Quanto será que a prata irá valorizar em comparação ao ouro neste próximo colapso da economia?

Dê uma olhada nestes dados!

Muitos investidores afirmam que a prata terá um acréscimo no seu valor muito maior do que o ouro nesta grande quebra que está acontecendo na economia global.

Felizmente pertencemos a este grupo de investidores, e, claro, por uma boa razão.

Se olharmos atentos para os gráficos abaixo, veremos que a prata é certamente o metal precioso mais desvalorizado. Por isso mesmo, ela acaba sendo uma das melhores estratégias de investimento para toda uma vida.

Enquanto alguns podem dizer que esta é apenas mais uma jogada publicitária, os indicadores mais fundamentais nos fornecem uma imagem muito clara. Isso se formos capazes de entender todo o sistema e como as coisas tendem a se desenrolar daqui pra frente.

Tem havido muita conversa ao longo dos anos na comunidade de metais preciosos que há mais investimento em ouro no mundo do que em prata. Seria uma boa idéia verificar se isso é verdade.

Investimento em ouro versus investimento em prata

Se formos pelos dados da GFMS (Gold Fields Mineral Service), o gráfico abaixo mostra que o total de participações de investimento mundial “oficial” em ouro corresponde a 2,25 bilhões de oz contra 2,54 bilhões em onças de prata:

17092916

Se formos atrás das “fontes oficiais” há uma pequena vantagem no número de contratos de investimento em prata em relação ao ouro.

Alguns analistas estão afirmando que o Governo Chinês tem mais de 30.000 toneladas de ouro … muito mais do que o número oficial. Além disso, outros acreditam que o Tesouro dos EUA detém muito pouco da sua suposta reserva de ouro de 8.133 mt .

Claro, isso pode ser verdade, mas esse ouro teve que vir de estoques de investimento existentes. Se os chineses têm muito mais ouro, talvez uma boa parte veio de estoques do Tesouro dos Estados Unidos ou de investidores privados que até hoje não percebem a sua verdadeira alocação.

Isso não mudaria o valor global de investimento em ouro físico, ao contrário, só muda o valor individual para os Bancos Centrais ou investidores privados.

O valor da prata subirá mais em relação ao ouro no futuro

O valor da prata subirá muito mais em relação ao ouro no futuro. Isto é devido a vários fatores:

  1. Os fundos de investimento que se deslocam para a prata vão empurrar o seu valor em relação ao ouro em termos percentuais, devido ao seu baixo preço.
  2. Uma vez que não há mais investimento em ouro no mundo do que em prata (segundo as fontes oficiais), os estoques de prata superam ouro em 13%. Isso é insignificante quando consideramos seu baixo preço ou valor.
  3. Há 22 vezes mais ouro detido pelos bancos centrais do que prata. Quando a corrida louca por possuir metais preciosos finalmente acontecer … não conte com bancos centrais para ajudar muito com o fornecimento de prata.
  4. O público provavelmente procurará prata em vez de ouro, devido à sua acessibilidade. Assim, as massas terão um impacto muito mais profundo sobre o preço (ou valor) da prata que do ouro.

Há vários outros fatores que poderiamos listar, mas estes são, de longe, os mais importantes.

Proteja suas economias em prata física antes que ela fique cara demais!

 

FonteFonte.

O início do colapso anunciado ? HSBC restringe saques em dinheiro

   Alguns clientes do HSBC foram recentemente impedidos de retirar grandes quantidades de dinheiro, porque eles não poderiam fornecer evidência de por que eles o queriam, segundo a BBC de Londres. Os ouvintes disseram à Money Box da Radio’4 que foram impedidos de retirar quantidades que variavam de 5.000 a 10.000 libras.

O HSBC admitiu que não informou aos clientes da mudança na sua política, que foi implementada em novembro último. O banco diz que agora mudou a orientação ao seu pessoal.

Novas regras

Stephen Cotton foi para sua agência local HSBC este mês para retirar £ 7.000 de suas economias de acesso instantâneo para pagar um empréstimo de sua mãe. Um ano antes, ele havia retirado uma quantia maior em dinheiro do HSBC sem nenhum problema. Mas desta vez foi diferente: “Quando apresentamos o recibo de retirada, eles se recusaram a dar-nos o dinheiro, porque não podíamos dar-lhes uma explicação satisfatória para o que o dinheiro era. Eles queriam um carta da pessoa envolvida“.

