoedas, já que o Bitcoin caiu mais de 11%, o Ethereum caiu 13% e o Litecoin caiu mais de 13%.

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

Tendências do Mercado de Prata para 2018

$_32 A demanda de prata de aplicações industriais, cerca de 60% da demanda total em 2017, deverá continuar a crescer este ano, de acordo com o Silver Institute. Devido à excelente condutividade elétrica da prata, a alta na demanda é prevista no segmento automotivo à medida que os veículos se tornam mais eletrizados e informatizados. A demanda forte também é esperada de aplicações fotovoltaicas. Em 2017, chegou a 92 Moz (milhões de onças). O consumo contínuo é esperado em 2018, impulsionado por adições de capacidade solar em larga escala e a aceitação pelas famílias individuais, particularmente na China.

Espera-se que a demanda de jóias continue seu aumento constante em 2018, expandindo o consumo em mais 4%, após um aumento de 1% em 2017. A demanda de prata do setor de joias representa cerca de um quinto da demanda total de prata.

A demanda de moedas quase reduziu para metade, para 73 Moz, em 2017. Grande parte da fraqueza estava concentrada nos Estados Unidos, onde o mercado de ações em expansão desviou algum capital dos metais preciosos físicos. Prevê-se que o investimento volte para os metais preciosos, beneficiando a demanda de barras e moedas de prata neste ano.

Do lado da oferta, o fornecimento global de minas caiu 1% em 2016, o primeiro declínio anual após 14 anos de crescimento consecutivo. Em 2017, essa tendência continuou com a produção de minas diminuindo mais 2%, para 870 Moz. As interrupções de produção da América do Sul, juntamente com o declínio das despesas de capital entre os produtores primários nos últimos cinco anos, deverão restringir o resultado novamente este ano. No entanto, a forte recuperação dos preços dos metais comuns proporcionará algum suporte à produção em 2018, particularmente com os produtores de subproduto capitalizando a tendência.

A cotação da prata caiu em 2017 para uma média de US $ 17,05 / oz. Este ano, o Silver Institute espera que o preço da prata experimente um período volátil. A cobertura curta de posições emitidas em papel no início deste ano já impulsionou o preço acima da média do ano passado. A relação ao ouro:prata, atualmente em torno de 72, tem muito espaço para melhorar e migrar para a sua média de longo prazo de cerca de 64.

trend-up-14137936

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique mais cara!

 

Fonte.

Enquanto os pequenos investidores se retraem, os grandes tubarões compram prata como nunca!

Em recente entrevistaTom Cloud discute o que está acontecendo no mercado de metais preciosos neste mês de março.

Tom Cloud é um dos revendedores de metais preciosos mais corretos e honestos neste mercado nos EUA hoje. Ele não se importa em responder perguntas, mesmo que uma pessoa não compre. Existem alguns comerciantes que nem sequer gastarão muito tempo com um futuro cliente se ele tiver apenas um pouco de dinheiro para investir. Isso não é nada profissional.

TC_13032018

Ele explica que, enquanto o pequeno investidor de varejo se retirou compras de ouro e prata, sua empresa viu as maiores compras por grandes investidores em muito tempo. Isso faz todo o sentido, porque o pequeno investidor de varejo tende a comprar quando o preço está indo mais alto, enquanto o grande investidor adquire mais durante as baixas.

De fato, também temos visto este comportamento com os investidores no Brasil, e clientes da Pratapura. A maioria acha que não vale a pena comprar prata agora (que ela está em baixa), e acaba entrando quando ela já está mais valorizada, deixando de ganhar um bom valor adicional por seu investimento.

Mesmo que você tenha pouco para investir, aproveite oportunidades como nosso Clube de Assinatura! Esse é o momento correto de começar a preservar sua riqueza com qualidade, antes que os preços da prata retomem sua valorização.

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

 

 

INVESTIMENTO EM PRATA: o risco mais baixo e o maior potencial de retorno vs. ações e imóveis

Enquanto a prata está completamente fora do radar para a maioria dos investidores, é um dos melhores investimentos para possuir, já que a grande alavancagem no mercado de ções e no mercado imobiliário se evapora. Infelizmente, os investidores, hoje, já não são capazes de reconhecer quando um recurso exibe um risco ALTO ou BAIXO. Assim, os indicadores fundamentais são ignorados.

Um investidor prudente é capaz de detectar quando um ativo se torna um alto risco e, em seguida, tem o sentido de mover seus fundos para um que é de risco menor. No entanto, a maioria dos investidores não segue esta prática, pois são capturados de surpresa quando ocorre um crash no mercado … repetidas vezes. Pior ainda, quando aos investidores é mostrado que os indicadores estão apontando para ativos que são extremamente arriscados, então ignoram e continuam os negócios como de costume.

