A Rússia e a Guerra nos Mercados de Ouro e Prata

Em uma fuga geral para o dólar americano na semana passada, o iene, o euro e a libra enfraqueceram enquanto o dólar se fortaleceu. Assim, os fundos de hedge da Comex estavam vendendo papéis de ouro e prata para comprar o dólar.

Mas nessas condições que favorecem o dólar, os swaps na Comex, que são em sua maioria comerciantes de bancos de ouro, ainda não conseguiram reduzir suficientemente os juros em aberto. De qualquer forma, a resiliência dos contratos a níveis de 550.000 sugere que os preços dos papéis de ouro e prata provavelmente não cairão muito.

Outra novidade foi o aumento de 0,5% na taxa de fundos do Fed. A reação inicial foi de ações e títulos subirem, antes de perder tudo. O rendimento dos títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos ultrapassou o nível de 3%, um alerta para investidores complacentes.

A inflação deve se aproximar de 10% nos próximos meses também nos EUA. Ou as taxas de juros têm muito mais a subir, ou os preços subirão ainda mais rápido, não por causa da demanda, mas porque o poder de compra das moedas diminuirá a uma taxa ainda maior.

Enquanto isso, o rublo russo recuperou todas as suas perdas em relação ao dólar americano.

O rublo é de longe a moeda mais forte, já que a UE terá dificuldade em unir os estados membros contra as exigências russas de pagamento de energia em rublos. No Ocidente, a mídia nos fala das terríveis condições econômicas na Rússia, mas os fatos sugerem o contrário. É o Ocidente que está desmoronando economicamente sob o peso de suas próprias sanções contra a Rússia. A Rússia, por sua vez, está desfrutando de superávits recordes na balança de pagamentos.

Uma combinação de expansão da moeda e do crédito nos últimos anos está minando o poder de compra de todas as moedas fiduciárias ocidentais. Isso está impulsionando o aumento dos preços, e as várias crises (Covid, cadeias de suprimentos, sanções russas) são apenas catalisadores. A tendência de longo prazo de queda das taxas de juros acabou e os preços de mercado dos ativos financeiros, que atuam como garantia nos principais bancos, estão extremamente vulneráveis.

Amarrar o rublo às commodities mostra não apenas sua própria força, mas a fraqueza das moedas ocidentais. E como as commodities precificadas em ouro são estáveis ao longo do tempo, a força do rublo nos diz que o ouro também deve estar subindo. (fonte)

Enquanto isso, a demanda física de ouro aumenta 34%

A demanda por ouro físico e tangível está crescendo sem surpresa. O último relatório trimestral do World Gold Council nos informou que, globalmente, a demanda por ouro aumentou 34% no primeiro trimestre de 2022 em relação ao ano passado. O salto para 1.234 toneladas marca o maior aumento de demanda trimestral desde 2018. A demanda global de ouro durante o trimestre também superou a média de cinco anos em 19%.

O WGC disse que a demanda por ouro foi estimulada em parte por grandes entradas de fundos de investimento. Os fundos compraram 269 toneladas de ouro no primeiro trimestre, mais do que revertendo a redução anual de 174 toneladas do ano passado. Os bancos centrais adicionaram 84 toneladas de ouro às suas reservas no primeiro trimestre, dobrando suas compras líquidas em relação ao trimestre anterior.

Então, quais forças estão impulsionando esse aumento na demanda? Kevin Rich, consultor global do mercado de ouro da Perth Mint, tem algumas ideias sobre o assunto:

Haverá mais demanda por ouro como um porto seguro enquanto o mundo estiver em desordem e enquanto a guerra estiver sendo travada na Ucrânia. Até que o Fed possa realmente controlar a inflação, a demanda por ouro como hedge deve estar lá.”

Enquanto o mundo estiver em desordem? … (fonte)

No lado da prata, o investimento físico cresceu 36%

Em 2021, de acordo com o Silver Institute, a demanda física para investimento em moedas e barras de prata cresceu 36% em relação ano anterior, depois de ver um crescimento de 9,7% em 2020. Enquanto a mídia social alimentou o aperto no lado da oferta de prata no início do ano sem dúvida contribuiu para esses ganhos, não foi de forma alguma o único fator. De fato, a demanda por barras e moedas de prata mostrou-se robusta mesmo depois que essa corrida se dissipou, sustentada pelas preocupações dos investidores de varejo em relação aos desenvolvimentos políticos e geopolíticos, taxas de juros reais negativas, riscos do mercado global e o espectro iminente da inflação. Isso criou condições restritas para produtos de investimento em prata, que permanecem em estressadas.

Voltando para 2022, desde a invasão da Ucrânia pela Rússia no final de fevereiro, o conflito e suas implicações no comércio e na economia mundial se tornaram o principal impulsionador dos movimentos do mercado global e a prata não foi exceção. As poucas semanas que antecederam o final de março, quando este relatório estava sendo finalizado, viram grandes flutuações no preço da prata, fortes entradas de fundos especulativos em posições de futuros (provavelmente táticas) e outra explosão de interesse dos investidores de varejo em barras e moedas de prata. (fonte)

Previsão para a prata em 2022

A WidsomTree, reputada e inovadora agência de investimentos europeia, acredita que ‘a prata ultrapassará o ouro, para ganhar 19% no próximo ano contra 8% do ouro. Até o segundo trimestre de 2022, esperam que os preços da prata sejam negociados a US$ 29,15/oz. Uma recuperação na atividade industrial será um bom presságio para a demanda pelo metal. Enquanto isso, uma contração nas despesas de capital de mineração e uma redução no estoque de prata apontam para um aperto na oferta’.

‘Desde o pico no final de dezembro de 2020, o estoque de prata nas bolsas vem diminuindo. Esperamos que o estoque continue a diminuir. Depois de contabilizar a demanda de commodities negociadas em bolsa, a demanda de prata superou a oferta em 319 milhões de onças em 2020, superando o déficit de oferta de 56 milhões de onças em 2019 e marcando o segundo ano consecutivo de déficit de oferta’.

Além disso, a melhoria contínua do ciclo industrial aumentará a demanda pelo metal. Além disso, a transição energética beneficiará a prata tanto na produção de energia quanto o uso em veículos. (fonte)

Na PrataPura.com, fazemos o que fazemos porque acreditamos que riqueza de verdade é aquela que você tem em sua mão, fisicamente, e que não tem risco de evaporar por um clique num computador, ou pela falta de empatia dos governantes e donos do mundo. Prata física sempre foi, e sempre será, uma reserva de valor tangível em sua mão, imune à inflação e a choques econômicos ou sociais.

Queremos ajudar nossos clientes a protegerem sua riqueza, seu dinheiro duramente conquistado, neste mundo constantemente ameaçado pelo caos, e terem controle total sobre seu patrimônio.

Nosso propósito é facilitar a formação de reservas de riqueza seguras pelos nossos clientes em face das incertezas globais e a irresponsabilidade dos emissores de dinheiro de papel, intermediando a troca de metal precioso físico por valores fiduciários a medida das suas necessidades. Somos a empresa pioneira no Brasil em vender prata física para reserva de valor, de forma legal.

Visite nossa loja online: www.loja-pratapura.com

Deixe seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s