HSBC disse que, após o feedback do cliente, estava mudando sua política: “Pedimos informação aos nossos clientes sobre o propósito de grandes retiradas de dinheiro quando elas são incomuns e fora de sintonia com o funcionamento normal de sua conta desde novembro do ano passado, em alguns casos. Pode ser também solicitado a esses clientes para que nos mostrem evidências de para que o dinheiro é necessário“.

Recentemente soubemos que no mesmo dia o Chase Manhatan também adotou as mesmas regras para restrição de saques. Os caixas automáticos dos Lloyds simplesmente pararam de funcionar. Um dos maiores bancos da Rússia também ordenou a interrupção de todos os saques em dinheiro por uma semana. A China também ordenou a interrupção de todas as transferências de dinheiro durante os dias que antecedem o grande feriado próximo, o que não é típico, dada a normalmente elevada movimentação financeira que ocorre no período.

Algo está no mínimo muito estranho. Seria uma preparação contra uma corrida aos bancos?

Enquanto isso, a desvalorização das moedas da Argentina e da Turquia continua, galopante. No Brasil não é muito diferente.

E você ainda acha que o ‘seu‘ dinheiro que está no banco ainda pertence à você? É muito provável, como estivemos prevendo, que este cenário irá ainda endurecer muito, em breve…

Proteja suas economias em prata física, antes que seja tarde demais!

Fonte.

Quase todo passageiro em um vôo de Dubai para a Índia foi encontrado levando um quilo de ouro

   Assistir os burocratas indianos tentando deter o desejo dos mais de um bilhão de seres humanos pelo ouro tem sido uma das histórias mais divertidas e patéticas de 2013.

O contrabando de ouro já superou o comércio ilegal de drogas na Índia, mas parece que a tendência continua, potencialmente em um ritmo acelerado, como acabamos de ver que, incrivelmente, “quase todos os passageiros em um vôo de Dubai para Calcultá foram encontrados transportando 1 kg de ouro“.

Como se disse muitas vezes no passado, se um indiano quer seu ouro, ele vai ter o seu ouro.

Proteja suas economias do colapso financeiro mundial antes que seja tarde demais!

Fonte.

A corrida pelo ouro se espalha da China e da Índia para a Arábia Saudita

   No “oeste” , quanto mais o preço do ouro subiu, maior foi a demanda, aparentemente por impulso dos investidores (apostadores), mesmo que apenas por certificados de papel, que alegam representar o ouro, ou GLD, como no caso. Por outro lado, uma vez que o cenário se inverteu, os mesmos investidores parecem não ter se incomodado com os GLD (sic), até a 30% mais baixos.

Ao mesmo tempo, no “leste”, quanto mais o preço do ouro subir, menor será a demanda pelo metal físico, que para essa raça extinta de jogador demente conhecido como “investidor em valor” é um conceito familiar. E agora que o preço do ouro não só voltou aos níveis de 2011, mas está, essencialmente, abaixo dos custos de produção , a enorme demanda na China não tem precedentes. A demanda na Índia, – tradicionalmente a maior do mundo – continua também em níveis sem precedentes, apesar de que agora as compras oficiais de ouro são reguladas e limitadas por meio de controles de capitais, o que está forçando a população local a contrabandear ouro através dos mais inovadores sistemas.

Mas, enquanto o oeste for o oeste, e o leste for o leste, e nenhuma quantidade de modificações comportamentais adaptativas pode mudar isso, para grande desgosto dos banqueiros centrais, o que está nas entrelinhas ? Por cortesia do Diário da Arábia Saudita soubemos que o reino super-rico do Oriente Médio, que flutua sobre um mar de petróleo, já escolheu o seu lado … e ele escolheu aproveitar o colapso em curso do dinheiro de papel e estocar-se de ouro físico tanto quanto possível.

Já temos avisado sobre este iminente colapso aqui em nosso site há muito tempo. Alguns estão tirando proveito dos preços atualmente baixos dos metais preciosos. Estes vão lucrar muito. Outros só seguirão a manada somente quando for tarde demais. Temos também alertado sobre as vantagens da prata sobre o ouro, principalmente para o pequeno investidor, mas que não deixa de ser uma opção.

Proteja suas economias com prata física antes que ela fique cara demais!

Fonte.

Jim Rogers: “tenha metais preciosos” porque “um dia, os mercados irão parar de jogar este jogo”

Jim Rogers (fonte: Wikipedia)

O desejo movido pela esperança do megainvestidor Jim Rogers é que os políticos sejam espertos o suficiente em algum momento para dizer (para os banqueiros centrais): “nós temos que parar com isso, isso vai ser ruim.” Ele acrescenta, no QE infinito que se inicia “ela não vai parar com isso, antes de tudo, ela não acredita em interrompê-lo, ela acha que a impressão de dinheiro é bom.”