Hoje, a complacência transformou os cérebros dos investidores em geléia. Eles não conseguem discernir CERTO de ERRADO. Então, quando o mercado realmente começar a correção/crash, eles vão segurar suas ações à espera da próxima compra.

De qualquer forma, se pudermos entender os fundamentos, seríamos tolos em manter a maioria dos nossos fundos de investimento em ativos de ações e imóveis. O seguinte quadro segue o Princípio KISS – Keep It Simple Stupid (Deixe Estupidamente Simples):

040218a

Você não precisa ser um analista financeiro ou técnico altamente treinado para detectar os ativos de ALTO versus BAIXO RISCO no gráfico acima. Você nem precisa ver os números no gráfico. Se entendemos que todos os mercados se comportam em ciclos, então é de bom senso que os preços dos ativos irão a um pico e diminuirão. Podemos ver claramente que os valores dos ativos de Imóveis e Ações estão perto do seu pico, enquanto o preço da prata está mais próximo do seu fundo.

Assim, os recursos que estão perto de um topo são de ALTO RSCO, e aqueles próximos ao fundo são de BAIXO RISCO, principalmente para investimentos de longo prazo. É realmente simples assim.

Claro, levará tempo para que esses mercados se corrijam, mas nada sobe para sempre. No entanto, a horrível ironia de como os mercados irão jogar no futuro é assistir os investidores serem aniquilados, porque não conseguem distinguir entre os ativos ALTO e BAIXO RISCO.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

A enorme atualização do mercado de ações e a tendência do preço de prata

Enquanto o Índice Dow Jones e os mercados de ações pelo mundo tentam se recuperar, o pior ainda está por vir. Os índices do mercado de ações não caem em linha reta.

No entanto, a alavancagem, a margem e as avaliações insanas nos mercados ainda estão  a toda. Se você acha que a correção do mercado acionário acabou, então você terá um rude despertar.

Veja esta análise do Índice Dow Jones e da tendência do preço de prata no gráfico abaixo:

140218

O mercado acionário vinha se valorizando (linha preta) e sendo acompanhado pela valorização da prata (linha azul) e das commodities de maneira geral, mas assim que em 2012 o governo dos EUA iniciou uma impressão mais pesada de dinheiro fácil (Quantitative Easing 3), esse dinheiro fácil, ao invés de ir todo para a produção, foi desviado para os mercados de papéis e derivativos, empurrando as cotações das commodities para baixo e inflando as bolsas.

Infelizmente, parece que estamos sentados em cima da maior das bolhas da história. Embora seja impossível saber quando o topo exato chegará, quanto mais alto formos, maior será o tombo. Quando o Dow Jones cair, as bolsas mundiais virão junto.

E o mercado imobiliário dos EUA igualmente está vivendo um grande momento de bolha. Lembre-se, após a crise do subprime em 2008, estes derivativos de créditos podres não foram suprimidos, apenas mudaram de nome, e com o afrouxamento por Donald Trump da legislação do governo Obama que os limitava de certa forma, estão bombando novamente.

O gráfico abaixo mostra que, se o boom imobiliário fosse removido da equação e usássemos uma taxa de avaliação histórica anual de 3,6%, o preço médio dos imóveis nos EUA seria aproximadamente o mesmo:

140218b

Ocorre que esta apreciação normal de 3,6% ao ano só seria possível com o contínuo aumento proporcional na produção de petróleo (que sustenta o petrodólar), o que não é o caso.

Por tudo isso vários especialistas tem advertido que talvez estejamos a beira de um colapso ainda maior que 1929/30.

Proteja suas economias em dinheiro sólido, antes que a prata física fique cara demais!

 

Fonte.

 

 

As maiores minas de prata do mundo sofrem com a queda na pureza do minério e aumento dos custos

As duas maiores minas de prata do mundo, a Mina Cannington na Austrália e a Mina Fresnillo no México, viram sua produtividade diminuir substancialmente devido à queda da pureza de minério e ao aumento dos custos. Longe estão os dias em que as minas de prata poderiam produzir 15-20 onças por tonelada de minério. Hoje, a indústria primária de mineração de prata produz a prata com um rendimento médio de 4-5 onças por tonelada.

Resultado de imagem para silver ore

A queda de grau do minério e os crescentes custos de energia contribuíram para duplicar e triplicar os custos de produção em muitas empresas de mineração de prata. Os investidores que acreditam que ainda custa apenas US$ 5 por onça para produzir prata, como em 1999, não conseguem entender o que está ocorrendo na indústria de mineração.

