O início do colapso anunciado ? HSBC restringe saques em dinheiro

   Alguns clientes do HSBC foram recentemente impedidos de retirar grandes quantidades de dinheiro, porque eles não poderiam fornecer evidência de por que eles o queriam, segundo a BBC de Londres. Os ouvintes disseram à Money Box da Radio’4 que foram impedidos de retirar quantidades que variavam de 5.000 a 10.000 libras.

O HSBC admitiu que não informou aos clientes da mudança na sua política, que foi implementada em novembro último. O banco diz que agora mudou a orientação ao seu pessoal.

Novas regras

Stephen Cotton foi para sua agência local HSBC este mês para retirar £ 7.000 de suas economias de acesso instantâneo para pagar um empréstimo de sua mãe. Um ano antes, ele havia retirado uma quantia maior em dinheiro do HSBC sem nenhum problema. Mas desta vez foi diferente: “Quando apresentamos o recibo de retirada, eles se recusaram a dar-nos o dinheiro, porque não podíamos dar-lhes uma explicação satisfatória para o que o dinheiro era. Eles queriam um carta da pessoa envolvida“.

HSBC disse que, após o feedback do cliente, estava mudando sua política: “Pedimos informação aos nossos clientes sobre o propósito de grandes retiradas de dinheiro quando elas são incomuns e fora de sintonia com o funcionamento normal de sua conta desde novembro do ano passado, em alguns casos. Pode ser também solicitado a esses clientes para que nos mostrem evidências de para que o dinheiro é necessário“.

Recentemente soubemos que no mesmo dia o Chase Manhatan também adotou as mesmas regras para restrição de saques. Os caixas automáticos dos Lloyds simplesmente pararam de funcionar. Um dos maiores bancos da Rússia também ordenou a interrupção de todos os saques em dinheiro por uma semana. A China também ordenou a interrupção de todas as transferências de dinheiro durante os dias que antecedem o grande feriado próximo, o que não é típico, dada a normalmente elevada movimentação financeira que ocorre no período.

Algo está no mínimo muito estranho. Seria uma preparação contra uma corrida aos bancos?

Enquanto isso, a desvalorização das moedas da Argentina e da Turquia continua, galopante. No Brasil não é muito diferente.

E você ainda acha que o ‘seu‘ dinheiro que está no banco ainda pertence à você? É muito provável, como estivemos prevendo, que este cenário irá ainda endurecer muito, em breve…

Proteja suas economias em prata física, antes que seja tarde demais!

Fonte.

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s