No entanto, adverte Rogers, “eventualmente, os mercados vão simplesmente dizer: Nós não vamos mais jogar este jogo, e nós vamos ter um colapso sério.”

O mundo está cego pela liquidez do FED e, como Rogers pouco ironicamente observa, “se todo mundo diz que o céu é azul, exorto-vos a olhar pela janela e ver se ele é azul, porque eu descobri que a maioria das pessoas nem sequer se preocuparam em olhar pela janela … “. Rogers conclui, “todo mundo deve possuir alguns metais preciosos como uma apólice de seguro“, porque, como ele adverte ameaçadoramente, “quando ‘isso’ entrar em colapso, haverá uma grande mudança.”

Proteja suas economias comprando Prata física antes que ela fique cara demais!

Fonte.

 

Você não vai acreditar no que os franceses são tributando agora …

Revolucao Francesa   Recentemente Nigel Farage criticou o presidente francês François Hollande como líder do bloco “Panteão dos dias de hoje dos idiotas que lideram países em todo o mundo …”

É claro que o presidente francês tinha recentemente introduzido um “imposto de ódio” sobre as pessoas mais bem-sucedidas em seu país, expulsando as poucas pessoas produtivas que permaneciam na França.

Mas este imposto de ódio era apenas a ponta do iceberg.

Basta olhar para o que eles fizeram ou anunciaram apenas no último mês:

1) Dobrar a sobretaxação sobre as corporações. Não é suficiente que a França tenha uma das maiores taxas de imposto sobre as sociedades do mundo desenvolvido. Em cima disto, eles têm um ‘adicional’ corporativo, ou um imposto sobre o imposto.

2) Aumentar os relatórios obrigatórios. Qualquer um que já tenha iniciado um negócio sabe que um novo negócio é como um bebê recém-nascido. É fundamental se concentrar no crescimento, não em preencher um monte de papelada. O governo francês não se preocupa com isso. Então, eles recentemente abaixaram a régua para obrigações de comunicação, exigindo das empresas com faturamento superior a apenas 80.000 € que enviem demorados e onerosos relatórios de IVA às autoridades fiscais.

3) Aumentar a tributação sobre as pensões. A França tem um dos sistemas de pensão mais falidos … e insustentavelmente generosos … em todo o mundo. Mas ao invés de reformar completamente o sistema e esperar que as pessoas, você sabe, realmente trabalhem após a idade de 55 anos, eles só decidiram aumentar o imposto sobre a pensão. Novamente.

4) Imposto sobre bebidas energéticas. Para não ser superado pelo imposto sobre a soda  de Michael Bloomberg em Nova York, a Assembleia Nacional francesa propôs recentemente taxas fiscais sobre bebidas energéticas… tanto quanto um euro (1,37 dólar) por lata.

5) Aumento no tributo sobre as propriedades. No mês passado, o governo francês anunciou planos para revisar as avaliações de valor de propriedade em todo o país, que serve como base para uma série de impostos sobre a propriedade.

6) Impostos sobre dados (meu favorito!). Isso vai impressioná-lo! Em uma das proposições de impostos mais absurdas da história, o governo francês tem agora a idéia de que eles devem tributar as transferências de dados para fora da União Europeia.

Eles estão realmente pensando em propor isso na cúpula europeia desta semana. Estranhamente, porém, eles não parecem sequer entender o que isso significa. Eles são tão desesperados para colocar imposto em alguma coisa … qualquer coisa. Eles são apenas macacos jogando dardos na parede agora.

E eles estão se preparando para mais.

No início deste ano, o governo francês prometeu uma “pausa fiscal” em 2014, sugerindo que eles não iriam aumentar os impostos no próximo ano. No mês passado, no entanto, revisaram este compromisso, dizendo que a pausa imposto entraria em vigor em 2015, em seu lugar. Não será preciso dizer que não haverá pausa em 2015.

Por quê? Porque a França está quebrada. Como tantas outras nações em todo o Ocidente, a França foi ficou completamente insolvente por décadas de gastos insustentável. A França já ficou nesta posição antes. No século 18, a monarquia Bourbon francesa foi o auge da civilização. No entanto, décadas de gastos insustentáveis tomaram seu pedágio na economia. Eles tentaram de tudo, aumento de impostos, rebaixar a moeda … menos evitar o inevitável. Revolução.

