O Pico de Produção de Prata e o Déficit de Fornecimento Contínuo Apontam para Preços Futuros Mais Elevados

Se o mercado finalmente experimentou um pico na produção mundial de prata, isso alerta para preços mais altos no futuro. Além disso, o mercado global de prata sofreu outro grande déficit de oferta líquida em 2016. Estes fatores apontam para uma grande tendência futura de mudança no mercado de prata.

Silver Institute acaba de publicar seu Relatório Provisório de Prata de 2016. Este relatório é publicado pela Thomson Reuters GFMS. De acordo com suas previsões para 2016, a produção mundial de prata cairá para 887 milhões de oz (Moz), abaixo dos 893 Moz em 2015:

151216a

A maioria da produção de prata vem do subproduto da mineração de metais básicos. De acordo com ‘GFMS 2016 Silver Interim Report’, a mineração de chumbo e zinco representaram 34,4% da oferta de prata, enquanto o cobre rendeu 22,1%. Assim, a mineração destes três metais básicos forneceu 56,5% da produção global de prata em 2016. A produção de prata primária representou 30,4% ea mineração de ouro forneceu 12,5%.

 

Os Débitos Anuais Globais de Prata Continuam por 13 Anos Consecutivos

Devido ao enorme aumento na demanda global por prata, o mercado sofrerá um déficit previsto anual de 185 Moz  em 2016. Se olharmos para os déficits anuais de prata  desde 2004, eles acumulam impressionantes 1,5 bilhões de onças:

151216b

Estes déficits anuais foram suplementados por excedentes de prata dos anos 80 e 90. Contudo, prevê-se que os déficits anuais continuem à medida que a oferta das minas continua a diminuir, juntamente com a oferta moderada de sucata.

 

Por que esses fatores de oferta e demanda são importantes para o preço futuro da prata?

Ouro e prata são diferentes da maioria dos outros metais, commodities e energia. Enquanto a prata é consumida mais do que o ouro, ela ainda funciona como “DINHEIRO” ou “RESERVA DE VALOR”.

Atualmente, o preço da prata é baseado em seu custo de produção (90-95%) mais alguns fatores de oferta e demanda.

Dito isto, o valor final da prata não se baseia em seu custo, será baseado em suas propriedades de RESERVA DE VALOR quando a MÃE DE TODAS AS DEFLAÇÕES finalmente chegar (da maioria dos ativos de papel, ações e títulos imobiliários).

Porque há tão pouca prata física real no mercado, 3-4 bilhões de onças, qualquer quantidade significativa de capital que se mover nela empurrará seu valor a níveis seriamente elevados.

Independentemente disso, a produção de pico de prata em cima dos déficits anuais continuados apontam para uma tendência que atingirá um PONTO DE INFLECÇÃO no futuro.

Se você acha que a dívida exponencialmente crescente e a liquidez monetária continuarão nos próximos 5-10 anos, então talvez você deva ficar com suas posições em Títulos do Tesouro, Ações e Imóveis. No entanto, se você não está sofrendo de danos cerebrais como muitos nos mercados são hoje, você pode querer considerar ficar posicionado na história monetária de mais de 2.000 de reserva de valor de prata.

Proteja suas reservas em prata física antes que ela fique cara demais!

 

Fonte.

 

 

 

Um comentário sobre “O Pico de Produção de Prata e o Déficit de Fornecimento Contínuo Apontam para Preços Futuros Mais Elevados

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s