Um grande problema que confundiu os investidores é o relatório da métrica “CUSTO DO DINHEIRO” pela indústria de mineração. Algumas empresas de mineração de prata podem gabar-se de que eles têm um custo inicial muito baixo, de US$ 5 por onça, mas eles chegam a esse valor deduzindo seus “créditos de subproduto”. Os créditos de subproduto são as receitas que recebem da produção de cobre, zinco, chumbo e ouro, junto com a prata.

Por exemplo, a Hecla Mining declarou seu custo de caixa de prata de US$ 0,16 por onça nos primeiros três quartos de 2017. Eles conseguiram relatar esse custo muito baixo deduzindo US$ 175 milhões de suas receitas com zinco, chumbo e ouro. As três minas de prata da Hecla tiveram receita total de US$ 278 milhões, mas deduziram US$ 175 milhões em créditos de subproduto para obter o baixo custo de $ 0,16. Eles deduziram 63% de suas receitas para chegar a esse baixo custo de caixa sem sentido.

De acordo com as demonstrações financeiras da Hecla, eles apenas fizeram US$ 4,2 milhões de lucro líquido no total de $ 417 milhões na receita total nos primeiros três quartos de 2017 (incluindo US$ 140 milhões da Mina de Ouro Casa Berardi). Assim, o lucro líquido foi de apenas 1% de suas receitas totais. Quão ruins as perdas da Hecla seriam se deduzissem US$ 175 milhões de sua suposta receita com subprodutos de sua linha de base? Que tal uma perda de US$ 171 milhões? Então, ignore a métrica do custo de caixa, pois não tem sentido. A contabilidade de custo em dinheiro não faz nada para determinar a rentabilidade de uma empresa de mineração.

Como a indústria de mineração de prata continua a sofrer com a queda do grau do minério, os custos só aumentarão no futuro. No entanto, o maior impacto na indústria de mineração de prata será o declínio da produção global de petróleo. Falaremos mais sobre isso no futuro.

Proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais! Lembre-se: aquilo que você não pode tocar com as mãos, não é realmente seu!

 

Fonte.

 

 

“Um terremoto se aproxima”, avisa investidor bilionário veterano!

Muitas pessoas pagarão o preço como em 1929

O investidor bilionário Carl Icahn falou com a CNBC por telefone em 06/02 e fez algumas advertências muito ameaçadoras após o que ele viu nos últimos dias.

Refletindo sobre os movimentos do mercado de ações recentemente, Icahn chocou os âncoras dizendo:

Isso é algo que nunca vimos antes … Não lembro de ter visto um mercado com esse tipo de volatilidade ao longo de duas semanas“.

O mercado tornou-se um lugar muito mais perigoso [devido a fundos de índice e ETFs] … é como 2008, onde todos estavam comprando hipotecas e CDS“.

Concluindo que: “O investimento passivo é a bolha agora“.

Haverá uma grande, grande, grande correção“.

Esta é uma manifestação de um verdadeiro problema profundo que temos em nossos mercados“.

“Há uma enorme bolha de dinheiro passivo fluindo … uma espécie de euforia, e muitas pessoas vão pagar o preço exatamente como em 1929.”

Icahn elevou seu aviso:

Eu acho que o mercado vai se recuperar, mas esses são apenas os rumores antes do terremoto“.

O mercado está lhe dizendo algo … está dizendo que está muito perigoso … está muito alavancado“.

E essa é uma razão pela qual Icahn teme …

Eventualmente, haverá um problema maior do que 2009 e 1929, eventualmente. Uma tempestade importante está chegando, pode ser em 5 anos, pode ser em 5 meses“.

Icahn acabou por notar que “ninguém pode dizer o que o mercado vai fazer – é quase ridículo pensar que você pode predizer“, mas acrescentou que isso é o que ele pensou que aconteceria, com base em sua análise.

070218

Icahn já havia advertido anteriormente:

Ainda estou preocupado que um dia você verá uma pausa como tivemos há algumas semanas … mas não isso vai voltar“.

A CNBC, é claro, teve o cuidado de fornecer uma cobertura para seus anunciantes, observando que, enquanto Icahn disse que “esse cassino está em anabolizantes – o mercado é um cassino em esteróides“, eles acrescentaram que o veterano observador do mercado disse que esse não é “o tempo explosivo“.

De fato, é difícil prever o timing correto, mas vários analistas, ao redor do mundo, estão alardeando o risco de uma quebra geral dos mercados financeiros, há alguns meses.

Não é demais prevenir, proteja suas economias em prata física, antes que ela fique cara demais!

Fonte.