E este período de turbulência, a partir do momento que o povo francês invadiu a Bastilha, até o tempo em que prevaleceu a calma, durou 26 anos. Nesse meio tempo, eles tiveram guerra, guerra civil, interna e externa, contra a Áustria e a Prússia, hiperinflação, e a ditadura genocida de Robespierre.

As condições são semelhantes agora, tanto em França como em todo o Ocidente. Isso inclui a Terra da Liberdade (os EUA).

Chegamos a um tempo em que é imperativo olhar para o exterior, para diferentes opções e oportunidades. Apegar-se ao patriotismo cego, permanecendo em casa, sem fazer nada, e confiando em seu governo, é semelhante a derrubar uma torradeira na banheira.

Já discutimos sobre isso aqui antes.

A riqueza e poder tem constantemente mudado ao longo da história. E as transições raramente são suaves ou pacíficas. É tolice supor que desta vez será diferente.

Em toda a história, em todas as derrocadas dos grandes impérios, em todos os grandes colapsos financeiros, apenas um tipo de dinheiro continuou mantendo seu valor, e ainda se valorizou: os metais preciosos.

Proteja suas economias com Prata Fìsica, antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

 

 

 

 

BIS: o banco mais poderoso do mundo anuncia o colapso !

O espanhol Jaime Caruana é o chefe do Banco secreto de Compensações Internacionais (BIS). Os medos do BIS que os bancos centrais não são mais capazes de evitar o acidente na crise da dívida global. Ben Bernanke forneceu a prova na quarta-feira. (Foto: Reuters)

O espanhol Jaime Caruana é o chefe do Banco secreto de Compensações Internacionais (BIS). Os medos do BIS que os bancos centrais não são mais capazes de evitar o acidente na crise da dívida global. Ben Bernanke forneceu a prova na quarta-feira. (Foto: Reuters)

O Bank for International Settlements (BIS) avalia a situação atual nos mercados financeiros como pior do que antes da falência do Lehman. O alerta do BIS pode ser a razão pela qual o FED dos EUA decidiu continuar indefinidamente imprimindo dinheiro: os bancos centrais perderam o controle da dívida e desistiram.

A decisão do FED de continuar indefinidamente a imprimir dinheiro poder ter sido “ordens de cima“.

O mais poderoso banco do mundo, o BIS (o braço global dos rockfellers, rotshilds e cia) publicou há poucos dias em seu relatório trimestral sobre o possível fim do dilúvio de dinheiro e, ao mesmo tempo, descreveu a situação da dívida nos mercados como extremamente crítica. As “medidas extraordinárias por parte dos bancos centrais” – e.g. a impressão desenfreada – tinham despertado nos mercados a ilusão que a liquidez maciça poderia resolver os problemas fundamentais da economia.

Estas palavras claras podem ter significado que Ben Bernanke e o Comitê Federal de Mercado Aberto, do Fed, ficaram com os pés frios. Em vez disso, como esperado, que estava anunciando formalmente o fim da inundação de dinheiro, o Fed decidiu simplesmente continuar imprimindo papel como antes.

Porque o BIS, aparentemente, não sabe como colocar o gênio de volta na garrafa, vale a pena ouvir aqueles que faziam parte do sistema – mas agora não têm funções oficiais e, portanto, são mais capazes de encontrar palavras claras.

O ‘banco dos bancos centrais’ com sede na Suíça, disse que “a caça ao rendimento foi atraindo investidores em massa em instrumentos de alto risco, que lembra um fenômeno de exuberância, antes da crise financeira global “.

Isso está acontecendo, assim como o Fed se prepara para encerrar o estímulo e começa a drenar liquidez em dólares dos mercados globais, um ponto de inflexão, que é cheio de perigos e poderia ir muito mal.

Isto parece-me 2007 de novo, mas ainda pior“, disse William White, ex-economista-chefe do BPI, famoso por sinalizar o comportamento selvagem nos mercados de dívida antes da tempestade global de 2008.

 

Pior crise financeira desde 1931? Bancos estatais Alemães na beira do colapso.

O governo alemão teve de socorrer bancos estatais com dinheiro dos contribuintes após suas gestões de forma imprudente jogarem fora bilhões de dólares em investimentos de alto risco. Se um banco estatal está a ruir, as conseqüências podem ser desastrosas para toda a economia… e da maior e mais importante economia da Europa…

 

Invista em Prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.